Blog do Leão

A bola puniu

324 14
Hélio dos Anjos lamentou as muitas chances desperdiçadas

Hélio dos Anjos lamentou as muitas chances desperdiçadas

Caros tricolores, em um post recente reclamei de uma vitória estressante. Mas estressante mesmo é uma derrota com dois pênaltis desperdiçados ( um por Vinicius e outro pelo estrante Edson que ainda foi expulso) e três bolas na trave. Ora, ora! A bola pune a incompetência, nunca duvidem disso. Se quiser encaminhar uma derrota, é bem “facim”. Basta empurrar o pau a perder gols, que não dará outra.
Recebi dois telefonemas depois do apito final. Primeiro, um amigo otimista me ligou após o jogo, lembrando que ainda somos líderes, jogamos sem peças importantes e que essa derrota servirá para que a sujeira não seja empurrada para baixo do tapete. Depois outro amigo, este pessimista até a alma, esbravejava e lamentava que será mais um ano sem título estadual e sem conseguir o acesso, que outro Hitler nascia agora em alguma parte do universo e que o mundo se acabava em chamas. Porém, nenhum amigo realista me procurou pra conversar sobre o resultado, talvez por que o realista deve estar em silêncio, imaginando que o futebol surpreende o otimista e o pessimista, fazendo muitas vezes com que ambos caiam do cavalo, e que devamos deixar o calejado Hélio dos Anjos tocar o barco ao seu modo.
A verdade é que depois de hoje, o torcedor do Leão está, mais do que nunca, cheio de dúvidas e incertezas.
Ah, E eu? quer saber se estou incerto? Nem sim, nem não, muito pelo contrário…

 

Fortaleza 1×2 Guarani-J

Local: Estádio Alcides Santos
Data: 28/3/2013
Árbitro: Léo Simão
Assistentes: Anderson Farias e Rogério Ramos
Cartões amarelos: Esley (F), Gustavo (G), Roberto Baiano (G), Guídio (G), Lenilson (G), Djalma (G), Bruno Pacatuba (G)
Cartão vermelho: Edson (F)
Renda: R$ 30.386,00
Público: 3.802 pagantes (470 não pagantes)
Gols: Fabrício (contra), aos 36min do 1º tempo; Niel, os 13min, Leandro, aos 33min do 2º tempo

Fortaleza: João Carlos; Rafinha, Fabrício, Gabriel e Marinho Donizeti; Jackson, Esley (Jackson Caucaia), Lucas (Lúcio) e Edinho; Leandro e Vinicius (Edson). Técnico: Hélio dos Anjos

Guarani-J: Fábio; Roberto Baiano (Joilson), Jefferson Petrolina, Marcelo Mineiro e Lucas; Guídio, Gustavo, Djalma e Lenilson; Niel (Bruno Pacatuba) e Moré. Técnico: Play Freitas

14 Comentários

  • Kleiton Nascimento disse:

    Esse Heliozão ganhando cento e vinte mil contos mensais perde para um treinador que não ganha dez mil contos é uma lástima, ainda mais em mandar um jovem cobrar uma penalidade com jogadores mais experientes no elenco. Parece até que o sentido é quimar o jovem Vinícius para abrir caminho para mais um jogador rodado de empresário. E o pior é que vão cobrar só do jovem Vinícius, o qual cobrou bem e o goleiro foi quem fez uma grande defesa, segundo o narrador Júlio Sales. Se há alguém que deve ser cobrado pela péssima cobrança da penalidade é o jogador forasteiro de empresário Edson, o qual foi expulso na estréia. O Heliozão faz lembrar o retorno do ferdinando Teixeira, mas já em declínio, pois o Heliozão também não não conseguiu modificar o time ao ponto de inspirar confiança. E as Vitórias do Heliozão não conveceram da capacidade do time tricolor. e as derrotas para o cana e Guaraju são desalentadoras. Ontem, quem ouviu o o heliozão na entrevista coletiva, pode perceber como tal treinador é detentor de um “queixo de jacaré”, vez que tem lábia mesmo. E o pior de tudo é a limitada diretoria do Fortaleza querendo fazer acreditar que vai fazer ocorrer uma mudança grande no time triucolor e que este então passará por cima dos adversários. Não queria estar dizendo isso, tendo em vista que sou torcedor do Leão, mas o Fortaleza poderá correr risco de rebaixamento para a série D, lembrando que o perdedor Baquitizão já colocou o Tricolor do Pici na quarta divisão durante uma semana de 2011. E o que foi aconteceu com o Guto que não jogou? Esse jogador forasteiro de empresário, Marinho Donizete, além de limitado ´pe azarado assim, como é o Truvão e o Jurandirzão. Essa sofrível diretopria ainda finda perdendo a vaga para a Copa do Nordeste de 2014..

  • Fred disse:

    Eu estive no jogo de ontem, e posso falar algumas coisas que vi, entre elas:
    -Leandro não tem a minima, mas minima condição, nem de compor elenco de um time, quanto mais ser titular. O H.A. quer a todo custo ressucitar a carreira deste rapaz, tomando até como exemplo um ex jogador seu nos tempos do Goias que ele fez isto e deu certo, mas este rapaz é caso perdido. Jogando com ele a gente joga com -1 em campo.
    -Primeiro penalti = Vinicius é verde demais para uma situação destas, quem era para ter batido era um dos laterais, Lucas, Esley, até mesmo os zagueiros, mas o Vinicius jamais. Já tinha gente na arquibancada do Alcides Santos pegando no pé do rapaz.
    -Segundo penalti = Se a bola do Edson for proporcional a forma que ele bateu o penalti, meus amigos, nós estamos lascados. Aquilo foi batida de perna de pau. Não se deu por satisfeito e ainda foi expulso com tão pouco tempo de jogo. Estreia pior impossivel.
    -Gols perdidos e bolas na trave = Continuamos sem um camisa 9, um homem de referência na aréa; O jeito vai ser esperar o Jailson se curar, voltar, pegar ritmo novamente, e torcemos para que ele não quebre mais. Nenhuma das opções que temos é melhor do que ele, pena que adora um DM.
    -Falta do Assisinho = O FEC é totalmente dependente do futebol do Assisinho. Sem ele em campo a coisa muda de figura, taí mais uma prova ontem.
    No mais, o time até jogou bem nos primeiros 20 minutos, sufocou o Guaraju, tudo parecia que seria mais uma vitória, mas infelizmente deu tudo errado, graças a incompetência do time.
    O Guaraju não ganhou o jogo, o FEC perdeu posso resumir nisto, e ninguem me fale de zebra, foi falta de futebol mesmo.
    Jogar dois penaltis fora, jogando em casa, e contra time pequeno, é coisa que fazia tempo que eu não via, não lembro a ultima vez que vi isto acontecer.
    O torcedor que te ligou Elenilson, dizendo que a derrota expunha as fragilidades da equipe, e seria bom para a sujeira não ser empurrada pra debaixo do tapete, em partes ele tem razão; O problema é que agora não dá mais para contratar para o estadual, e aí que mora o perigo, não temos time, ficou provado ontem, e agora não tem mais como “remendar”, vamos ter que aguentar esta turma aí até o final do estadual.
    Nunca gostei do tarbalho do H.A., fui contra a contratação do mesmo, disse aqui no blog inclusive, e ontem ele deu prova que é um treinador teimoso, ultrapassado e que tá vivendo de passado. Respeito quem gosta do trabalho dele, mas eu não. Pra mim é um treiandor que não sabe trabalhar com este tipo de jogador que temos em casa.
    Acho que com este time, jogando este tipo de futebol, a gente não consegue ganhar nada, e se formos desta forma para a serie C, é rebaixamento na certa.
    Domingo volta o Assisinho e pode ser que o Jailson volte pelo que fiquei sabendo ontem no Pici.
    Vamos ver se o H.A. não tem mais uma das suas “ideias brilhantes” e fica fazendo o FEC de laboratório de teste de jogador de futebol.
    Será que não deu pra ver que este Leandro não joga mais nada?

