Educação

Tabata Amaral fala sobre como reduzir o abismo entre as escolas públicas e particulares durante o Educa Week 2020

 

Tabata Amaral

Tabata Amaral

Hoje é dia de acompanhar o painel Como diminuir o gap entre as escolas públicas e privadas?”, às 16h30m, no Educa Week 2020, que terá a participação de Tabata Amaral, deputada federal por São Paulo e ativista pela educação. Heloísa Morel, diretora executiva do Instituto Península e Guilherme Lichand, professor da Universidade de Zurique e presidente do conselho da Movva.

Debater o tema é um grande desafio. O enorme abismo entre as escolas públicas e particulares é um problema histórico e estrutural no Brasil.

O problema ficou ainda mais evidente com a pandemia do novo coronavírus.  Isso porque, enquanto as instituições privadas investiram no ensino à distância, quase todas as públicas paralisaram suas atividades pela carência de recursos para viabilizar suas aulas online, além da falta de conectividade à internet, por parte dos alunos.

O Educa Week é o maior evento de educação básica do Brasil. Nessa quinta edição, o evento passa a ser totalmente on-line e gratuito, permitindo a participação de pais, estudantes, professores e gestores, a fim de traçar caminhos e estratégias para conviver com o novo cenário que a pandemia trouxe para todos.

Serviço:

“Como diminuir o gap entre as escolas públicas e privadas?”

Quando: 17 de julho, sexta-feira, das 16h30 às 18h

Painelistas: Tabata Amaral (deputada federal e ativista pela educação), Heloísa Morel (diretora executiva do Instituto Península) e Guilherme Lichand (professor da Universidade de Zurique e presidente do conselho da Movva)

Como participar: http://educaweek.com.br/inscreva-se/

Mais sobre o Educa Week 2020:

Em sua quinta edição, o maior e principal evento do setor de Educação no Brasil vai ser totalmente on-line e gratuito. Durante uma semana inteira de programação, entre 13 e 19 de julho, vão acontecer mais de 30 painéis com a participação de 70 especialistas, entre educadores, autoridades, gestores e ativistas, que irão debater os desafios e futuro da educação básica no pós-pandemia, com a apresentação a apresentação de cases de ensino-aprendizagem durante a pandemia, debates sobre gestão e mercado das escolas até o papel dos pais e da família na educação dos alunos, passando pela tendência das metodologias de ensino híbrido e à distância, protocolos para o retorno às aulas e iniciativas para diminuir o gap entre escolas públicas e privadas. Durante o evento também serão anunciados os vencedores do Prêmio Destaque Educação, criado para reconhecer os cases de sucesso na educação durante a pandemia Brasil. Os 70 finalistas terão seus trabalhos divulgados, sendo que os 14 vencedores, sete de escolas públicas e sete de escolas particulares, vão ganhar bolsas de estudos para o curso “O Professor na Era Digital”, do Iteduc (Institute of Technology and Education), principal apoiador do Educa Week. Confira a programação completa no site do evento: http://educaweek.com.br/visao-geral/

FONTE: Key Press Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *