Clube da Luta

Entrevista: Gleison Tibau quer bater recordes de lutas do UFC e revela o que ainda falta na carreira

3246 6
Tibau comemora vitória no UFC on Fox 8 | Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto

Tibau comemora vitória no UFC on Fox 8 | Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto

O brasileiro recordista de lutas no UFC está de volta! O potiguar Gleison Tibau vai realizar seu 22º combate pelo Ultimate contra o experiente Pat Healy, no UFC Fight Night 45: Cerrone x Miller, dia 16 de julho, em Atlantic City, nos Estados Unidos. O Blog Clube da Luta entrevistou o brasileiro que falou sobre o próximo desafio, a carreira, o novo adversário, os planos, entre outros assuntos. Confira abaixo a entrevista completa com o peso-leve:

Blog Clube da Luta: Quais suas motivações dentro do UFC e na sua carreira? Ainda pensa em disputar o cinturão?

Gleison Tibau: Hoje em dia, penso luta a luta dentro do UFC. Meu foco agora é voltar para a fila de vencedores da divisão, já que perdi minha última luta (para Michael Johnson). Vinha de uma boa sequencia, mas acabei derrotado. Corrigi os erros e estou com muita vontade de vencer.

BCL: Você já fez história no UFC. O que ainda falta para você dentro da organização?

GT: Falta entrar de vez no top 10 dos leves, depois no top 5 e chegar até o topo. Vou construindo meu caminho na organização, já sou o brasileiro recordista de lutas pelo maior evento de MMA do mundo, tenho muito orgulho disso. Sair de Tibau, fazer meu nome no UFC, fazer minha carreira, isso tudo me enche de alegria. Quero mais lutas pelo UFC. Quero ser o recordista geral de lutas por lá.

BCL: Natal recebeu uma edição do UFC em 2014. Você não lutou, mas participou da programação do evento naquela ocasião. Como foi a emoção de viver de perto aquela edição do UFC em seu Estado?

GT: Foi muito emocionante. Como você mesmo disse, participei de ações na cidade na semana do evento e foi maravilhoso. O carinho dos fãs é muito bom, dos brasileiros então é ainda melhor. Os fãs potiguares são incríveis. Quero me reencontrar logo com eles.

BCL: Pretende lutar em Natal pelo UFC?

GT: É o que mais quero na carreira. Infelizmente, uma lesão me tirou da edição de março, mas tenho certeza que o UFC vai voltar à cidade e, se Deus quiser, estarei novamente no card. Desta vez, sem lesão (risos).

Tibau contra Josh Cholish | Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto

Tibau contra Josh Cholish | Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto

BCL: O Pat Healy vem de três derrotas consecutivas. Você acredita que ele venha para fazer uma luta mais conservadora? Como pretende surpreendê-lo?
Ele está pressionado na organização, então pode fazer de tudo dentro do octógono. Mas, o que ele fizer, não será o suficiente para me vencer. Estou treinando muito minha trocação, busco a evolução a cada treino. Vou sentir a luta, se tiver que derrubar e trabalhar o jiu-jitsu, farei. O meu comprometimento é com a vitória.

BCL: Como você avalia o nordeste no MMA?

GT: O nordeste é um celeiro de talentos, tanto para o esporte como para qualquer outra área. Em especial, no esporte, temos grandes nomes, e no MMA não é diferente. Um dos melhores treinadores do nosso esporte está no nordeste, que é o Jair Lourenço. Tem o Renan Barão, os irmãos Pitbull, grandes representantes do MMA atual e do passado também. Infelizmente, às vezes, falta estrutura para nós nordestinos nos destacarmos. Mas o cenário está mudando. Fico muito feliz de ver meus conterrâneos se destacando no MMA.

UFC Fight Night 45: Cerrone vs. Miller
Quarta-feira, 16 de julho de 2014
Revel Casino Hotel, Atlantic City, New Jersey

Card Principal
Donald Cerrone vs. Jim Miller
Edson Barboza vs. Evan Dunham
Leonardo “Macarrão” vs. Rick Story
Joe Proctor vs. Justin Salas
John Lineker vs. Alptekin Ozkilic
Lucas “Mineiro” vs. Alex White

Card Preliminar
Pat Healy vs. Gleison Tibau
Jessamyn Duke vs. Leslie Smith
Aljamain Sterling vs. Hugo “Wolverine”
Yosdenis Cedeno vs. Jerrod Sanders
Claudia Gadelha vs. Tina Lahdemaki

Recomendado para você

6 Comentários

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *