Educação

Aluno poderá ler prova corrigida do Enem

726 1

O Ministério da Educação (MEC) e o Ministério Público Federal firmaram, no último dia 09, um acordo que dará aos candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acesso a suas provas corrigidas, a partir de 2012.

Hoje, as chamadas “vistas de provas” não são permitidas no Enem. Segundo o acordo, os alunos continuarão sem poder apresentar recursos às correções das redações.

Atualmente, o que existe é o recurso de ofício. Segundo tal mecanismo, quando os dois primeiros corretores da redação chegam a uma nota muito discrepante sobre o mesmo texto, um terceiro é chamado a opinar.

O acordo, previsto para durar até 2016, não detalha como será o acesso. Questionado, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) não informou quantos alunos pediram para ver suas provas corrigidas no ano passado.

1 comentário

  • anonimop disse:

    Só otário já não tinha lido antes de entregá-la, O problema é o direito elementar de recorrer se achar que foi injustiçado. Num país em que o ocupante de cargo em direito se faz de esquecido do seu dever para atender outras coisa, sabe-se lá o porquê, é pior do que desatrado para se viver

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *