Blog do Leão

Botafogo-PB 2×1 Fortaleza – Não tem rojão que dê jeito

367 65

 

Fortaleza perde para o Botafogo-PB, o que não acontecia desde 1999.Foto: PB Esportes

Fortaleza perde para o Botafogo-PB, o que não acontecia desde 1999. Foto: PB Esportes

Caros tricolores, a semana que começou conturbada ainda está longe de terminar de maneira tranquila.

Na segunda-feira, torcedores foram ao Pici protestar, e mesmo que os organizadores aleguem que o ato foi pacífico, não conseguiram controlar e organizar para evitar o rojão jogado para o campo. A desculpa foi a de sempre: os infiltrados, aqueles mesmos que quebram cadeiras.

Bom, deixa pra lá. Vamos à quebradeira que interessa, que é a da bola. Minha Nossa Senhora, que time pereba é esse? rapaz, sinceramente, tenho que dar o braço a torcer: decepcionei-me com nosso amigo anfíbio. O elenco é de qualidade questionável e o time que vai a campo joga um futebol de nível mais questionável ainda. Nós que, num passado recente, reclamamos tanto de erros na escalação e substituições, vemos Moacir no lugar de Felipe, Wilian Simões no de Bruno, Berna no banco, Hudson entrando no decorrer do jogo e Juninho não. Negócio tá feio…

O futebol é um negócio, e o clube uma empresa. Se a produção tá fraca pode ser problema gerencial. No Fortaleza, a gente ver movimentos tomando à frente de ações, atribuições por nepotismo, diretor de futebol não aparece pra dar satisfação de onde ele encontrou tanto bonde e outras circunstâncias de tratamento com o torcedor que vai gerando mais antipatia que os próprios resultados em campo. Aí o torcedor não vai ao estádio, não renova o sócio e depois vêm com a maior cara de chibata reclamar que o torcedor abandonou.

O papo é reto. Um murro na mesa tem efeito muito maior que a porcaria dum rojão.

Ajam! estamos por um cabelinho de sapo

 

Ah! E sobre o jogo, fiquem só com a ficha técnica mesmo. Num precisa mais que isso não:

Botafogo-PB 2×1 Fortaleza

Copa do Nordeste

Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa-PB

Hora: 21h45

Árbitro: José Reinaldo da Silva Filho\AL

Assistentes: Esdras M de Lima Albuquerque\AL e Rondinelle dos Santos Tavares\AL

Público pagante: 7.025

Renda: R$  75.146,00

Cartão Amarelo:

Botafogo: Muller, Janeudo, Jó Boy e Carlinhos;

Fortaleza: William Simões, Max Oliveira, Jean Mota, Felipe, Eduardo e Pio;

Gols:

Botafogo: Magno Alves (32’\ 1º T) e Muller Fernandes (38’\1º T)

Fortaleza: Anselmo (2’\1º T)

Botafogo

Michel Alves, Ângelo, Plínio, Magno e Marcelo Xavier; Djavan, Carlinhos (Pingo), Val (Gedeil) e Janeudo; Müller Fernandes (Jô Boy) e Jerffeson Recife. Técnico: Itamar Schuller.

Fortaleza

Erivélton; Moacir (Felipe), Leonardo Luiz, Max Oliveira e William Simões (Bruno Melo); Guto, Corrêa, Pio (Hudson) e Jean Mota; Eduardo e Anselmo. Técnico: Flávio Araújo.