  • Regis Rizieri disse:

    É Elenilson, quando se diz que ainda somos líderes, a gente deve considerar o nível (baixo) do campeonato que estamos disputando e sinceramente, não estou preocupado em disputar esse manjadinho, na verdade o que me preocupa é a Série C, o manjadinho serve somente como base para ver se o direcionamento do trabalho está sendo feito de forma correta.

    E cá entre nós, o trabalho está errado, perdemos para o lanterna, ora o siará também perdeu, verdade, só que siará botou a gente no bolso, então, o Sr. Hélio dos Anjos não melhorou em nada a produção desse time, até as contratações realizadas também não emplacam, enfim, Série C tá aí, e não temos time…

  • Ramiro disse:

    Seu amigo ligou e comentou que ainda somos líderes e também falou que a sujeira não poderia ser jogada pra baixo do tapete.
    Primeiro: sobre a liderança, ano passado fomos líderes no cearense de ponta a ponta como também da terceirona.
    Sobre a sujeira, ela continuará debaixo do tapete, pois agora não tem como fazer a limpeza, ou seja, contratar jogadores dequalidade.
    Pois é meus amigos, passamos o ano passado todo jogando a sujeira pra baixo do tapete e infelizmente nesse ano a coisa se repete.
    Vamos torcer que tenhamos um final diferente. Eles a cada ano dizem que irão fazer um time melhor, mas infelizmente não é isso que estamos constatando. Nada explica perder para o fraco Guarani dentro do Pici.

  • Neto disse:

    Elenilson.
    Nao diria que a bola puniu. Foi ruindade mesmo. Os outros estão chegando.

  • Hilton Holanda disse:

    A verdade, meu amigo, é que nós temos um péssimo elenco e um time muito ruim. Difícil acreditar que com o que temos aí possamos subir para a série B ou mesmo ganhar o campeonato cearense. Sorte é que o rival também está muito fraco. Continuo afirmando que só vou ao estádio (seja ele qual for) quando o nosso Leão mostrar pelo menos uns 04 jogadores que valham a pena ser vistos.

  • Time incompetente e diretoria lisa.O Osmar Baquit ta liso, rodo munda sabe aqui em quixada, ta se agarranso no futebol para garantir mais um mandato de deputado.

  • Ramos Filho disse:

    O Helio dos Anjos só tem muito é lero-lero. Tá querendo gabelar todo mundo no Pici com papo furado. Esse negócio de querer comandar o time fora das quatro linhas, é para promover o filho dele como técnico, Essas coisas só acontece no futebol cearense mesmo…

  • Regis Rizieri disse:

    Olha a PEROLA: “Técnico Hélio dos Anjos elogia desempenho do time. “Melhor partida sob o meu comando”.

    Esse cara tá de brincadeira, o cara tá enganando todo mundo e ainda tem torcedor que cai nessa, tipo isso mesmo, “A bola pune”, o elenco é FRACO, a diretoria é PERDEDORA e não vamos a lugar nenhum na Série C, ou melhor vamos sim para a Série D…

  • Raminro Neto disse:

    Kleiton, me diz uma coisa, pq você sóe screve quando o time perde?
    Né estranho não pessoal?
    Acho que este Kleiton é torcedor do time do ciará, e vem aqui no blog tá tirando uma com a cara da gente.
    S.T.!

  • Kleiton Nascimento disse:

    Quem é de Quixadá ou tem ligações com a Terra da Galinha Choca fica abismado como é que os conselheiros do Leão são tão tolos de conduzirem por duas vezes o Baquitizão, pé de elefante(onde pisa afunda).

  • João Ximenes disse:

    Não deu pra ir ao jogo, mas ví os lances na TV.

    Ví imagens que REFLETEM muito bem o que é o futebol… tipo:

    a) BOLA NA TRAVE não é gol;
    b) ERROS é igual a derrota.
    c) ACERTOS é igual a vitória.

    O que adianta TÚ ir e não fazer?
    Agora não pode é a cada vez que ELES vem(duas)… fazem.
    “DESEQUILIBRIO” notório.

    Quem foi mais competente:
    O que CORREU, chegou mas não fez.
    Ou o que quase não CHEGOU, mas quando CHEGOU fez?

    Esse negócio de:
    Jogamos mal mas ganhamos o jogo.
    E/ou perdemos, mas jogamos bem, não fica bem!
    Do que adiantou jogar bem e não vencer?

    E o que é pior:
    Tivemos duas oportunidades únicas(penaltes) para mudar a história do jogo, e nem assim fizemos.
    VINICIUS faz um gol de letra num jogo, mas quando aparace a chance de pegar a bola com a mão, “butar” na frente do goleiro sem ninguém na frente, só ele e o goleiro, só os dois, pra ele escolher onde meter a bola… faz aquilo.
    E quem é aquele EDSON? é um novato?
    Nada contra. Pois nem o conheço. Mas a impressão deixada por ele foi “hororivel”. O “cara” aparece do nada. Entra num jogo. Leva um cartão no primeiro lance. Tem um penalte. Tem u segundo penalte, ele aparece(pela segunda vez no jogo) pra cobrar. Dá um “peidim” daqueles pra fora. E ainda na terceira vez que aparece, ainda é expulso… quem e ele????

    Ao contrário do DOS ANJOS, vejo da seguinte forma:

    O time foi INOPERANTE e INCOMPETENTE!

    Parabéns pro Guarani que bateu nos dois “imbatíveis”!

    Isso não quer dizer que no domingo, o FORTALEZA não vá lá em Juazeiro e PIMBA… ganhe o jogo!

    Isso é FUTEBOL!

  • Kleiton Nascimento disse:

    O camarada pensa que o torcedor verdadeiro do Fortaleza é aquele que se torna presidente e não ganha nada, levando os torcedores do siará ao delírio, a sentirem orgasmos múltiplos com o vexames que o nosso querido tricolor do Pici sofre há três longos anos. Quem dar sustentação ao Baquitizão é torcedor que não consegue enxergar um palmo adiante do nariz, que precisa sentir o inferno da quarta divisão para acordar para uma realidade que não pode ser empurrada para debaixo do tapete. Caro tricolor Ramiro, eu sou um sócio proprietário, com a minha anulidad paga até janeiro de 2014, via débito em cartão de crédito, junto ao MITT. Portanto, sou dono de uma cota proopriedade da marca tricolor, pois o Alcide Santos estar em nome de um associação de amigos do Fortaleza, para que o dito patrimonio não possa sofrer penhora da Justiça do Trabalho ou da Justiça Comum em relação as dívidas de IPTU. Apesar de entender que o Baquitizão não tem condições de gerir o Fortaleza, mesmo assim pago a minha anualidade via cartão de crédito, posto que não abandono o Clube do meu querer. Todavia, jamais abdicarei do meu direito de criticar a diretoria do leão naquilo que acho equivocado e o tempo vem provando que não tenho dito nada que não seja a pura realidade. Não pense que me intimidarei com a sua mensagem, a qual parece mais a de quem tem alguma espécie de ligação com os atuais sofrívei dirigentes do Tricolor. Em todo caso, pouco me interessa a sua opinião e não dou a mínima para eventual censura de sua parte, tendo em vista que falta a mim uma das característic as dos torcedores carroceiros, qual a seja, a alienação, a adoração por pirulito. Além do mais, o mentor e administrador desse Blog do Leão é o Elenilson Dantas e nunca o comapnheiro tricolor Ramiro.

  • abimael disse:

    Orientar a equipe dentro das quatro linhas é função primordial do treinador, abdicar dessa função é mesmo que abdicar da própria condição de treinador. Mas como a diretoria tricolor tornou-se refém de treinadores é perfeitamente provável que aceite esse absurdo. HA, que fatura, segundo dizem, 120 mil mensais, quer delegar a função de treinador a seu filho. Na realidade quer é promover seu filho às custas do Tricolor. Presta atenção Trovão! Afinal, o treinador do Tricolr é o HA ou o filho dele?

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *