Blog do Vozão

Ceará 2×1 Coritiba – Plantou espinhos, colheu flores

204 8

Eduardo marcou o gol da vitória, o seu 1º com a camisa do Vozão (Foto: Felipe Santos/Cearasc.com)

Tudo bem que o time passou longe de fazer uma boa partida, mas fez o que se quer e que era preciso, venceu, fez o dever de caso e isso vale três pontos.

Não foi uma partida fácil como alguns esperavam, aliás, sabemos que em Série A não há partidas fáceis, e ainda que houvesse, o Ceará trataria de torná-la difícil, cometendo sempre os mesmos erros durantes as partidas.

Apesar da vitória e dos três pontos, os erros se repetem e as deficiências do time seguem expostas. Até quando teremos que ficar lembrando isso? 

Diante das circunstancias que vivemos, na briga pelos 45 pontos, mas vale vencer sem jogar bem, do que jogar bem e não vencer.

Como diz o dito o Zé da esquina, melhor plantar espinhos e colher flores, do que plantar flores e colher espinhos.

Com erros, acertos, deficiências, cansaço, tomando gol no inicio, tomando gol no final, vencendo jogando mal, perdendo jogando bem, é assim que tem sido nossa caminhada nesse brasileirão, e, pelo visto, será assim ao longo da competição.

Cobrar não adianta, só resta seguir torcendo para que o sofrimento seja menor que o do ano passado.

Próxima partida será diante do Santos, pelas oitavas de finais da Copa do Brasil, e que vale muita grana. Espero que não esqueçam que a galinha dos ovos de ouro é a Série A.

Confira os gols da partida.

8 Comentários

  • Dylvardo disse:

    Ganhamos, mas não merecíamos. Mas ganhamos. Isso agora é o que importa. Ainda faltam 7 vitórias. Ganhamos mais 3 pontos. E ponto final.

    P.S 1- treinador não consegue enxergar 1 palmo diante do nariz.

    P.S 2- falta contratar 1 lateral esquerdo, 1 zagueiro, 1 camisa 10 e 1 atacante pelos lados. Urgente.

  • Dragão Alvinegro disse:

    A torcida alvinegra ainda não entendeu. Para o Sr. Robinson de Castro o Ceará é um mero participante da série A. Contratações pra que? Se o time atingir o 16° lugar já estará de bom tamanho. Enquanto isto o rival vai nadando de braçadas, conquistando títulos e aumentando o tamanho da sua torcida. Por que isso? Porque eles têm um presidente, uma diretoria e formaram, mais uma vez, um bom time. E nós com Leandro Carvalho, Leandro Silva, Clebão, Jacaré, Rick, Léo Chu, Mateus Gonçalves, Rodrigão, Lima, Wescley, vamos para onde? Vou repetir o que já disse dias atrás: Se o rival passar hoje pelo São Paulo, coisa que é bastante possível, eles irão para a final da Copa do Brasil. E nós, torcedores alvinegros, ficaremos com cara de abestados. O Ceará é um time grande, com uma imensa torcida, mas essa figura que administra o Clube quer transformá-lo num timinho qualquer. Ontem, para ganharmos de um dos times da zona de rebaixamneto foi um sufoco. Um comentarista de uma emissora local, falou que os jogadores do Ceará parece que viajam no expresso da agonia, tanto é o sofrimento que passam dentro de campo. É realmente uma tristeza! É desanimador! É desencorajador! Mas, fazer o que? A figura se considera o dono do Clube. Pra ele basta fazer superavit que estará tudo dentro dos conformes. Viramos uma instituição financeira.

  • Neto disse:

    Boa vitória alvinegra.
    O Ceará tem feito muitos jogos, e com muitos jogadores lesionados, com dificuldades de repetir a mesma escalação. Acredito no VOZÃO. SA.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Toda vitória é boa, mas ela se torna mais importante quando é consistente, convincente. Não se mede um timede futebol por vitórias, mas pelo seu desempenho. É bom lembrar que não estamos muito distante da zona de rebaixamento, porém talvez dê para terminar em 16°.

  • Menezes disse:

    Uma importante vitória. Mas precisamos de 3 jogadores para chegar e assumir a titularidade. Nossa zaga é pra matar do coração o torcedor.

  • carlos disse:

    O esquema que o Guto joga, qualquer um atacante morre de fome, deixar um atacante no meio de dois zagueiros, é covardia tem que um sistema mais adequado, pra chegar com 2 ou 3 atacantes.

  • Tiago disse:

    Acho que precisamos parar de olhar pra grama do vizinho e começar a olhar pro nosso time, comparar o elenco do Fortaleza (que tecnicamente é bem inferior ao do Vozão) com o nosso diante do cenário que passamos é no mínimo leviano, o time deles possui uma base que vem trabalhando junto a mais de 2 anos, sem falar que RC tá tirando leite de pedra desse elenco, mais pelo esquema tático do que propriamente pela capacidade técnica de cada jogador.

    Reformulamos boa parte do nosso elenco no início do ano, perdemos Enderson Moreira antes da pandemia no momento em que ele estava começando a deslanchar com o time, Guto Ferreira pegou uma fogueira e passou 3 meses a frente do clube sem nem ao menos conseguir realizar um treino dentro de campo, devido a paralização do futebol, o CSC foi o time que mais jogou em 2020 consequentemente o time que mais sofreu com desgaste físico, dificilmente conseguimos repetir uma escalação devido a suspensão, departamento médico e jogador que não pode disputar a competição, Guto Ferreira sempre tem quebrar a cabeça pra montar o time e fazer as trocas necessárias sem perder a essência e seu esquema de jogo, sem falar das inúmeras partidas que o clube vem jogando bem e por detalhe ou infelicidade deixa a vitória ou o empate escapar.

    É fácil criticar sem analisar o que passamos. Aos que estão gostando do trabalho do time rival é simples, rasga a camisa e vira a casaca, aos torcedores que conseguem sair da caixa e observar o histórico da nossa realidade sabe que é só questão de tempo pra esse time encaixar e começar a colher os devidos frutos.

    Se não querem ajudar não tem problema, mas não vamos conturbar mais ainda o ambiente.

  • José Alberto Rocha Mota disse:

    Ninguém ver mais os comentários, por isso q a galera caiu fora.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *