Blog do Leão

Tigre de juba

568 16
Fortaleza abriu 2x0, mas cedeu o empate ao Tiradentes

Fortaleza abriu 2×0, mas cedeu o empate ao Tiradentes. Foto: Globoesporte.com/ce

Caros tricolores, vimos durante o segundo tempo no Castelão o que poderíamos chamar de uma inversão felina de valores. O rei Leão, que dominou o primeiro tempo, deixou inexplicavelmente o Tigre reinar no período complementar e por pouco não virou o placar de 2×0 construído pelo Leão no primeiro tempo.
Desde o primeiro jogo da semifinal do Nordestão contra o Campinense que noto uma queda de produção do time em vários segundos tempos na temporada. E mais uma vez o fato se repitiu. Não sei se a curta pré-temporada ainda poderia estar influenciando no desempenho físico dos atletas ou se é falta de pulmão mesmo. Fica a dúvida gerada pelas constantes quedas de rendimento. Com a palavra, a comissão técnica.

O jogo deste sábado começou passando a imagem de recuperação do atacante Edson que fez os dois gols tricolores. Infelizmente, o empate do Tigre ofuscou a atuação do camisa 9.  Aos 44, Assisinho até marcou, mas o árbitro assinalou impedimento do atacante, no último lance de perigo na partida. Com o resultado, o Fortaleza fica com 19 pontos e lidera o Campeonato Cearense, mas com jogos a mais, vê os adversários se aproximarem perigosamente. Já o Tiradentes é o terceiro colocado do G-4 estadual.

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Ihu5jgnbbnE[/youtube]

 

FORTALEZA 2×2 TIRADENTES
Data: 6 de abril de 2013

Local: Arena Castelão
Horário: 16 horas
Árbitro: Cleuton Lima
Assistentes: Thiago Brígido e Anderson Silveira
Gols: Edson (22′ e 36’/1T)
Cartões amarelos: Leandro, Pedro Bambu, Vinícius

Público: 1.841 pagantes.  Público não-pagante: 781
Renda: 25.146,00

Fortaleza: João Carlos; Edson Souza, Charles, Ciro Sena e Marinho Donizete; Jackson Silva, Esley, Lucas (Edinho) e Lúcio (Jackson Caucaia); Edson (Vinícius) e Assisinho. Tec: Hélio dos Anjos

Tiradentes: Fábio; Tiaguinho, Rafael, Ribamar e Rômulo; Pedro Bambu, César Sampaio, Leandro Mineiro (João Neto) e Manuelzinho; Dico e França. Tec: Danilo Augusto