Educação

Campus de Quixadá cria portal para reunir atividades extracurriculares desenvolvidas pela comunidade acadêmica

Imagem: foto da sede do Campus da UFC em Quixadá, com monólitos ao fundo

Em tempos de isolamento social, quando a tecnologia da informação (TI) desempenha um papel fundamental na intermediação entre pessoas e instituições, as mais diversas soluções são pensadas e executadas para tentar diminuir os efeitos do distanciamento físico. No Campus da Universidade Federal do Ceará em Quixadá, que conta com seis cursos de graduação na área de TI, não poderia ser diferente. Enquanto as atividades presenciais da UFC estão suspensas, a unidade mantém, além das aulas remotas, um espaço virtual para concentrar ações extracurriculares, o portal UFC Quixadá on-line.

No site, a comunidade acadêmica do campus tem acesso a links para palestras, grupos de estudos, monitorias, minicursos e até um espaço para convivência virtual. Uma comissão coordenada pela Profª Tânia Pinheiro é responsável pela curadoria do conteúdo e pelo acompanhamento da execução e engajamento nas atividades.

“A migração destas atividades para o [ambiente] on-line permite a manutenção delas e, principalmente, dos vínculos [entre as pessoas] . É interessante observar que, mesmo que parte do público que participaria presencialmente não consiga agora por falta de conexão, novos participantes se integraram às ações, o que deve ampliá-las após o retorno presencial”, aponta a docente.

ENGLISH CLUB E PREPARAÇÃO PARA A OBI ‒ Em TI, o inglês é idioma imprescindível. No UFC Quixadá on-line, o ensino da língua é apoiado através do aprendizado em grupo, por meio do English Club. A iniciativa, do Programa de Educação Tutorial de Tecnologia da Informação (PET TI), tem o objetivo de incentivar a construção do conhecimento de forma coletiva e de compartilhar experiências vividas pelos participantes no assunto a ser estudado pelo grupo, desde métodos de estudo até dicas de conteúdo de entretenimento para melhor assimilação dos temas abordados.

Os encontros virtuais são realizados através do aplicativo Discord. Os participantes da turma básica do English Club se reúnem às quintas-feiras, às 14h, e os integrantes da avançada se encontram às sextas-feiras, no mesmo horário.

Numa parceria entre o PET TI e o PET de Sistemas de Informação (SI), o Grupo Preparatório para a Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) incentiva os calouros do campus a participar da competição, oferecendo aulas sobre o conteúdo das provas. Além disso, o grupo também visa despertar nos participantes o interesse pela programação competitiva e aprimorar a capacidade dos participantes na solução de problemas computacionais complexos.

SAÚDE MENTAL E BEM-ESTAR ‒ Além dos desafios da esfera acadêmica, o isolamento social tornou mais sensíveis questões ligadas à saúde mental de estudantes e servidores docentes e técnico-administrativos da UFC. Para auxiliar nesse processo, o Núcleo de Atendimento Social (NAS) do Campus de Quixadá também se engajou nas atividades extracurriculares remotas, com a criação do grupo de apoio psicológico Arte de Viver.

A iniciativa se propõe utilizar a arte como um instrumento para refletir sobre a vida. É através de encontros virtuais nas tardes de quinta-feira que os participantes compartilham pensamentos e sentimentos sobre poemas, músicas, filmes, contos e outras manifestações artísticas. “O Arte de Viver é um grupo aberto e a arte é uma desculpa para o encontro. O que a gente quer mesmo é construir um espaço de apoio e desenvolvimento pessoal e social neste contexto tão desafiador para a humanidade”, explica a psicóloga Íris Guilherme Bonfim.

Outra ação do NAS, coordenada pela nutricionista Ana Cláudia Conceição Duran, é o Atendimento Nutricional em Grupo, que promove, em atividades semanais, a saúde dos discentes do campus por meio da reeducação alimentar.

CURSOS ‒ Para quem está conseguindo aproveitar os tempos de isolamento para investir em novos conhecimentos, o portal também está reunindo cursos e palestras ofertados por grupos de pesquisa e outros setores do campus. A biblioteca da unidade, por exemplo, já ofertou os minicursos Plágio Acadêmico: como Evitar essa Prática e A Arte de Falar em Público.

Fonte: Profª Tânia Pinheiro, do portal UFC Quixadá on-line ‒ e-mail: ufcqxonline@gmail.com