Blog do Leão

Fortaleza 2×1 Sport – Toma lá, dá cá

110 25

 

Fortaleza devolve a derrota em Recife e também marca 3 pontos sobre o rival pernambucano

Fortaleza devolve a derrota em Recife e também marca 3 pontos sobre o rival pernambucano

 

Caros tricolores, o Leão cearense engoliu o Leão pernambucano ontem na Arena. E como precisávamos de uma vitória assim, heim?

Mesmo enfrentando um adversário qualificado e de Série A, o tricolor foi dono de quase cem por cento da partida, uma vitória justa e incontestável.
Com Everton, Dudu Cearense e Felipe se desmanchando em bola, o time da casa foi absoluto na passagem do meio campo para o ataque, ajudado pelo bom entrosamento entre Anselmo e Juninho.

Excetuando a falha do lado direito no momento do gol rubronegro, o setor defensivo também surpreendeu positivamente. Edimar e Lima foram imponentes diante do forte ataque pernambucano.

Os pontos negativos foram as contusões musculares que tiraram Guto, Felipe e Jean Mota do jogo. Será que estavam desacostumados a correr muito? cala-te boca….
Mas, falando sério, tem que ver isso aí. Muita gente estourando.

Quanto à tabela, continuamos vivos e brigando pela vaga de melhor segundo, e por que não de primeiro colocado também?

Simbora, Leão !

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=HdtuMBWD4n4[/youtube]

 

Fortaleza 2×1 Sport

Torneio: Copa do Nordeste – 5ª rodada
Local: Arena Castelão (Fortaleza)
Árbitro: Ranilton Oliveira de Sousa – MA
Assistentes: Carlos André Pereira Sousa e Antonio Fernando de Sousa Santos – MA
Gols: Anselmo (4 do 1ºT) e Jean Mota (31 do 1ºT) – Fortaleza; Túlio de Melo (47 do 1ºT) – Sport.
Cartões amarelos: Everton e Ricardo Berna – Fortaleza; Durval e Renê – Sport.

Fortaleza
Ricardo Berna; Felipe (Bruno Melo), Edimar, Lima e Willian Simões; Guto (Juliano), Dudu Cearense, Everton e Juninho; Jean Mota (Clebinho) e Anselmo. Técnico: Marquinhos Santos.

Sport
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê (Christianno); Rithely, Serginho, Gabriel Xavier (Luiz Antônio), Reinaldo Lenis (Fabio) e Vinicius Araújo; Túlio de Melo. Técnico: Paulo Roberto Falcão.