Blog do Leão

Fortaleza 0x0 CSA – Tente outra vez

592 8

Ainda sem ritmo, o Leão esbarrou na retranca azulina. Foto: Julio Caesar ( O Povo)

 

 

Caros tricolores, ainda não foi dessa vez que o Leão conseguiu dobrar o Azulão. Sem vencer os alagoanos desde 2001, vamos ter que esperar pelos dois jogos da Série A para realizar nova tentativa, a não ser que ambos cheguem à final do Nordestão, única hipótese de repetir o confronto ainda nesta competição.

Mas vamos deixar de lado esse papo de tabu e falar do que realmente importa. Houve uma pequena evolução no quadro geral comparando com o que aconteceu contra o Náutico. O quesito físico ainda precisa, e vai, evoluir bastante. O entrosamento também melhorou, as jogadas ensaiadas não surtiram efeito por causa de erros individuais, fato que se justifica pela falta de ritmo de jogo.

O time azulino veio para buscar o pontinho do empate, tanto que a zaga formada por Roger Carvalho e o improvisado Derley não teve trabalho algum. O ferrolho construído por Marcelo Cabo foi deveras eficaz e não deu chances para nosso insistente, porém desordenado, ataque.

Enfim, foi um bom teste. Segundo jogo da temporada, jogadores pra estrear, outros ainda em negociação, cãibras aqui, cansaço acolá e assim a formação vai se ajustando.

Pensando friamente na competição, o ponto foi importante. Será decisivo se manter em primeiro, pois as quartas e as semifinais serão em jogo único na casa de quem tiver melhor campanha, enfrentando nessas duas fases seguintes os times que estavam no nosso mesmo grupo nesta primeira fase.

Próxima parada: João Pessoa!

Simbora, Leão!

 

8 Comentários

  • Barbosa disse:

    O Fortaleza faz tempestade em um copo d’água. Esse Csa, desentrosado, com jogadores muito menos qualificados que os do Leão de Aço, vem dentro de nossa casa e arranca dois pontos da gente.
    Imaginem quando vier time grande jogar aqui.
    Mas também, o Mito desmitou e tirou o Bruno Melo do time prá colocar aquela coisinha ruim no lugar dele.
    Acho que a Diretoria Tricolor só vai contratar um camisa 10 quando tiver na zona de rebaixamento. Ou então vai ter que gastar dinheiro “conver$ando” com juízes e diretores de outros times, feito um canal acolá para não rebaixar.
    Saudações Tricolores!
    Ou então

  • Carlos Cavalcante disse:

    Bom achei um jogo feio, claro que nesse momento não podemos avaliar muita coisa, temos pelo menos 3 jogadores a estrear ainda e acredito que deva melhorar.

    Agora, falta um camisa 10 titular para essa equipe e nem acredito que o Madson, mesmo estando em forma consiga fazer esse papel, pelo que me lembre de suas atuações.

    Saudações Tricolores!!

  • Daniel Rodrigues disse:

    Previsível.
    Pois o CSA joga tudo que pode e o que não pode quando enfrenta o Fortaleza Esporte Clube. Claro, que com um tremenda sorte.
    Entretanto, O Leão não jogou nem metade do que jogou contra o Náutico fora de casa.
    É bom para se ver os defeitos do time e botar os pés no chão, pois sabemos que o time precisa melhorar muito.
    Foi assim também no início do ano passado e, depois, deu tudo certo para o Leão do Pici, sendo Campeão Brasileiro.
    BOTO FÉ NO FORTALEZA!

  • FABIANO disse:

    O SANTIAGO ROMERO, O MARLON OU O GABRIEL DEVEM SER MELHOR QUE O PAULO ROBERTO E O MADSON QUE PERDEM MUITAS BOLAS E DISTRIBUEM PIOR AINDA.
    PELA ESQUERDA O BRUNO MELO É BEM MAIS EFICIENTE QUE O CARLINHOS. NO ATAQUE O JÚNIOR SANTOS NÃO ESTAVA INSPIRADO NEM O ÉDERSON.
    FAZ TEMPO QUE EU NÃO VIA O CASTELEÃO COM MENOS DE QUARENTA MIL TORCEDORES. MAS COM A PALHAÇADA DO CSA, O PREJUÍZO FICOU MESMO PARA O LEÃO DE AÇO, POIS A BILHETERIA, OS BARES E OS ESTACIONAMENTOS AGORA SÃO TUDO DE RESPONSABILIDADE TRICOLOR. AÍ MUDARAM O JOGO PRA SEGUNDA, ONDE A MAIORIA TRABALHA, ESTUDA OU NÃO QUER PEGAR ENGARRAFAMENTO.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • João Ximenes disse:

    LEÃO DE AÇO 0 x 0 Csa
    Boeck; Tinga, Derley, Roger Carvalho, Carlinhos; Paulo Roberto, Felipe, Marlon; Ederson, Júnior Santos, Edinho.

    Fora a entrada do DERLEY – improvisado de zagueiro, que não gosto de improviso no futebol -, o resto até que foi normal: CARLINHOS experimentado e reprovado no Bruno; EDINHO no Romarinho normal.
    LEMBREI do primeiro jogo contra o Náutico, principalmente no que diz respeito a entrada de 1 volante num zagueiro zagueiro(Patrick): “João Ximenes -16 de janeiro de 2019 às 10:35 – bater cabeça em alguns lances é a mistura da FALTA DE RITMO de jogo e de ENTROSAMENTO. SISTEMA DEFENSIVO TÁ DO MESMO JEITO DO 18, Capengando: zagueiros desentrosados e as vezes rodopiando, tentando achar posicionamento; laterais e volantes precisam acertar o posicionamento: Roger lento enquanto que Patrick ME deixou PREOCUPADO.”

    Parece, Ceni teve a mesma visão que TIVE quanto ao zagueiro Patrick. Porque DERLEY(volante) num Patrick(zagueiro zagueiro)… é ou não é PREOCUPANTE ?

    OPINIÃO: não que Derley tenha ido mal, pois não comprometeu. Mas é volante pegador. E volante pegador de zagueiro é sempre um risco(cortou umas duas jogadas como volante que juiz foi camarada). Além do fato de ele, no jogo em alguns momentos, abaixou a cabeça e acabou jogando de volante, meia, ponta; Carlinhos muito encabulado e sua entrada só serviu pra deixar dúvidas quanto o seu aproveitamento(claro que é cedo ainda, mas, impressão é sempre uma impressão); Edinho é aquilo mesmo. Jogador de velocidade que parte pra cima. Precisa de mais ritmo de jogo.

    Pra não ser injusto INDIVIDUALMENTE, diria que Csa contribuiu, E MUITO, pro baixo desempenho da equipe num todo, quando fincou-se atrás o tempo todo. É MUITA GENTE PRA UMA BANDA DE CAMPO DE JOGO.

    Ainda assim, LEÃO DE AÇO com EDERSON, JÚNIOR SANTOS e EDINHO, conseguiram se movimentar e trocar posições em alguns momentos da partida em velocidade que chegaram a confundir a marcação deles.

    Se Carlinhos e Tinga pelos lados tivessem tido maior participação, com certeza teriam conseguido melhor resultado.
    Ai, além de ser segundo jogo oficial, LEÃO DE AÇO mostrou que precisa TRABALHAR MUITO AINDA pra quando encontrar equipes fechadas dessa forma, ter RECURSOS pra furar o bloqueio.

    Fato é que CENI precisa “butar” MADSON em forma o MAIS RÁPIDO POSSÍVEL que é pra ter mais um homem de chegada de trás pra FURAR BLOQUEIOS desse tipo.

    Fato II: BRUNO tem vaga nesse time, e DIEGO FERREIRA(ld) poderia muito bem ter entrado nessa experiência de ontem do Ceni no Tinga(Tinga foi foi capitão).

    0x0; LIDERANÇA; SEGUNDO JOGO… tá tão ruin não. MAS…
    – 1 zagueiro zagueiro no improvisado(Derley); volta do Bruno na esquerda; entrada do Diego Ferreira na outra lateral; e diminuição no BUCHO do Madson, podem dar uma melhor ALTERNATIVA pra equipe nesse início.

    Fosse EU o Ceni: Felipe Alves, Diego Ferreira, Quinteiro, Roger Carvalho, Bruno; Felipe, Marlon, Madson; Éderson, Edinho, Júnior Santos, o mais rápido possível que é pra ir ganhando corpo de equipe e/ou até aparecer melhor formação com o decorrer dos jogos. Afinal, sabemos que… Azona NÉ brincadeira não.

    É SÓ O COMEÇO, MAS…

    CADÊ o resto mesmo em ?
    – 3 zagueiros(1 destro 2 canhotos); 3 meias(1 destro 2 canhotos); um 9, 9 dá pra esperar um pouco. MAS, é bom ficar esperto desde já, pois vai acabar precisando de fato.

    PRESTENÇÃO !!!!!

  • Sérgio Filho disse:

    Já podemos perceber claramente que ainda estamos longe de um time de futebol minimamente aceitável. Quando o melhor jogador da partida é um zagueiro (que nem zagueiro é de ofício, é volante) e ainda se destaca muito mais pela raça do que pelo exercício da função e posição em si, se enxerga com toda a clareza que ainda falta muito a se moldar.

    Percebi que ainda precisamos de uma dupla de zaga autêntica e boa na saída de jogo, de dois laterais que saibam cruzar e recompor, de um meia cerebral para municiar o ataque, e de um atacante ao estilo “matador”, como era o Gustavo, por exemplo.

    Enfrentamos um time (CSA), que veio aqui apenas para não perder, que em momento algum do jogo ofereceu perigo nem mostrou disposição para atacar, e só não nos complicamos pela fragilidade notória do adversário. O que o Fortaleza abusou de chuveirinho e chutes de fora da área (quando não eram sem direção, eram fracos, daqueles que não quebravam nem uma chegadinha) foi brincadeira.

    É realmente inacreditável que um time que vai disputar a Série A, tenha em seu elenco jogadores como Tinga e Marlon. O primeiro erra tudo que tenta, enquanto o segundo só confirma minha tese de que está na profissão errada, pois só faz correr. Toda bola que chega no pé do Marlon, ele consegue matar a jogada.

    Enquanto isso, nosso rival já tem uma dupla de zaga, dois laterais e um meio campo de bom nível técnico, com opções para todos os setores. Nós, por outro lado, estamos no período de estágio, isto é, fazendo testes, onde algumas peças demonstram claramente que não eram nem para compor elenco.

    Enfim, precisa de muita coisa. Espero que a diretoria entenda bem o que viu ontem em campo, pois como a meta é montar um time desde o início para a Série A (palavras dos próprios diretores), ainda estamos muito mais para um time de Série B do para uma equipe de Série A.

    Mesmo que seja o começo (alguns usam eternamente a expressão pré-temporada), não deixou de ser bem preocupante.

    Saudações Vermelhas, Azuis e Brancas !!!

  • Rogério disse:

    Essa CN nada mais tem de brilho. Vamos aproveitá-la junto com o cearense 2019 para montarmos o time pro brasileirão, esse sim é o foco. O que vier antes disso é lucro.

  • Daniel Rodrigues disse:

    Já disseram e eu assino em baixo:
    O Marcelo Paz está esperando o Tricolor de Aço do Pici se estabelecer na zona de rebaixamento para contratar um camisa 10 e o Édson Cariús.
    Quanto ao Marcelo Boeck, he he he he he…..já era! Têm penas por todos os lados.
    Vergonha, capitão.
    ATITUDE, LEÃO!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *