Clube da Luta

VÍDEO: Com sequência incrível de golpes, Nate Diaz nocauteia Gray Maynard no UFC

Nate Diaz foi implacável na trocação. Foto: UFC/Divulgação

Nate Diaz foi implacável na trocação. Foto: UFC/Divulgação

Foi um atropelo. Nate Diaz simplesmente não deu chances a Gray Maynard e nocauteou o rival com uma sequência de golpes avassaladora em pouco mais de dois minutos de luta. Uma vitória implacável que coroou a noite de lutas do TUF 18 Finale, realizado na madrugada de sábado para domingo, em Las Vegas (Estados Unidos).

Melhor desde o início do combate, Diaz nem precisou usar o que tem de melhor (a luta de solo) para dominar.  Acabou dando um show de boxe. Maynard aceitou a trocação e foi sentindo os golpes aos poucos. Até que, com a guarda baixa, conseguiu a receber saraivada de golpes no rosto. Foi bastante castigado até o árbitro segurar Diaz e encerrar o combate. Maynard, já combalido, desabou instantes após o fim da luta.

Diaz não só levou a melhor na revanche tira-teima (foi 3ª luta entre eles e cada um havia vencido o outro uma vez), como também vingou a polêmica derrota sofrida para Maynard, por decisão dividida, em 2010. De quebra, o irmão de Nick Diaz respira aliviado entre os pesos-leves do UFC, já que vinha de uma sequência de duas derrotas seguidas, marca que agora pertence a Maynard.

Veja cenas do combate e o discurso do vencedor após a luta:

[youtube]http://youtu.be/3PumnGz2xe8[/youtube]

PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA

O TUF Finale 18 contou com participação brasileira. Rani Yahya fez um duelo extremamente equilibrado com o filandês Tom Niinimaki. Investiu pesado em sua primeira arma, o jiu-jitsu, ajustou por diversas vezes posições de estrangulamento, mas não conseguiu a finalização. No fim, acabou derrotado por decisão dividida dos juízes.

Confira os resultados do TUF 18 Finale:

CARD PRINCIPAL
Nate Diaz venceu Gray Maynard por nocaute técnico aos 2m38s do 1° round
Julianna Peña venceu Jessica Rakoczy por nocaute técnico aos 4m59s do 1° round
Chris Holdsworth venceu David Grant por finalização (mata-leão) aos 2m10s do 2° round
Jessamyn Duke venceu Peggy Morgan por decisão unânime dos jurados
Raquel Pennington venceu Roxane Modafferi por decisão unânime dos jurados

CARD PRELIMINAR
Akira Corassani venceu Maximo Blanco por desclassficação (joelhada ilegal) aos 25s
Tom Niinimaki venceu Rani Yahya por decisão dividida dos jurados
Jared Rosholt venceu Walter Harris por decisão unânime dos jurados
Sean Spencer venceu Drew Dober por decisão unânime dos jurados
Josh Sampo venceu Ryan Benoit por finalização (mata-leão) aos 4m31s do 2° round

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *