Blog do Leão

Athlético 2×1 Fortaleza – Cochilo sintético

63 6

Leão toma dois gols no início e perde em Curitiba. Foto: Robson Mafra/AGIF

 

Caros tricolores, o Leão foi a Curitiba e conheceu sua segunda derrota na Série A. Com um início de jogo irreconhecível, o time comandado por Vojvoda parecia que tava naquela soneca pós almoço. Praticamente tomamos um gol no aquecimento e outro cantando o hino.

Lutar contra um placar de dois gols construído antes dos 10 minutos de jogo é um cenário dificilmente imaginado e treinado. Se a gente for analisar o jogo como um todo, veremos até que foi uma boa partida do Tricolor de Aço, mas não podemos deixar de concordar que os gols tomados fazem parte da atuação, independente do momento em que estes aconteceram dentro dos 90 minutos.

Começar a partida sem David e Éderson chamou a atenção de muitos torcedores e, claro, pode ter influenciado na construção do placar relâmpago. Mas também reconhecemos que ambos têm corrido bastante durante as partidas em que participaram recentemente, e que o departamento de fisiologia deve ter orientado a comissão técnica para evitar uma possível contusão muscular dos referidos atletas.

Enfim, foi um baita jogo de futebol com o placar definido nos primeiros minutos, infelizmente. Mas a postura e a atuação tricolor no decorrer da partida, principalmente no segundo tempo, deixa o torcedor ainda esperançoso de que o time está se tornando a cada rodada mais robusto taticamente e que isto pode se transformar em pontos na tábua de classificação, que é o que verdadeiramente importa.

Teremos agora dois jogos seguidos em casa. Pra cima, Leão!

 

6 Comentários

  • carlos disse:

    O presidente do Fortaleza vai virar piada internacional, será que os torcedores do Fortaleza vão aceitar, o time virar chacota, será que isso é normal ou torcida vai aceitar esse tipo de presidente que vive no mundo da lua?

  • carlos disse:

    Agora vai podolski, vem aí meus amigos aonde esse presidente tá com a cabeça?

  • João Ximenes disse:

    Azona JOGO 9:

    Athlético-PR(1º) 2×1 LEÃO DE AÇO(5º)

    3-5-2: Felipe Alves; Tinga, Beneveduto, Titi; Felipe(Luiz Henrique), Ronald(Éderson), Pikachu, Crispin; Matheus Vargas(Romarinho), Oswaldo(David), Robson(Igor Torres-gol). Técnico Juan Pablo Vojvoda.

    LEÃO DE AÇO começou DESLIGADO e perdeu o jogo em 12 minutos.

    Depois equilibrou, e teria sido JOGO mais PARELHO do que foi, não fossem os 15 primeiros minutos, onde LEÃO DE AÇO levou 2 gols e uma bola no travessão que por pouco não virara um terceiro.
    Jogadores pareciam “nervosos” e ficaram sim, ATORDOADOS com o Athlético que começou a 1.000.
    # correr atrás pra tirar um placar de 2×0 que conseguiu levar logo de cara; levando pressão; fora de casa; grama sintética; contra equipe, hoje, líder; era tarefa muito difícil(por pouco não consegue).

    Já PERCEBI que quando LEÃO DE AÇO sofre pressão – coisa que faz muito bem e é o seu jogo -, demora demais pra entender a partida.
    # mais um trabalho a ser feito pelo Vojvoda: CONCENTRAÇÃO.

    Fosse contar chances(não adianta se não butar bola pra dentro); posse de bola(que não ganha jogo); vontade de vencer(correndo arás do placar tem de ter vontade dobrada); LEÃO DE AÇO “mereceria” melhor sorte.
    # futebol não tem merecimento. Tem COMPETÊNCIA.

    Pra MIM, foi mais uma boa partida do LEÃO DE AÇO, que não fosse o placar final(até certo ponto normal), DIRIA que foi e vai ser um dos melhores jogos dessa Azona.

    TEM DE TRABALHAR CADA VEZ MAIS AINDA FOCADO pra algumas situações de jogo em que LEÃO já deixou a desejar:

    1. Contra Flamengo… entregou maioria das bolas;
    2. Contra Grêmio… perdeu chances a rôdo;
    3. Trabalhar pra quando pegar equipes fechadas… ainda tem umas 4 ou 5 pela frente;
    4. E agora contra Athlético-PR… CONCENTRAÇÃO.

    Continuo achando que LEÃO DE AÇO nessa temporada tá em outro nível de bola, e ACREDITO vai brigar com equipes mais da parte de cima(do 6º ao 8º), e/ou até mesmo em cima, principalmente quando chegarem os REFORÇOS, e quando parar de oscilar demais dentro das partidas.

    # não vai ser uma derrota, e fora de casa, que vai mudar MINHA OPINIÃO.
    ## tem momentos(raros) que parece a equipe se desliga. Caso desse jogo.
    ### equipe nenhuma no mundo ganha, empata e/ou perde todas. Tudo tem seu tempo.

    Azona: 9 jogos; 4 vitórias, 3 empate, 2as derrotas = 4ª colocação, no que deixa LEÃO DE AÇO ainda na briga por coisa grande na competição.

    LEÃO DE AÇO tem DOIS JOGOS em casa(América, Corinthians) e vai ter de por em prática aquilo que falo sempre: JOGO EM CASA, TEM DE ALISAR NÃO. É METER A CHIBA.
    # chance em dobro pra permanecer no G-4.

    Agora a vez é do América-MG(15º), castelão, que nessa rodada venceu o Santos em casa-estádio Independência(2×0).
    # é um time “imprevisível” que ninguém sabe o que esperar dele. O que vai exigir do LEÃO DE AÇO concentração desde o apito inicial.

    – América-MG joga num 4-3-3: Matheus Cavichioli; Eduardo, Eduardo Bauermann, Anderson Jesus, João Paulo; Zé Ricardo(Ramon), Juninho Valoura, Marcelo Toscano(Juninho); Felipe Azevedo(Alan Russhel), Ribamar(Carlos Alberto), Rodolfo José(Geovane). Técnico Wagner Mancini.

    Esse jogo já foi! Segunda derrota nessa Azona, mas… Bola pra frente.

    LEÃO DE AÇO 2021… TAMO JUNTO !!!!!

    • João Ximenes disse:

      EM TEMPO:

      # Azona: 9 jogos; 4 vitórias, 3 empate, 2as derrotas = 5ª colocação, no que deixa LEÃO DE AÇO ainda na briga por coisa grande na competição.

      ## Athlético-PR na verdade é 2º e LEÃO DE AÇO 5º.

  • XAVIER disse:

    O FEC nas últimas 5 partidas tem saído atrás no placar. Parece que o pessoal não faz aquecimento para entrar em campo e inicia o jogo meio desligado. Jogadores chave devem entrar de saída, não podem ficar de fora e entrar no 2º tempo. Ontem foi visível o desentrosamento inicial e com 1 minuto tomamos o 1º gol e cinco minutos depois o 2º. Foi notória a falta de comando para consertar a marcação. Após o gol relâmpago, Felipe Alves deveria ter arranjado um jeito de cair em campo para a turma da defesa e meio de campo discutir a arrumação do time, junto com Vojvoda. À medida que o tempo passava, a moçada aquecia (temperatura 10º), o time tranquilizava-se e mesmo perdendo já por 2×0 começou a dominar o jogo e também começamos a desperdiçar as oportunidades que apareciam. Se terminasse o 1º tempo com 2×1 aí certamente o FEC partiria com mais vontade pra cima no 2º, como partiu, e poderia chegar ao empate e até virar o placar. Mas, time que não tem artilheiro de ofício, como é o caso do FEC, perde as oportunidades e termina sendo derrotado, mesmo jogando melhor. O que se há de fazer? Arranjar um camisa 9, um fazedor de gols, o mais urgente que puder, se possível pra ontem. Onde buscá-lo? O goleador Erick que recentemente deixou o Náutico poderia ser sondado e talvez resolvesse o problema. O FEC contratando um bom camisa 9 e um bom camisa 6, é time para chegar entre os 6 tranquilamente. Para a camisa 6 (ala esquerda), já sugeri o Luiz Henrique do Londrina. Gostei muito do futebol dele no jogo Londrina 2×1 Vitória-BA. Lateral agudo, boa assistência e boa marcação. Só é um pouco franzino. Surgiu o nome de um polonês para a camisa 9, mas foi só cascata do Presidente. Cadê o argentino? É outra cascata? Série A é muito pesada, precisamos de um plantel grande, com boas opções para rodar o elenco, a cada partida, como gosta o Vojvoda. Avante Leão! ST

  • João Ximenes disse:

    INCRÍVEL!

    Em 5 rodadas, LEÃO DE AÇO saiu de LÍDER pra 5º na tabela de classificação.

    Caiu 1ma posição por rodada. IMPRESSIONANTE!

    Se tivesse sido combinado não teria acontecido TAMANHA COINCIDÊNCIA.

    1ma posição por rodada… INCRÍVEL.

    2as rodadas em casa(América-MG, Corinthians) pra FINCAR o pé de novo no G-4.

    SE LIGA LEÃO DE AÇO!!!!!

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *