Educação

MAUC realizará primeira exposição totalmente virtual de sua história

Imagem: Detalhe do cartaz da exposição "Arte em Tempos de COVID-19", a primeira exclusivamente virtual que o MAUC realiza em sua história (Foto:Divulgação)

Se a hashtag #artesalva sempre marcou presença nas redes sociais dos mais sensíveis, com a pandemia da COVID-19 e o isolamento social forçado, a expressão-mantra se disseminou como nunca. Para tanto, têm contribuído os artistas que, refletindo sobre o momento global inédito, não param de criar e se expressar pela web, encantando e salvando os dias dos confinados pelo mundo.

Em Fortaleza, o Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará (MAUC) suspendeu as atividades presenciais, mas segue com o trabalho remoto e realizará a exposição virtual Arte em Tempos de COVID-19, a primeira nessa modalidade em sua história. Voltadas para artistas cearenses ou residentes no Ceará, as inscrições ficam abertas até o dia 25 deste mês, exclusivamente pelo e-mail mauc.inscricoes@gmail.com.

convocatória para a exposição virtual Arte em Tempos de COVID-19 define que podem ser inscritos trabalhos artísticos – escultura, fotografia, ilustração, arte digital, bordado, charge e performance – criados a partir de 15 de março deste ano, data em que foi iniciada a quarentena no Estado e confirmaram-se os primeiros casos de pacientes com o coronavírus. Cada artista pode inscrever até três obras. Serão selecionadas 30 inscrições, seguindo a ordem de recebimento pelo e-mail do MAUC, mas de acordo com a convocatória, o número poderá ser ampliado, a critério da organização.

A exposição terá caráter exclusivamente virtual e os conteúdos serão disponibilizados nas redes sociais – Facebook e Instagram – do MAUC (@museudeartedaufc). Além disso, o projeto prevê a disponibilização de todo o conteúdo no site e no Flickr do museu, a organização de um catálogo virtual e a elaboração de um vídeo institucional para o canal do YouTube.

As postagens da exposição nas redes estão previstas a partir do dia 15 de abril, à medida que os trabalhos forem sendo inscritos, prosseguindo até 15 de maio. A organização informa que esse período pode ser prorrogado e deixa claro que conteúdos que incitem violência, preconceito, racismo, pornografia ou que desrespeitem a imagem de pessoas e instituições não serão aceitos para integrar o projeto e serão excluídos.

PODER DA ARTE – A diretora do MAUC, Graciele Karine Siqueira, explica que a ideia da exposição surgiu a partir da observação, através das redes sociais do museu, da produção dos artistas “que já estão refletindo sobre o isolamento social e os efeitos da pandemia em seus trabalhos” e também por ela e a equipe do MAUC acreditarem “no poder da arte para enfrentamento deste momento delicado que estamos atravessando“.

Para lançar a convocatória e realizar a mostra, Graciele informa que o MAUC se uniu ao Projeto de Extensão Escola Arte Livre, que envolve a Faculdade de Medicina da UFC e o Curso de Artes do Instituto Federal do Ceará (IFCE), e à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UNICHRISTUS. “Nunca a arte (música, literatura, performance, fotografia, artes plásticas) foi tão essencial para nossa sobrevivência em tempos de distanciamento social, isolamento, solidão, crise econômica e sanitária”, diz.

Detalhes para envio dos trabalhos e outras informações estão na convocatória.

Dúvidas podem ser encaminhadas ao e-mail mauc.inscricoes@gmail.com.

Fonte: Graciele Karine Siqueira, diretora do Museu de Arte da UFC – e-mail: mauc.inscricoes@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *