Futebol do Povo

Ceará: pênaltis bobos fizeram time perder pontos relevantes na Série B

1407 11

No dia 1 de julho o Ceará perdeu para o Paraná por 1 a 0, em Curitiba. Naquele encontro, o time desperdiçou uma série de chances para sair na frente do placar, especialmente com Roberto. Aos cinco minutos do segundo tempo, entretanto, Pedro Ken puxou Gabriel Dias dentro da área, em uma jogada com mínimo perigo. Pênalti tão claro como bobo. Renatinho bateu bem e derrota decretada.

CLIQUE E CONFIRA TABELAS E CLASSIFICAÇÕES DAS PRINCIPAIS COMPETIÇÕES DE FUTEBOL NO BRASIL E NO MUNDO

Nesta terça-feira, 18, foi a vez do bom volante Raul cometer outra penalidade sem sentido. O Ceará empatava por 1 a 1 diante do Guarani, em Campinas. O jogador empurrou com o braço o volante Auremir. Falta também tão clara como desnecessária. Fumagali bateu muito bem e virou a partida. No segundo tempo, Arthur empatou e a peleja terminou em 2 a 2.

Nestas duas partidas como visitante o Ceará teve boa postura, poderia ter voltado para casa com resultados melhores, mas foi penalizado por momentos de distração de seus meio-campistas. São falhas bastante evitáveis que, se não ocorressem, poderiam deixar o Alvinegro em melhor situação na tabela.

Em tempo: imagens deste post são reproduções da internet

11 Comentários

  • Leandro Gonçalves disse:

    Colocaria o título da seguinte maneira: Erros infantis E CORRIQUEIROS fizeram time perder pontos bobos…

    Quando eu digo erro corriqueiros quero colocar aqui os repetitivos gols que o alvinegro toma pelo alto,onde a zaga e qualquer outro atleta fica a ver navios…Isso é problema antigo,com o ápice em 2015 mas também nos prejudicou muito ano passado…

    Pra mim,é uma questão de treinamento na maioria dos casos…No caso de ontem,os jogadores do bugre pularam sem que nenhum jogador do Ceará fizesse sombra,ficaram estáticos e espremidos no chão…Não dá,neh?!!

    • Amaury disse:

      um bom time faz com que seja temido e não é o que ocorre aqui com técnicos “inventores” o jogo contra o Guarani mostrou que indo para cima a coisa muda de tom … no Brasil hoje é tudo chinês meu caro.

  • Marcelo disse:

    Sempre digo em outros comentários, O Raul é uma revelação mas ainda é muito limitado, ele não lê o jogo e por isso comete besteiras, como passe errados, faltas desnecessárias, e olhe que a função dele pelo setor que joga, geralmente é prejudicial ao time, outro também que é um bom jogador, mas com bolas por alto, deixa muito a desejar, é o Valdo.
    O Elton até agora, é uma decepção, porque não insistem com o Artur, que é novo e precisa jogar pra adquiri experiência?
    Se o ataque do Ceará funcionasse, com certeza estaria na liderança da segundona.

  • Leonardo Miranda disse:

    Graziani, o que você tem a dizer em relação ao gol do Internacional, que deu a vitória diante do Luverdense? Gol legal ou irregular?

    Confesso que estou meio confuso, pois a arbitragem é a autoridade máxima dentro de campo, mas também achei sacanagem com o time do Luverdense, pois todo mundo parou no lance e isso já é automático de todo e qualquer jogador de futebol no mundo.

    Opa. Na minha visão, gol legal, porém causado por uma atitude bizarra do auxiliar, que entrou no campo e confundiu os atletas do Luverdense que, entretanto, não deveriam ter parado na jogada. Lance complicado demais. Não vi o Potker interferindo na jogada, porque correr pra bola, hoje, não quer dizer necessariamente interferir. Ainda assim, a coisa é polêmica. Até os árbitros comentaristas ficaram divididos. Arnaldo e Simon disseram que foi lance legal, já o Salvio cravou impedimento. Abraço
    FG

  • Vander disse:

    Sobre o gol do inter, boto na conta das velhas e conhecidas arbitragens caseiras…. Será que se o lance fosse a favor do luverdense a interpretação seria a mesma? O árbitro confirmaria o gol dentro do Beira Rio contra o time da casa?

    Essas são questões subjetivas, não objetivas.
    FG

  • Fernando Silva disse:

    Caro , Grazíani
    O CSC tem um elenco fraco e sem opções de reposições, ao meu vê não tem time para fica no G-4 , Porém , não tem perigo de ficar no Z-4, podemos chamar de time que ficará sempre na intermediaria, infelizmente, parece que não há pré tenções da diretoria ao me vê, ou planejamento errado, por que vemos um elenco que não tem obtido, exito, de sequencia positivas, defesa fraca , meio de campo sem criatividade e laterais sem saber se, defendem ou se apoiam o ataque e o rendimento dos centroavantes também deixa a desejar. perde o futebol cearense, perde o torcedor, perde os amantes do futebol ! Espero eu, que esteja redondamente enganado, mas o CSC não sai disso.

    • Deval Paixão Alvinegra disse:

      Meu amigo, o time campineiro é melhor do que o Ceará? O Juventude também é superior ao Ceará? Esses são os atuais lideres. No meu ver, eu até acho que o vozão tem time superior a eles. No entanto, ainda é meio desorganizado.

    • Amaury disse:

      tem peças de reposição sim Fernando só que falta um esquema definido para ser exaustivamente treinando até assimilarem bem mas hoje nossos técnicos ficam espiando adversários e mudando a cada jogo de forma estúpida … time bom mete medo e eles que se preocupem e era assim no passado quando quase todos jogadores eram cria dos clubes vindo um ou dois de fora … não é por acaso que a torcida sabe de cor a escalação de um bom time e quem é o reserva de quem … o resto é dinheiro jogado fora.

  • Fernando Silva disse:

    Graziani, manda o alo pro meu Pai SR. Edmilson Felipe

    obg!!

  • Andrade disse:

    Concordo com o leitor acima onde expressou sua opinião sobre o Raul. Entendo que o Pedro Ken deveria jogar com Ricardinho como volantes. O Ricardinho como ponta de lança é uma gracinha, fica dando bola de lado o tempo todo, não chuta mais a gol, não tem mais poder ofensivo como tem que ser um ponta de lança, desaprendeu, ou não tem mais confiança. O Chamusca tem que colocar outro jogador para essa função, pode continuar com o pio, até mesmo Rafael Carioca, pelo menos chute forte de fora da área vai ocorrer, juntamente com o Pio. O Lelê precisa readquirir ritmo de jogo e será titular. E insisto que o Vozão precisa jogar com três atacantes, Lelê na esquerda, Roberto na direita, e o Elton como centroavante. Tanto o Lelê como Roberto, descem para marcar pelo lado esquerdo e direita respectivamente . O Elton pode marcar até o meio do campo. O restante marcaria pelo meio. Assim, teremos mais jogadores perto do gol do adversário, os jogadores citados tem condição física para recompor quando formos atacados. Chamusca és o treinador, ganha muito bem para esse mister, então, remaneja o time com esses jogadores que seremos outro time. Pense bem nisso.

  • Roberto Silva disse:

    Sobre o gol polêmico do Inter, eu não tenho a menor dúvida: gol irregular, pois o jogador impedido participou do lance correndo em direção à bola e, em seguida, se beneficia claramente de sua condição irregular. Óbvio isso.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *