Blog do Leão

CSA 0X2 Fortaleza – Tabu? se é se há, não mais

470 17

 

 

A infalível Lei do Ex funcionou em Maceió e Edinho ajudou na vitória tricolor. Foto:Thalita Chargel – Agência Estado

 

Caros tricolores, na primeira partida depois da brilhante passagem do Rogério, o Leão voltou a vencer na Série A. A vitória em Maceió quebrou um tabu de muitos anos, mas poucos jogos, que o time azulino mantinha.

Com a mesma equipe titular treinada por toda semana, o técnico interino Marcone Montenegro manteve também o padrão de jogo já acostumado por todos e trouxe os importantes três pontos. Bruno Melo que jogou na vaga do suspenso Carlinhos abriu o placar e e agora é artilheiro de três Séries. Com a vantagem no placar, o time parecia que sofria uma falsa pressão adversária, mas o segundo gol do Edinho tanto cumpriu a famosa lei do ex, quanto esfriou o ímpeto do time alagoano que baixou a guarda resignadamente.

Felipe Alves; Gabriel, Quintero, R. Carvalho e Bruno Melo; Juninho e Felipe; Edinho (Osvaldo), Vazquez (Marlon) e Romarinho (André Luis); Wellington Paulista. Com essa formação e substituições o Leão fechou a 14a rodada dentro da zona de classificação à Sulamericana. Lembrando que destas 14 rodadas atuamos em oito delas como visitante e somente em 6 como mandante.

Há também um outro importante benefício nesse triunfo nas Alagoas. A tranquilidade que o novo comandante Zé Ricardo terá na semana para conhecer o elenco e se preparar pra encarar o Inter no sábado.

E mais: é bom já começarmos a criar nossos momentos e motivos pra nem ter saudade. Arrocha, Leão!

 

17 Comentários

  • Sérgio Filho disse:

    Achei o jogo fraco tecnicamente, em especial no primeiro tempo. No segundo tempo, com a vantagem no placar e com o péssimo time do CSA indo todo ao ataque, os espaços apareceram e controlamos o jogo sem sustos, apenas esperando pelo apito final. Gostei do Bruno Melo, que marcou bem melhor que a avenida Carlinhos; Gostei do Mariano Vazquez, que provou que pode ajudar muito, além da ótima partida do Juninho, que desfilou em campo, principalmente no segundo tempo. A torcida do rival dizia que ele é sedex, que gosta de entregar gols aos adversários. Eu confirmo essa tese, só que ele entrega gols ao nosso time. Todo jogo dando uma assistência, está mais do que de bom tamanho.

    Em relação ao Rogério Ceni, seguinte: Reconheço e agradeço pelos títulos e pelo legado que ele deixou, especialmente na evolução estrutural do clube, que só vai crescer cada vez mais. No entanto, nada nem ninguém é para sempre. Jogadores, treinadores e dirigentes passam. Aliás, até nós, torcedores, também passamos, pois um dia todos iremos morrer, mas o clube ficará eternamente, pelo menos enquanto o mundo existir.

    Falando da saída dele, pra mim não fede nem cheira. Acredito que teve atrito nos bastidores, e pelo que vejo nas palavras dele e do presidente, a sensação que fico é que a relação de ambos já estava se desgastando. Acho Ceni inteligente, estudioso e com um desejo insaciável de sempre buscar vitórias e títulos, mas sempre o achei, juntamente com isso, teimoso, arrogante e um autêntico transferidor de responsabilidade, pois sempre terceirizava a culpa, dizendo a seguinte coisa, mas de forma indireta: “Eu ganho, nós empatamos e eles (no caso, os jogadores) perdem.” Isso me lembra muito o ex-jogador, treinador e atual comentarista, Emerson Leão. Sem contar que ele sempre gostou de chorar nas coletivas pós jogo, inferiorizando o Fortaleza e elevando em demasia o time adversário, além de ficar expondo o clube de forma desnecessária, quando os assuntos nos quais ele fazia questão de comentar deveriam ser tratados de forma interna, entre diretoria e comissão técnica.

    Para mim, ficam as boas lembranças dos títulos e das vitórias marcantes, mas também um certo repúdio pelas inúmeras vezes em que ele inferiorizou nosso clube na frente do Brasil inteiro. Ele pode até ter sido o maior treinador que passou pelo Fortaleza, quiçá de todos os tempos do futebol cearense, mas nada nem ninguém, repito, nada nem ninguém está acima da instituição.

    Obrigado e até um dia, Rogério Ceni. Porém, o Fortaleza já existia e continuará existindo sem você!

    Saudações Vermelhas, Azuis e Brancas !!!

  • Carlos Cavalcante disse:

    Importante vitória contra um adversário direto, ainda mais quando o time jogou sobre o impacto da saída do RC, os jogadores ao meu ver, por causa desse episódio, reagiram muito bem pelo pouco tempo que tinham entre a notícia e o jogo.

    Tecnicamente tb concordo com o colega Sérgio, foi fraco mesmo. O CSA a meu ver é o favorito ao rebaixamento, até mais que o Avaí e Chape. Ataque ruim, sem armação de jogo, defesa frágil e um técnico apenas esforçado, quem perder pontos para CSA, pelo que vi ontem, vai ser penalizado severamente.

    Quanto ao RC, já é página virada. Ninguém aqui pode negar no salto de qualidade que demos com ele no comando, não falo só de conquistas, mas especialmente no Centro de Excelência.

    Agora nós torcedores, estávamos também chateados com suas recentes declarações, seja pelo esquema de jogo já manjado, seja reclamando da alimentação, reclamando da estrutura, da falta de jogadores. Isso é expor o clube para alvo de chacota e também até prejudica futuras contratações de jogadores e técnicos. Já havia notado esse comportamento dele (até arrogante em algumas ocasiões) desde o ano passado, onde declarava que a nossa folha é baixa, que o clube passou muito tempo na 3ª, ora ele já sabia disso tudo antes de assumir.

    Agora no Cruzeiro (milionário, mas que tb não paga), ele vai ter estrutura de seleção, alimentação e jogadores, esperem que, as desculpas por maus resultados agora vão mudar.

    Analisando tudo isso, esquema de jogo manjado, desgaste com as declarações em relação ao clube, acho que o momento de saída dele não foi de todo mal, espero que o Zé mantenha a média de mais 50% de aproveitamento que teve nos clubes anteriores, aí vamos continuar na série A sem problemas.

    ST.

  • João Ximenes disse:

    Felipe Alves; Gabriel, Quintero, R. Carvalho e Bruno Melo; Juninho e Felipe; Edinho (Osvaldo), Vazquez (Marlon) e Romarinho (André Luis); Wellington Paulista. Téc: Marcone Montenegro.

    O que MUDOU aí ?: 1 MEIA meia, VASQUES e o técnico MARCONE MONTENEGRO.

    E mudou alguma coisa ?: do 4-2-4 suicida prum 4-3-3, entrando 1 MEIA meia QUE MAIS CISCOU que propriamente jogou. Nitidamente fora de ritmo dos demais, Vasques FICOU DEVENDO. Pode ser que com uma sequência dê a resposta que todos os TRICOLORES esperam. MAIS UM MEIA também canhoto presidente. De bolas longas Vasques parece ser bom.

    Por outro lado, incrível como mudou pra pior esse Csa dos últimos jogos pra ontem, quando ANTES, engrossava o pescoço pro LEÃO de Aço que mais parecia um carma. Sei lá quantos anos LEÃO de Aço não os vencia.
    MAS, no apertar dos ovos, LEÃO de Aço foi lá, JOGOU O JOGO, principalmente no segundo tempo quando segurou e deu o ritmo que quis a partida, e os 2×0 foi muito justo no final.

    Situações se REPETIRAM ainda nesse jogo como por exemplo: FELIPE LUIS querer participar muito do jogo com os pés. Teve até drible dentro da pequena área no Alexsandro de arrepiar; FELIPE querer entregar o seu gol; pouca CRIATIVIDADE no meio campo e com muito toque de lado e pra trás.

    ZÉ(Ricardo) vai ter trabalho com essa parte porque é uma coisa que ficou EMBRENHADA no DNA da equipe no que diz respeito a seu coletivo.
    Menos mal que desta vez ENTREGARAM de bandeja um gol pro EDINHO. Coisa difícil de ser visto nesse Csa de antes. Não a toa tá na rabeira da tabela e de lá pra sair vai penar um bocado.

