Futebol do Povo

Pré-temporada longa, menos peso, contrato de dois anos e alegria: os segredos de Rafael Costa na volta ao Ceará

2998 10

rafael

Quando Rafael Costa chegou ao Ceará no começo de julho de 2015 depois de uma frustrada passagem pelo Joinville, o alvinegro vivia uma situação muito ruim na Série B.  Desejo antigo da diretoria, o atacante não conseguiu colocar a equipe numa situação mais confortável. Sozinho, evidente, era uma missão impossível, mas seu futebol, especialmente nos últimos 10 jogos da campanha, foi essencial para o não rebaixamento.

Seu aproveitamento em 2016 era dado como impossível porque o FC Seoul sinalizava com o cumprimento de contrato na Coreia até o fim do ano. O Ceará, então, tratou de contratar Bill para substituí-lo. Pouco tempo depois, entretanto, Rafael Costa e seu empresário conseguiram o improvável: sua liberdade. Assim, não pensaram duas vezes em entrar em contato com presidente Robinson de Castro porque o jogador gostou demais do clube, da torcida e da cidade.

O dirigente, ainda que já tivesse Bill no elenco, ficou surpreso e aceitou de pronto o retorno de Rafael, mas fez uma exigência: por ser um contrato de alto valor mensal – dos maiores do elenco – queria que o período fosse de pelo menos dois anos. Com mercado e mantendo o nível do ano passado em campo, o atleta tem possibilidade real de render frutos financeiros ao clube. E assim foi feito.

Se o tempo para regularizar o jogador deixou torcedores ansiosos, foi um grande aliado para o Departamento de Fisiologia do Ceará. Lucas Oaks e sua equipe tiveram cinco semanas para trabalhar o atacante, considerado injustamente “gordinho” por causa de sua compleição corporal atarracada e forte. Ao lado do departamento físico e de nutrição, fizeram um planejamento como fazia tempo Rafael Costa não tinha e que ele se comprometeu a seguir porque sabe da sua tendência para ganhar peso em caso de descuido. Além disso, um acompanhamento com mais de 14 variáveis físicas e de carga de treinamento têm sido feito pelo Ceará, algo fundamental para controle de contusões e manutenção de condição atlética do elenco.

O resultado para o maranhense e para o Ceará tem sido excelente. Mais mobilidade do que no ano passado – foram 11 gols em 28 partidas em 2015 – possibilidade de atuar também pelos lados do campo seguindo as orientações de Lisca para que Bill se encaixe no esquema, assistências e quatro gols em 193 minutos em 2016, média excelente de um tento a cada 48 minutos.

Aos 29 anos, Rafael Costa eleva muito o nível técnico do Ceará em campo e não há dúvida de que o sucesso do alvinegro na temporada está ligado diretamente ao desempenho que o jogador terá nos próximos meses.

Recomendado para você

10 Comentários

  • Walkmar disse:

    Foi uma excelente contratação da diretoria, junto com Bill vai dar muitas alegrias em 2016

  • Leandro Gonçalves disse:

    Outra coisa : o atleta já deixou claro inúmeras vezes que se adaptou à cidade e que criou um vínculo além do profissional com o Ceará Sporting Club e a torcida…Pode parecer algo banal mas isso é de suma importância,pois como consequência gera o comprometimento.! Algo raro hoje em dia…Deus abençoe e principalmente o proteja dos “olhos gordos “… O trabalho deve ser enaltecido,mas quando é exagerado,não vejo com bons olhos,por motivos óbvios…Que ele consiga manter o foco e pés no chão,sempre!

  • CARLOS LIMA disse:

    o lançamento quase do meio campo que o Rafael Costa fez para o Bill e que resultou
    no terceiro gol no jogo contra o Sampaio , mostra a qualidade técnica desse jogador
    ele não é aquele atacante que só sabe empurrar a bola para dentro do gol adversário
    ele mostra entre outras qualidades, muita raça, força de vontade, determinação..

    fazia tempo que eu não via um atacante no Ceará com um aproveitamento tão bom nas bolas alçadas na área adversária. podem contar os gols de cabeça que ele já fez desde 2015 que devem ter sido uns 6 gols pelo menos.

    o Bill e o Rafael Costa formaram uma dupla mortal para as zagas adversárias. o Bill tendo no chute forte e boa presença de área como caracteristicas principais, e o Rafael Costa tendo uma maior e mobilidade e melhor cabeceio como caracteristicas principais.

    Segundo gol…
    FG

  • Vovozão10 disse:

    Sem mais á acrescentar no seu comentário sobre Rafael Costa. Perfeito. Parabéns Graziani. Concordo em gênero, número e grau. AVANCEMOS!!!

  • Muitos falavam que Lisca não poderia escalar os dois, por fazerem a mesma função em campo. Lisca de doido escalou. O resultado está aí. Está dando certo e o ataque se encaixando.

    Sou sempre a favor de que se o treinador tem bons jogadores no elenco, ele tem que arrumar espaço para por os melhores em em campo e não fixar um esquema e por conta disso deixar atletas de qualidade no banco.

    Falta agora Lisca arrumar uma posição pra Biancucchi. Para mim ele jogaria na posição do Johnatan. Ou seja, teríamos Biancucchi, Serginho, Rafael Costa e Bill. Deixa Baraka e JM fazerem o trabalho sujo. Cametá e Fernandinho nas laterais e Sandro e Charles na zaga. Dentro do elenco, vejo essa a formação ideal.

  • Markim disse:

    Grande contratação, Ceará está de parabéns

  • Jader disse:

    Bem, espero que este ano seja um ano de glória. Pois a diretoria tem se empenhado bastante. E se Deus quiser com os pés no chão faremos un arrastão até a primeira divisão. Obrigado a todos.

  • Pedro disse:

    O Ceará só precisa dar uma melhorada nessa zaga e contratar pelo menos mais um lateral. No mais, vejo que o elenco está bem servido.

  • CLÁUDIO CEARÁ disse:

    Disparada a melhor contratação do Vozão nos últimos tempos!
    Nem acreditei quando ouvi a notícia de que ele estava voltando, essa diretoria tem que acertar uma de vez em quando, chega de só fazer besteira.
    Parabéns pelo comentário, é bom a gente saber o que acontece nos bastidores, assim não fica com aquela impressão de que essa turma toda do DM está àtoa.

    Saudações alvinegras!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =