Blog do Leão

Bahia 1×1 Fortaleza – Zé Pilintra, Pomba Gira e Tranca-Gol

2081 44
Fortaleza jogou bem, mas não conseguiu a vitória na Fonte Nova. Foto: Margarida Neide

Fortaleza jogou bem, mas não conseguiu a vitória na Fonte Nova. Foto: Margarida Neide

 

Caros tricolores, eu não acredito nas tais forças ocultas, mas ontem por noventa minutos e fragilizado pelo álcool na mente e desesperado pela infinidade de gols feitos desperdiçados, eu gritei de pé em cima do sofá: -” só pode ser macumba!”
As chances desperdiçadas na Fonte Nova foram dignas de “Inacreditável FC”, uma atrás da outra, incluindo três bolas na trave.

Depois a gente esfria a cabeça, cai na real e vê que, na verdade, a culpa foi do Anselmo, do Juninho, do Sobralense e do Eduardo e não do Zé Pilintra e Pomba Gira ou outros orixás e entidades espirituais. E claro, o resultado da partida de ida que quase sempre é o que define o rumo do confronto.

Sucumbimos com aquele gostinho de que poderíamos ter sido felizes, e mais uma vez por falha nas finalizações.

Mas depois de uma eliminação como essa, você pode me perguntar: mas não dá pra tirar nada de bom não? eu respondo que sim, claro que dá. A postura que o técnico Marquinhos Santos está propondo me agrada mais a cada partida. Para a Série C que é, indubitavelmente, nosso maior objetivo precisaremos de algumas peças para corrigir as falhas pontuais

Enfim, vamos virar a página( com força, pra rasgar de raiva mesmo) e focar a luta pelo bi estadual e a classificação na Copa do Brasil que é nosso próximo cardápio.

 

Saravá!

 

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=lEdoTP5d03s[/youtube]

 

Bahia 1×1 Fortaleza

Bahia: Marcelo Lomba; Hayner, Lucas Fonseca, Éder e João Paulo Gomes; Feijão, Paulo Roberto e Juninho; Luisinho, Thiago Ribeiro e Edigar Junio
Técnico: Doriva

Fortaleza: Ricardo Berna; Edimar, Lima e Max Oliveira (Eduardo); Juliano (Dudu Cearense), Felipe (Clebinho), Pio, Éverton e Daniel Sobralense; Juninho e Anselmo
Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Eduardo, aos 19, e Juninho, aos 39 minutos do segundo tempo

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador/BA
Data: 03/04/2016