Educação

Avanço maior entre jovens

Os países desenvolvidos também se destacaram no Global Burden of Disease (GBD) por terem o pico das taxas de obesidade se movendo para a população mais jovem.

A prevalência de sobrepeso e obesidade na infância nesses locais pulou de 17% em 1980 para 24% em 2013 entre os meninos e de 16% para 23% entre as meninas.

Os países em desenvolvimento acompanham a mesma progressão; as taxas foram de 8% para 13% entre meninos e meninas ao longo das três últimas décadas.

Altos índices de obesidade infantil e adolescente foram detectados no Oriente Médio e em nações do norte africano especialmente entre as meninas.

Segundo os pesquisadores, o aumento da obesidade entre as crianças é especialmente preocupante em muitos países de renda baixa e média. “Nós sabemos que há efeitos graves ligados à obesidade infantil, incluindo doenças cardiovasculares, diabetes e muitos tipos de câncer. Precisamos pensar agora sobre como interromper essa tendência”, defende Emmanuela Gakidou, líder do GBD.

Fonte: Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *