Blog do Leão

Ríver 1×2 Fortaleza – Deu na lasca

1342 30
De pênalti, Pio marcou o gol da classificação tricolor

De pênalti, Pio marcou o gol da classificação tricolor. Foto: Esporte Interativo

 

Caros tricolores, não tem jeito. Fortaleza é sinônimo de sufoco, ganhar algo folgado e sem suor é fato raro na história do clube. E a classificação desta quarta, arrancada a fórceps, foi mais um exemplo do fato.

O jogo começou com um gol mal anulado do Ríver, depois perderam uma chance clara na cara do gol e logo em seguida tomamos uma bola na trave. Rapaz, num dava tempo nem gritar “Valha-me Deus!”, quando se pensava em colocar as mãos na cabeça, lá vinham os “ômi” com a bola de novo bufando igual um touro. Eu já tava era errando e colocando a cerveja na bochecha com os olhos arregaladas na TV. Sufoco puro.

Mas o futebol é divino. Quantas vezes dominamos uma partida e tomamos um gol? Pois não é que o outro lado da moeda existe mesmo. Desta vez achamos um contra-ataque e numa inversão de bola perfeita, a branquinha caiu logo no pé do Perde-gol da Estrela (vulgo Juninho) que acertou o cantinho do arqueiro piauiense.

Veio o segundo tempo, e o time tricolor voltou mais centrado, e como o pau que dá em Chico, também dá em Francisco, o nosso amigo bandeirinha marcou um impedimento do Anselmo quando o nosso 9 ia sair na cara do goleiro.

A tortura aumentou quando, sob uma luz de cabaré, Berna aceitou uma bola de longe em uma cobrança de falta. Foi uma enorme frustração momentânea, pois naquele momento ainda estávamos vivos na competição. Porém, enquanto há vida, há esperança. E quando todos já estavam tristemente afundados no sofá pensando nas gozações a serem recebidas na manhã seguinte ao por o pé na calçada, eis que o juizão aponta para a marca da cal. Que visão! Aquele apito trilando parecia uma sinfonia de Beethoven. Pio foi pra bola, a bola foi pra rede e eu fui pra janela acordar os vizinhos. Leão classificado!

Obrigado, Pio!
Obrigado, seu bandeira!
Obrigado, Berna!
Obrigado, Flamengo do Piauí, pelo seu único gol no Nordestão!
Obrigado, Francisco de Assis!
Obrigado, América e Coruripe, por morrerem abraçados!

Essa ruma de obrigado é que nos faz concluir: deu na lasca!

 

Simbora, Leão!!

 

 

 

River 1 x 2 Fortaleza

Local – Estádio Albertão.

Gols: Juninho aos 39 minutos do 1o tempo;  Tote(River) aos 31 minutos e Pio, de pênalti, aos 33 do 2o tempo.

River – Naylson; Tote, Paulo Paraíba, Índio e Jadson; Amarildo, Tiago Dias, Júnior Xuxa(Marquinhos) e Esquerdinha; Fabinho(Lucas Bacelar) e Vanderley.

Fortaleza – Ricardo Berna; Edimar, Lima, Max Oliveira e Simões; Pio, Jean Mota, Daniel Sobralense(Bruno) e Éverton; Juninho(Eduardo) e Anselmo.

Árbitro – Ítalo Medeiros de Azevedo-RN, com péssima atuação.

Assistentes – Flávio Gomes Barroca-RN e Lourival Cândido das Flores-RN.