Blog do Leão

Fortaleza 3×1 Iguatu – Nada igual

392 7

Gustavo marcou mais um gol na vitória tricolor sobre o Iguatu. Foto: O Povo Online

 

Caros tricolores, chegamos ao terceiro jogo do campeonato, quase no limiar que prometemos esperar para considerações mais contundentes. Mas uma afirmação já é precisa e podemos falar com propriedade: está tudo diferente do início do estadual passado. Não consigo ver nada igual ao que aconteceu no início do primeiro semestre do ano passado.

Já temos um padrão de jogo, já temos jogadas ensaiadas que resultam em gol, já temos o mínimo de confiança e já temos um artilheiro.

E por falar em situações diferentes, este jogo contra o Iguatu começou com o Fortaleza atrás do placar. Fato inédito na temporada e que deixou por alguns minutos o torcedor na expectativa de como seria a reação da equipe. E o que se viu foi a manutenção do estilo que foi fazendo o Iguatu ser martelado até o zagueiro Jussani acertar uma bela cabeçada e empatar a partida. Ainda no primeiro tempo, Gustagol virou o placar.

No segundo tempo, o jogo só aconteceu até o terceiro gol tricolor, marcado por Léo Natel. A propósito, Natel mereceu muito marcar este gol, pois além das duas assistências para os gols do primeiro tempo, foi o jogador mais ofensivo do jogo. A partir da construção do placar final, o que se viu foram toques para os lados e para trás com o Iguatu satisfeito em não tomar mais gols e o Fortaleza em não precisar mais correr pra fazer o resultado.

Enfim, acho que falta pouco para o desenho final. O argentino Pacheco estreou ontem, e mostrou ter intimidade com a bola, mas o tempo foi pouco para uma análise detalhada. Resta o meia Alan Mineiro que deve estrear próximo domingo, e ele deverá ser a última observação importante que fará Ceni.

Tá encorpando.

Arrocha, Leão!!

 

 

 

 

Fortaleza 3×1 Iguatu

Local: Arena Castelão
Data: 25/1/2018
Horário: 20 horas
Gols: Otacílio Marcos, Diego Jussani, Gustavo e Léo Natel
Público pagante: 9.451
Não pagante: 901
Renda: R$ 66.990.
FORTALEZA
Boeck; Tinga, Ligger, Diego Jussani, B. Melo (Leonan); AndersonUchôa, Pablo e Igor (J. Henrique); Alípio (German Pacheco), Gustavo e Léo Natel.
Técnico: Rogério Ceni.
IGUATU
Gleibson; Ceará, Luis Fernando, Albano e Élvis; Michel (Caio), Dedê e Elanardo (Testinha); Canga, Otacílio Neto (Paulinho) e Otacílio Marcos.
Técnico: Roberto Carlos.

7 Comentários

  • João Ximenes disse:

    “Tá encorpando”.
    E pensar que ano passado ENGASGAMOS com esse mesmo Iguatu. Esse Iguatu e o Floresta que meteu a sola Neles LÁ(os daqui) que estão de Azona. Vou aproveitar a deixa, e usar o bordão de um dos torcedores de LÁ(daqui): “Ô FLORESTA VÉI MARVADO”.
    Pior é que não tem como justificar porque os dois que ENGASGAMOS ano passado sem perder, meteram a sola no “time Azona” e no seu homogêneo “time Bzão’ que vai encarar na Azona nada mais nada menos que Corinthians, Flamengo, Palmeiras{…}.
    Mas é problema Deles LÁ(os daqui). Cabe a Eles LÁ(os daqui) se virarem, e quero só ver como vai acabar isso.

    LEÃO DE AÇO é o assunto.
    LEÃO DE AÇO tá bem na fita, não porque está conseguindo vencer. MAS, por, como bem disse o ELENILSON: “vemos um pouco de padrão de jogo, jogadas ensaiadas que resultam em gol, ARTILHEIRO, e o mais importante de tudo, temos o mínimo de confiança pra encarar a temporada”, ao contrário do ano passado.

    LEÃO DE AÇO vem mostrando EVOLUÇÃO, e ontem mostrou mais um quesito não visto anteriormente: APRENDEU A VALORIZAR A POSSE DE BOLA.
    Se bem que chegou a encher o saco quando vi por mais de 3 vezes, o time atacando com espaço, se embananava pra furar e recuava a bola até o BOECK que tava jogando praticamente de líbero.
    CENI precisa corrigir isso, pois quando se tá quase na área adversária tem-se de encontrar uma brecha pra concluir a jogada a nosso favor.

    Por falar em CENI, esse vai ter de chamar IGOR e JOÃO HENRIQUE pras conversas porque ambos anda não conseguiram entrar no jogo. Digo porque IGOR entrou de titular no primeiro jogo, não conseguiu muito na armação e acabou substituido por JOÃO HENRIQUE que entrou e arrebentou. MAS, quando no jogo seguinte foi de titular, máximo que conseguiu foi fazer muitas faltas e ser amarelado. Vejo no João Henrique o homem do meio, pela sua visão de jogo(no gol ontem pra citar uma). Só que ele precisa REGULARIDADE nos jogos.

    Aliás essa é a tecla que CENI vai ter de mirar – o meio – que é por lá que as coisas teem de acontecer.
    Com um homem/meio por exemplo JUSSANI não vai ficar precisando fazer aquelas ligações diretas malucas e que não acertou uma ainda, e o LIGGER vai parar de querer carregar a bola até dentro do gol adversário.

    No mais: BOECK “ainda” não foi testado de fato(salvo uma jogadinha aqui outra ali); TINGA e BRUNO conseguem chegar bem e fácil no fundo e até concluem bem maioria das jogadas, e isso já é dedo do CENI sem dúvida; UCHOA e PABLO ficam desfilando em campo por não ter o que fazer; ALÍPIO precisa de maior participação produtiva; e GUSTAVO… dizer o que ? a continuar assim vai quebrar todos os recordes de toda a história dos campeonatos Cearenses e até do Nordeste.

    PACHECO ME deu a impressão que vai brigar por vaga no TIME TITULAR, pela sua movimentação, garra, e quando precisou, fez bem o individual.

    LEÃO DE AÇO tá bem na fita e ACERTANDO detalhes mínimos, TENHO CERTEZA… estamos no caminho certo.

    GUSTAGOL tá na área… CUIDADO, e Ô Floresta véi marvado.

  • Antonio de Oliveira Sousa disse:

    Quem foi o patrão da bola? Bruno Melo. Acompanhei todos seus passos enquanto esteve em campo e não vi errar um domínio de bola, um passe, um lançamento, mesmo de um lado do campo para o outro lado onde estava o Tinga, e nenhum cruzamento.
    E por falar em cruzamento, alguem que o criticou dizendo que ele não sabia cruzar, deve mudar seus conceitos. Pois se observou seus cruzamentos ontem, deve ter notado que todos foram na medida.
    Tá encorpando.

  • XAVIER disse:

    Ontem foi um teste interessante para vermos a reação do time após tomar um gol no início do jogo. Os atletas não se abalaram em momento algum. Continuaram na mesma toada, tocando, pressionando, parecendo que ainda estava 0x0, até que o Jussani veio lá de trás e desferiu um verdadeiro petardo, só que de cabeça, para empatar o jogo, numa bela execução de escanteio feita pelo Natel (jogada ensaiada do Ceni, hein?). Isso é que foi o mais importante, o time não se abalou e construiu uma vitória com toda calma e categoria. O pessoal tá levando jeito! Já pensaram todo mundo em forma? Alan Mineiro (não é nem relacionado???), Pacheco, Edinho, Leonan, João Enrique. Ceni vai ter dor de cabeça para escalar só 11. Sobre o Bruno Melo, nota-se mais desenvoltura dele, está mais solto, com mais coragem de ir à linha de fundo. Deve por isso aprimorar os cruzamentos (treinar e treinar) e chutes pro gol. Ontem percebi evolução dele nesse aspecto. Logo no 1º minuto alçou uma bola açucarada para o Gustagol que cabeceou de peixinho rente ao poste direito. Bruno Melo, ao lado do Uchôa, é um dos que mais ficam com a bola, se melhorar mais e mais seus passes e lançamentos o time e a torcida penhoradamente lhe agradecerão. O garoto é bom de bola, sem dúvida, competindo ao treinador lapidá-lo e a ele absorver os ensinamentos e colocá-los em prática. ST.

  • Helio disse:

    BOM PROFESSOR E BONS ALUNOS
    O Rogério Ceni já deixa a sua marca. A gente percebe que os alunos procuram cumprir à risca o que o mestre ensina. Olhe, valeu a pena esperar oito anos para ver uma equipe tão bem encaminhada, as contratações foram boas e, sem dúvida, temos um dos maiores centroavantes do futebol brasileiro (Gustavo). Ao lado disso, como disse o Wilton Bezerra, o Fortaleza nem sem importou com o gol levado aos cinco minutos. Continuou a tocar a bola tranquilamente e ainda no primeiro tempo, já estava ganhando de 2 x 1. Isso é coisa de time grande e o Fortaleza resgatou essa condição. Glória a Deus! Que Ele continue abençoando o nosso tricolor.

  • Bradock disse:

    Saudações tricolores
    Segundo o Jussani as jogadas não foram ensaiadas/treinadas por questão de programa de treino, mas eles conversaram previamente a pedido do Ceni. O Igor tem que jogar na posição na qual ele se destacou no Atlético/GO (acredito que seja a posição do Pablo hoje) e o que me parece o Fortaleza tem muitas opções para o lado direito mas diminutas para o lado esquerdo. Nossa zaga tá bem pelo alto, mas por baixo e no mano a mano é notório a lentidão da dupla.

  • João Ximenes disse:

    Alguém saberia me informar o porque não consigo deixar meu comentário lá no Blog Futebol do Povo ?
    AQUI tem o PUBLICAR COMENTÁRIO que a gente clica e guarda, mas lá não.
    Lá só tem DEIXE UMA RESPOSTA que clico e é mesmo que nada.

    Valeu !!!!!

    Pufo… deixei.

  • antonio de oliveira sousa disse:

    Espero que o mito tenha percebido que não temos zaga e tambem que este tal Leonan é fraquíssimo.
    Já pensou se fosse o Bruno que tivesse cometido estas duas falhas nos dois gols que sofremos hoje? No primeiro, o adversário foi até a linha de fundo e o Leonan o acompanhou fazendo cosquinhas nas suas canelas. No segundo gol, a bola passou raspando nele, que ficou parado e a mesma traiu o goleiro. Espero tambem que o mito não queime o Edinho e o Weslei assim como parece que já está querendo queimar o Bruno. Pois o sacou no jogo passado, hoje já não colocou em campo. Será que o Leão falou a verdade? Time de empresário?

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *