Educação

A saúde no futuro

Pesquisa norte-americana comprova cientificamente que crianças que vivem em situações de vulnerabilidade, marcada por fatores como má alimentação e desestruturação familiar, têm chances muito maiores de desenvolver no futuro problemas cardíacos, envelhecimento precoce e inflamações.

As razões são muitas e vão desde a exposição a toxinas e uma dieta pobre de nutrientes até aspectos ambientais, como menos oportunidade de se exercitarem fisicamente por morarem em bairros inseguros. A pesquisa avaliou 200 adolescentes.

Karen MAttheus, uma das coordenadoras do estudo, explica que essas crianças também são menos otimistas sobre seu futuro e experimentam muito cedo emoções e situações negativas.

O coordenador de relações institucionais do Fundo das Nações Unidas para a Infância e Adolescência (Unicef) no Brasil, Mário Volpi, afirma que os três primeiros anos de vida são os mais vulneráveis, mas, por toda a infância a violação de direitos básicos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente é altamente prejudicial.

Fonte: Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *