Blog do Leão

São Paulo 2×2 Fortaleza – O olho baixo e a estima elevada

282 5

Romarinho marca o gol de empate no Morumbi

 

Caros tricolores, o Leão mostrou mais uma vez para o Brasil o seu grande poder de reação. Depois de começar o jogo ditando o ritmo das ações e acertar um bola na trave com o WP9, o time leonino viu o São Paulo equilibrar as ações na metade da primeira etapa, o que não é nada fora do normal.

Mesmo com o time da casa tentando se impor, o Leão continuava criando oportunidades de marcar, fato que tornava o jogo aberto e agradável de ser assistido apesar do intervalo chegar com o placar zerado. Na segunda etapa, continuamos a ver aquele jogo dinâmico em que o São Paulo soube aproveitar uma investida e abrir o placar num chute que desviou no Jussa tirando as chances de defesa do Boeck. A partir daí vimos um Fortaleza mais afoito e que se atreveu a ir todo para o campo de ataque, e foi num cenário como este que Romarinho errou um passe que fez o atacante adversário chegar na cara do Boeck e colocar o injusto 2×0 no placar.

As substituições do Vojvoda entraram em cena para mostrar que não tinha que baixar o olho, e sim levantar a cabeça e ir à luta. Robson, que veio do banco, acertou belo passe para o Pikachu infiltrar na área e diminuir, e nos acréscimos aconteceu o lance que comprova a auto estima do time: Henriquez, que veio do banco, cruzou na cabeça de Romarinho, que também veio do banco. Estava decretado o empate, resultado bem mais justo.

Ficou tudo para setembro, ficou tudo para o Castelão. Até lá, vamos curtir nossa estima na Série A e nunca baixar o olho.

 

Arrocha, Leão!