Blog do Leão

Fortaleza 2×1 Guarany – Aqui mando eu!

903 7
Jailson voltou a marcar, mas está fora do clássico

Jailson voltou a marcar, mas está fora do clássico

 

Caros tricolores, começamos tomando um susto com o Bugre abrindo o placar, mas não deu nem tempo se preocupar. Logo em seguida, o centroavante Jailson reencontrou o caminho das redes e deixou tudo igual no placar. A virada era questão de tempo, e veio logo no comecinho da segunda etapa com o meia João Henrique.
Pela primeira vez na competição estadual, o time tricolor sentiu o desprazer de tomar um gol e de ficar em desvantagem no placar. A reação até que foi eficiente e não deu tempo de ver se o time iria perder a cabeça caso o gol demorasse a sair.
A vitória manteve o Leão com 100% de aproveitamento e a liderença na tabela. Próximo domingo teremos o Clássico-Rei pela frente, e a baixa é a ausência de Jaílson que saiu do jogo sentindo dores na coxa e está praticamente descartado pra domingo.
Mas quem disse que quanto mais difícil não é melhor?

Simbora!

 

Fortaleza 2×1 Guarany-S

Local: estádio Alcides Santos
Data: 14/3/2013
Árbitro: César Magalhães
Assistentes: Armando Lopes e Anderson Farias
Cartões amarelos: Fabrício (F), Assisinho (F), João Henrique (F), Gabriel (F), Marinho Donizete (F), Joércio (G), Marcinho Guerreiro (G)
Cartão vermelho: Zé Augusto (G)
Renda: R$ 36.390,00
Público: 3.660 pagantes (500 não pagantes)
Gols: Júnior Alves, aos 16min, Jailson, aos 18min do 1º tempo; João Henrique, aos 2min do 2º tempo

 Fortaleza 
João Carlos; Luís Felipe, Fabrício, Gabriel e Marinho Donizete; Jackson Silva, Everton, Lucas (Carlos Magno) e João Henrique (Edinho); Jailson (Guto) e Assisinho. Técnico: Hélio dos Anjos

Guarany-S
Marcelo Silva; Izaquiel, Joércio, Júnior Alves e Victor Cearense; Marcinho Guerreiro, Zé Augusto, Fernando Sobral e Abel Marinho (Luís Carlos); Fábio Saci (Vagner) e Klinsmann (Kelson). Técnico: Argeu dos Santos

 

7 Comentários

  • João Ximenes disse:

    O negócio é ir SOMANDO PONTOS dentro da competição.
    Se no “APERREIO” ou jogando com facilidade… não importa.
    A pontuação é a mesma.

    A equipe vinha ocilando demais. HÉLIO DOS ANJOS chegou agora, e acredito que depois de mais uns dois jogos, ele vai conseguir “dá” um PRUMO melhor ao time.

    Junto com o PRUMO, ele vai ter de achar uma forma da equipe não perder oportunidades(as vezes raras) de definir um jogo.
    Um lance de gol desperdiçado pode sair muito caro.

    Dois jogos mais, é no que acredito, a equipe vai conseguir mostrar um melhor desempenho no que diz respeito a uma melhor peformance. E dentre esses dois jogos, vem aí um CLÁSSICO REI(próximo). Melhor ainda.

    Além dos três bons resultados conquistados até agora, um jogo CLÁSSICO pode ajudar no “aceleramento” do AMADORECIMENTO da equipe dentro do campeonato.
    Lembrando que somos LIDERES ISOLADOS no turno, pois estamos dividindo a liderança(9 pontos), devido a equipe do Horizonte ter trazido 2 pontos de bonificação do primeiro. Temos ainda o confronto com eles, no que pode definir mais claramente, as reais condições das equipes para o restante da competição.

    FORTALEZA conseguindo vencer os dois jogos – Ceará(clássico) e Horizonte(bonificado) – vai ser melhor ainda.

    Depois de dois anos, a equipe volta a jogar no PICI.
    Tinha de mandar aviso aos adversários:

    “AQUI MANDO EU!”.

    SIMBORA!!!!!!

  • J Carvalho disse:

    Não foi uma grande partida, foi boa de assistir, um jogo corrido e pegado, o Leão começou querendo marcar em cima, não dando chances para o adversário sair tocando a bola. O 1º gol foi em um lance de bola parada e foi a única boa chance do time de Sobral na etapa inicial, o gol de empate veio logo em seguida com o Jailson. O jogo seguiu com pequeno predomínio do Fortaleza até a expulsão do jogador sobralense (diga de passagem justa), a partir daí o domínio jogo foi do Leão, co maior volúpia, mas com poucas chances reais. O que me chamou atenção foi o João Henrique que fez sua melhor partida pelo Tricolor, enquanto o Assisinho fez uma das piores, daí o rendimento do time não ter sido melhor. O Lucas foi outro destaque no time da casa e o Jackson Silva, caindo pela esquerda melhorou e muito o seu rendimento junto com o Donizete. O Luis Felipe, está evoluindo e poderá dar trabalho para o Rafinha tomar sua vaga. A defesa vacilou em alguns lances, acho que pela mudança do Wesley pelo Everton que tem característica diferente, não houve um entendimento perfeito. O time precisa de contratações principalmente no meio de campo, com um cara que comande as ações após a saída de bola da defesa. O Edinho, jogou pouco tempo, mas demonstrou que não treme, com alguns lampejos e poderá ser aproveitado aos poucos, não devendo ser jogado no sufoco para não queimá-lo, pois ele tem grande potencial e logo logo poderá está vestindo a camisa de titular. O Hélio dos Anjos com certeza saberá lançar na hora certa, pois conhece do riscado e sempre faz isso por onde passa, aproveitando jogadores da base, quem não lembra do Osvaldo que foi incorporado ao elenco principal por ele. Tem outros garotos que poderão surgirem aos poucos, não podem é ser jogados como boi de piranha. Para domingo é outra história, não há favorito, pois em clássico tudo pode acontecer e é normal, excesso as goleadas. Acho que quem tiver mais vontade poderá sair ganhando. Vamos em frente!

  • Yuri disse:

    Agora vamos pra cima dos urubus e ganhar pra mostrar que o Rei Leão é quem manda no CasteLeão e em todo o estado!!!!!!!!!!

  • Ramiro disse:

    Muito boa vitória cotra mais um adversário do fraco cearense. O tempo passa e nada de contratações qualificadas. O cearense não serve de parâmetro pra nada. Não me iludo.

  • Fred disse:

    Se nós não vamos ter o Jailson, eles estão em crise com mais uma derrota.
    Acredito em uma vitoria.

  • Kleiton Nascimento disse:

    Tem torcedor que parece papagaio de pirata, pois repete tudo o que a diretoria e a comissão técnica inventa. Se os jogadores da bse dependerem do Hérlio dos Anjos nunca se efetivarão, uma vez que tal treinador só gosta mesmo ´pe de jogador de empresário. Quem deu chances o sustentou o Osvaldo no time até se firmar foi o HERIBERTO DA CUNHA, em 2008, quando os dirigentes tinha emprtestado o osvaldo ao Remo, após ele voltar do River. Se não fosse a cegueira de um dirigenmte do remo, que vetou a ida do osvaldo sob a alegação de que o garoto prodígio era refugo O sucesso do osvaldo e do Ary é a prova de que os jogadores da base podem as médio e longo prazo tornarem o leão autosustentável. Só que isso nunca vai acontecer com o Baquitizão, o Jurandirzão e Heliozão no Pici dando chance aos jogadores forasteiros rodados(no sentido de malas) que vem só ganhar facilmente dinheiro no Pici e sem o menor compromisso, como aconteceu perante o Oeste e o Campinense. O triste é saber quer o cara é tricolor mas viaja na maionese dando vazão as mentiras dos dirigentes e da comissão técnica que não tem compromisso unicamente com o Clube. O Bismarck estar na iminência de ser mais uma vez ser campeão brasileiro de modo brilhante. E não venha dizer que que o Bismarck já jogou pelo santa Cruz e foi muito bem. Aliiás, o Givanildo ficou abismado com o desprezo ao Bismarck. O Vinicius é um bom jogador e, como aconteceu com o Osvaldo, perde gols devido a cobrança excessiva. O Jeferson que é mais jogador do que o Everton e do que o Jackson ladrão de bola, mas não lhe dão chances. A mentalidade dessa direoria é curta, pois até tenciona terceirizar a base, como já o fez o time do siará, o qual viu a mancada e tentou resgatá-la.

  • Renato Luís de Oliveira disse:

    A nossa Diretoria tem que contratar um meia e um atacante, uregente, pois o time carece nestas duas posições. Sds Tricolores.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *