Blog do Vozão

Ceará 0x1 Santos – Era noite, mas não era dia

154 9

O destaque (negativo) da partida está nessa foto. Adivinha? (Foto: Pedro Chaves/FCF)

O Vozão não conseguiu manter sua série invicta na temporada e foi derrotado pelo Santos, em uma partida onde a arbitragem de Wagner Reway foi o destaque (negativo).

Além do jogo, o Vozão também perdeu a cabeça e perdeu vários jogadores para a próxima partida, além do treinador Guto Ferreira, que também foi expulso.

Pela partida que fez o Vozão não merecia ter saído de campo derrotado, no mínimo o empate seria o resultado mais justo pelo que fez a equipe em campo. 

A partida foi uma daquelas onde a impressão que a gente tinha era que poderíamos passar a noite toda tentando, mas a bola não entraria, daquelas que a gente lamenta e diz que “não era dia”.

O que o Vozão não contava (é bom que comece a contar daqui pra frente) era que, além do Santos, e da noite que não era dia, também teria outra adversário na partida, a arbitragem.

Não costumo e nem gosto muito de falar de arbitragem, mas a dessa partida, não tenho duvidas em dizer que foi e será assunto nos principais programas esportivos durante a semana.

A arbitragem de Wagner Reway foi tão polêmica, que ela conseguiu ofuscar a bela atuação do goleiro do Santos. E pra piorar ainda mais, o prejuízo não ficou só  nessa partida, ele se estendeu para a próxima, já que o time não poderá contar com Samuel Xavier, Bruno Pacheco, Leandro Carvalho, Guto Ferreira (expulsos) e Luiz Otávio (3º amarelo). E agora, mais do que nunca, veremos se realmente há necessidade de reforçar o elenco.

Que essa partida sirva de lição para as demais no decorrer da competição. Agora é juntar os cacos e começar a se preparar para os próximos desafios, o Inter, lá em Porto Alegre, será o da vez.

Confira lances da partida.