    LEÃO de Aço começou meio que “acabrunhado”. Afinal era o Csa que sei lá quanto tempo não conseguia vencer.
    LEÃO de Aço aos poucos foi se encontrando na partida, quase EQUILIBRA a posse de bola no primeiro tempo, e do quase, foi quem conseguiu meter os gols(Bruno Melo/Edinho).

    BRUNO MELO aliás, parece não sentiu o tempo que não entrava. Manteve o fôlego até o final e ainda conseguiu marcar um GOL com a sua cara: bola levantada na área; primeiro pau; antecipação; desvio e pimba. Já andou fazendo outros xerox desse. Além de ter entrado bem no jogo devido também aos espaços encontrados pelo seu lado pra atacar e menos perturbação pra ficar marcando. MANDOU BEM O BRUNO.
    Outro estreante da noite – VASQUES, ciscou mais que jogou, mas deve-se dar um tempo pra ele pois esteve nitidamente fora de compasso(ritmo de jogo) dos demais que já vêem jogando juntos desde o início da temporada. VAI TER DE MELHORAR UM BOCADO.

    E MARCONE MONTENEGRO a borda de campo, o que dizer: Fez as trocas do 6 por MEIA DÚZIA mais explicitas que VI nos últimos anos no futebol – até mesmo na condição física dos atletas -, mas que foram suficientes pra repor as energias da equipe. Foi bem o Marcone Montenegro. Até porque não seria nada aconselhável tá fugindo muito do que vinha sendo feito antes. Só a saída do 4-2-4 suicida já VALEU O BOI.
    # SUBSTITUIÇÕES: Marlon sem ritmo entrou no Vasques, outro com menos ritmo ainda; Oswaldo, meia boca, no Edinho outro meia boca; André Luis, rápido, entrou noutro rápido, Romarinho, apesar de ter pego pouco na bola.

    É:
    Felipe Alves; Gabriel, Quintero, Roger, Bruno; Juninho, Felipe, Vasques(Marlon); Edinho (Osvaldo), Romarinho(André Luis); Wellington Paulista. Téc: Marcone Montenegro.

    Pra agora, com um verdadeiro ESQUEMA DE JOGAR; Marcone Montenegro estréando a beira do campo no profissional; um adversário casca grossa nos últimos jogos e anos; acoplado a + 3 pontos na tabela(12º) se afastando mais ainda da zona maldita; quebra de castanha de tabu… PODE SE DIZER QUE FOI UM GRANDE JOGO.

    OBSERVAÇÃO: ZÉ(Ricardo) vai ter de trabalhar muito pra conseguir tirar esse “SESTO” dos jogadores de tá recuando a bola o tempo todo. É incrível como, quando se movimentam pra receber a jogada, os caras já vão aprumando o corpo pra recuar ou tocar de lado.
    É quase igual aquele “sesto” que tem o jogador quando de uma entrevista: PASSA O TEMPO TODO ENROLANDO O CABELO OU COÇANDO ORELHA, NARIZ.
    E/ou ainda do Espanhol RAFAEL NADAL(do tênis) que tem uma sequência quando vai sacar: cueca por trás; nariz, orelhas, manga da camisa. E quando vai receber o saque acrescenta usóvo. IMPRESSIONANTE.

    12º com 17 pontos na tabela; 6 a frente do primeiro da zona maldita(Cruzeiro do Ceni); dentro da faixa Sul-Americana; 7 pontos pra Pré-Libertadores e 10 pra própria; tabu quebrado a castanha… DE MOMENTO TÁ BOM POR DEMAIS faltando 5 rodadas pro final da primeira volta.

    Agora vem aí o Internacional no CASTELÃO, 8º com 21 pontos, que é outro time que joga com o meio campo lotado(4-5-1): último jogo – Rithely(v), Nonato(v), Patrick(m), Sarrafiore(m), D’Alessandro(m).
    – 8º: 6 vitórias(Flamengo, Cruzeiro, Csa, Avaí, Bahia, Eles LÁ-os daqui); 3 empate(Santos, Grêmio, Corinthians); 5 derrotas(Chapecoense, Palmeiras, Vasco, Athlético-PR, Fluminense).

    PRA DENTRO DELES LEÃO !!!!!

  • Rogério disse:

    Cansa, ler o João Ximenes. Guá !

    • João Ximenes disse:

      ROGÉRIO,
      VOU nem escrever muita coisa pra tú não ser obrigado a ler de novo !

      Pergunto-te: MAS DEU PRA ENTENDER ?
      Se não vai ficar sem entender mesmo, porque tentar te explicar vai o triplo do que já foi escrito.

      SUGESTÃO: Pula a página.
      Guá(?)… é égua ?
      Mai tú é um égua mesmo em bicho.
      Esquece que leu o que escrevi e vamo pro Castelão no sábado.

      Valeu.

  • João Ximenes disse:

    ZÉ RICARDO em detalhes:

    – “Lógico que existem variações e gosto de trabalhar em cima do adversário. O futebol atual exige que você prevaleça em cima do adversário, e há variações que podem ocorrer. Gosto do 4-3-3, mas podemos usar outras variações dependendo do adversário”.

    – “Acho que minha escolha para substituir o Rogério passa por isso, pela continuidade. O torcedor não vai ver tanta diferença, também gosto do jogo ofensivo. Gosto de equipe com protagonismo dentro de campo, que busque o gol. É uma característica do futebol brasileiro. Gosto do 4-3-3. Foi um sistema que utilizei nas categorias de base do Flamengo e gosto de utilizar”.

    – “Tenho o sentimento de que é a oportunidade da minha vida e tento passar isso para os atletas. Vamos tratar cada jogo como ele merece e buscar vitórias dentro de casa. Isso dá confiança para o time e para os torcedores. Acho que estou no lugar certo. O clube vem mostrando uma organização muito grande. O presidente me falou ‘a gente olha para trás e vê que fez muita coisa, mas olhas para frente e vê quem tem muito para fazer’. Quero fazer parte disso. Agradeço a oportunidade e vou me dedicar bastante.”

    EU:
    Como é bom ouvir isso !
    Destravou aquela imagem que EU tinha do campo de jogo, quando via LEÃO de Aço jogando TRAVADO, sem ALTERNÃNCIA, MAIS CORRENDO ATRÁS DA MARCAÇÃO que tentando de fato chegar as vitórias. Claro que TENTAVA. Afinal de contas ninguém entra num jogo pra perder.
    Problema é que o ENGESSADO “STILLO” suicida que a equipe vinha jogando, TAVA mais que EVIDENTE pros adversários que já vinham sabendo, como que tinham de jogar.
    Eles LÁ(os daqui) foi o melhor exemplo disso quando não tinham ganho nada da gente esta temporada, e quando foi pro embate, APERTOU, jogou LEÃO de Aço nas cordas e, finalmente, conseguiram o que tavam atrás(uma vitória).

    ZÉ(Ricardo) chegou, GOSTO do trabalho dele porque ele trabalha a sua equipe internamente na forma de jogar; adequa a mesma dependendo da forma de jogar de cada adversário; IGUALA AS AÇÕES no jogo em número de jogadores por setores, e isso se chama E Q U I L Í B R I O.
    # adversário tem 5 no meio… meto 5 também; tem 1 meto 2; tem 2 meto 3 e por aí vai, que é totalmente contrário ao que vinha acontecendo.

    VAI DÁ CERTO !

  • João Ximenes disse:

    TÔ curioso pra saber quem vai sair mais “AZUNHADO” nesses últimos 5 jogos dos jogos de IDA, já que a diferença entre ambos é de 3 pontos na tabela de classificação.

    LEÃO de Aço, 17 pontos(12º):
    Internacional(c) / Santos(f) / Goiás e Fluminense(c) / Bahia(f);

    Eles LÁ(os daqui), 20 pontos(9º):
    São Paulo(f) / Flamengo(c) / Athético-PR e Corinthians(f) / Botafogo(c).

    LEMBRANDO que essa sequência de CONFRONTOS é o mesmo ao final das últimas rodadas de DEFINIÇÃO na Azona, que DEFINE quem FICA ou IMBIOCA, e é bom que se VIREM BEM já a partir daqui.
    OU SEJA: quem chegar precisando de mais VAI IMBIOCAR.

    SE LIGA gente bôa !!!!!

  • Lucas Leão disse:

    BEM-VINDO ZÉ RICARDO!
    A Vitória do Fortaleza sobre o csa deu uma gordurinha boa de 6 pontos para a zona de rebaixamento, com uma diferença ainda de 3 vitórias a mais do Leão do Pici sobre o cruzeiro, que é o 1° time da terrível zona.
    Com o Zé Ricardo no comando Tricolor teremos uma defesa mais compactada, com mais cobertura e um meio de campo mais sólido. Não esquecendo do ataque pelas pontas, que é o nosso forte, Fortaleza!
    Queremos subir na tabela para almejarmos mais glórias!
    VAMOS LÁ, ZÉ RICARDO, A MAIOR E MAIS FIEL GALERA DO ESTADO ESTÁ DO SEU LADO!
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Barbosa disse:

    Leão de Aço 2 a 0 no CSA fora de casa, foi bom demais. Apesar de não ser um time muito forte, o clube alagoano era uma pedra no sapato do Fortaleza desde a Série C.
    Se o Ceni roeu a corda, tudo bem, ele ajudou um pouco na estrutura do CT n°1 do Leao de Aço, onde fica a sede do Fortaleza, mas o clube já tinha o CT n°2 de Maracanaú. Mas não foi só o Ceni que incrementou o Leão, foi sim, também sua enorme torcida. Por sinal a maior do estado, talvez do Nordeste.
    Agora temos novo Mito: José Ricardo, ou apenas Zé Ricardo.
    Somos gratos pelas conquistas do Fortaleza durante o “período mitológico”, mas agora o antigo mito tava muito arrogante e teimoso, a ponto de jogar sempre com dois simples volantes contra times que têm vários jogadores no meio de campo. E o pior, todos sabiam a nossa escalação e ele não mudava, reclamando da folha salarial do Leão, o pior é que é considerada alta, pois é de 3 milhões e 400 mil Reais, a 15a do Brasil, ultrapassando o Kanal imundo.
    Todo os meses entra 5 milhões nos cofres do Leão, incluindo aí a soma da arrecadação do maior número de soócios-torcedores adimplentes do Nordeste, os do Leão de Aço. Mas pra mantermos tudo isso serão necessárias vitórias e mais vitórias.
    Boto fé no Zé Ricardo!
    Saudações Tricolores.

  • carlos disse:

    Será que as galinhas vão criar dente e o presidente não vai contratar um zagueiro?o Sérgio papelim não conhece o Luiz Otávio do Botafogo SP, que teve uma fase boa na luverdense e na chapecoense?

  • João Ximenes disse:

    + ZÉ(Ricardo):

    – “É muito precoce falar em mudanças agora. Não seria inteligente da minha parte fazer qualquer mudança radical. Já conversei com Marconne Montenegro, que dirigiu a equipe. Vamos estudar direitinho”.
    ZÉ RICARDO

    # Time que vem treinando pra esse jogo contra Internacional amanhã: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Roger Carvalho, Carlinhos; Felipe, Juninho, Mariano Vázquez; Edinho, Wellington Paulista, Romarinho.

    EU:
    Tá certo o ZÉ(Ricardo) !
    BASE é sempre uma base e deve ser CONSIDERADA. E essa formação foi a mesma que começou contra o Csa – exceto Carlinhos entrando no Bruno – onde a equipe “quebrou-le” a castanha que já durava mais de década.
    Último jogo(Csa 0x2), LEÃO de Aço já tinha fugido do “STYLLO” suicida(4-2-4); entrou num 4-3-3; EQUILIBROU a equipe apesar de não tá vindo jogando dessa forma; e esse equilíbrio, em primeiro momento deve ser usado como BASE até se encontrar em definitivo um SISTEMA DE JOGAR de verdade.

    E que esse “novo sistema de jogar” seja no mínimo similar das outras 19 equipes, que é pra tentar MANTER O EQUILÍBRIO dentro dos jogos. Equipes jogam, sem exceção, num 4-3-3 / 4-4-2 / 4-1-4-1 e até 4-5-1.
    São muitos jogadores pelo meio campo contra um LEÃO de Aço, “antes”, somente com 2 que não marcavam(4-2-4).

    OBSERVAÇÃO certeira no VASQUEZ !
    É MEIA; canhoto; movimentou-se bastante no jogo contra o Csa sem a bola e não tem uma boa recomposição; além de CISCOU mais que criou algo.
    ME pareceu que ele é muito bom nas bolas longas, quando nos poucos minutos que esteve no jogo contra Eles LÁ(os daqui), encontrou CARLINHOS dentro da área, que quase consegue “butar” pra dentro.

    Ó !!!!!

  • XAVIER disse:

    Bela vitória que chegou na hora certa. Bom toque de bola, envolvente, que deixou todo o time do CSA igual a barata tonta, sem saber o que fazer. Juninho o craque do jogo, não errando um passe. Bota a bola aonde quer. Sugestão para o Juninho: nas faltas a meia distância, bater no gol, direto, na base da cacetada, porque se o goleiro der rebote, o WP9 estará lá para conferir. É uma jogada muito mais útil do que “chuveirar” para os atacantes WP9 e André Luís que não são altos e normalmente perdem para os zagueirões truculentos nas bolas alçadas. Manter a mesma escalação contra o Inter seria uma boa e o Zéricardo já disse que pra esse jogo fará mínimas ou nenhuma alteração na equipe que bailou em Maceió. ST

  • João Ximenes disse:

    Não SOU de tá INDICANDO jogador, até porque isso é TAREFA de quem faz o FUTEBOL no Picí, mas, não dá pra passar batido, depois de 2 jogos que tive oportunidade de ver esse jogador.

    PAULINHO BOIA, camisa 11 do São Bento de Sorocaba que disputa a Bzona.

    Esse jogador, pode até ME enganar porque futebol é futebol. Mas num futebol que INVESTE através de DVD, pelo que vi AO VIVO em 2 oportunidades, ele MERECE tá jogando uma Azona, e seria um bom INVESTIMENTO “pragora” e pro futuro.

    Pega essa GRANA da multa da saída do Ceni, sonda o valor da multa dele na “SURDINA” e COMPRA logo de vez.
    Qualquer DIFICULDADE, pede socorro ao CENI pois o garoto “tem só 20 anos”, é do São Paulo e está emprestado ao São Bento.
    Sabe lá se ele(Ceni) não dá mais essa força !

    Guardadas as proporções e posições, ele é do nível do ANTONY, outra fera e TITULARÍSSIMO do CUCA na Azona.
    # Antony dá o ritmo pois é mais MEIA chegando, enquanto que Paulinho a velocidade pois já joga mais adiantado.

    COMPRAR DE VEZ{…} se dé.

  • carlos disse:

    Até aonde vai a irresponsabilidade desse presidente do fortaleza que não sabe que esse Roger carvalho, não é jogador pra ser titular, do fortaleza e ele não contra um zagueiro de vergonha.

  • Yuri Guimarães disse:

    O Fortaleza perdeu bestamente para o misto do Internacional por 1 a 0, por falta de um centroavante e de um zagueiro.
    Centroavante, porque o Wellington Paulista é apenas um turista e na zaga porque o péssimo Roger Carvalho sempre falha e entrega o jogo pro adversário.
    Fazer o que? esperar um treinador milagroso, porque, enquanto tiver Roger Carvalho, Felipe, Tinga, Wellington Paulista e Juninho como titulares, o Leão do Pici se lasca todinho.
    NÃO QUERO VOLTAR PARA A SÉRIE B.
    Todo mês sobra R$1.500,000,00 nos cofres do Fortaleza Esporte Clube, um milhão e meio da pra contratar alguém que preste.
    DESILUDIDO!

  • carlos disse:

    Sera que o presidente, o papelim e o diretor de futebol nunca acompanharam o Roger carvalho no atlético goianiense, foi rebaixado com o time de Goiás, isso ele não ver e é porque ele falou que acompanhava o futebol europeu, sobretudo o inglês, avisem ao presidente que deixe de olhar pra casa do vizinho, e pelo menos olhe para o fortaleza, porque senão a vaca vai pro brejo.

  • FABIANO disse:

    CADÊ IS HOMENS DO FORTALEZA ESPORTE CLUBE?
    O TIME TÁ SEM RAÇA E SEM VONTADE DE VENCER.
    O TIME TIDO TÁ UMAS MARIQUINHAS E O ROGER CARVALHO É A PUTA PRINCIPAL. DE RUIM QUE É.
    LEÂO DE AÇO BRIGANDO PERTO DA ZONA, ENQUANTO O KANAL , NOSSO VICE, FEDORENTO BRIGANDO NA PARTE DE CIMA DA TABELA.
    O ZÉ RICARDO AINDA NÃO MELHOROU NADA A EQUIPE TRICOLOR.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *