Futebol do Povo

Ceará: plano prevê aumento escalonado de gasto com elenco até a Série A, que pode chegar a R$ 2 milhões; entenda

3535 70

A diretoria do Ceará sabe que terá que aumentar os gastos com o elenco para a próxima temporada e já traçou um plano para colocá-lo em prática. Ainda que se tenha como ideia o não investimento na contratação de jogadores considerados “medalhões”, ou seja, que chamem atenção apenas quando chegam e não pela capacidade técnica e de doação, o clube terá que conviver com uma folha de pagamento bem maior na comparação com 2017, até porque o Ceará mudou de patamar deixando a Série B e alcançado a Série A. Terá mais receita, mas igualmente gastará mais.

O objetivo da diretoria é aumentar a folha em 50% já para as disputas do Campeonato Cearense, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Assim, o gasto com o elenco que foi por volta de R$ 850 mil na Segundona deve ir para R$ 1,2 milhão até abril, quando começa a Série A.

LEIA MAIS: Na Série A do Campeonato Brasileiro, Ceará terá pelo menos o dobro da receita em relação a 2017

A partir do início da disputa da primeira divisão o leque se abre, naturalmente. Em tese o objetivo é montar um elenco que custe R$ 1,5 milhão por mês, mas que pode eventualmente chegar aos R$ 2 milhões – teto máximo viável – dependendo da entrada de novos patrocinadores, arrecadação com programa de sócios, bilheteria e da oferta de mercado para atletas que se encaixem no perfil de oportunidade, ainda que custem mais caro.

Mesmo que chegue aos R$ 2 milhões por mês de folha, o Ceará estará entre os clubes com menor gasto com elenco na Série A 2018, por isso a necessidade da margem de erro ser mínima para que o time consiga permanecer sem sustos.

Para efeito de comparação, abaixo seguem os valores que os clubes gastaram com seus atletas no Brasileirão em 2017 (fonte: ESPN). Falta uma rodada ainda para o término da competição.

Clube – milhões de reais

Palmeiras 11,0
Atlético-MG 10,2
São Paulo 9,5
Flamengo 9,0
Corinthians 8,1 (campeão)
Cruzeiro 8,0
Grêmio 7,2
Fluminense 4,9
Santos 4,5
Vitória 4,1
Vasco 3,9
Botafogo 3,8
Sport 3,7
Atlético-PR 3,5
Coritiba 3,2
Bahia 3,0
Ponte Preta 2,0 (rebaixado)
Chapecoense 1,5
Avaí 1,5
Atlético-GO 1,4 (rebaixado)

 

Recomendado para você

70 Comentários

  • TricolorConsciente disse:

    O canal vai ter uma receita bem maior que nosso tricolor, mas não me preocupo. Em 2017, o salgueiro com gasto mensal de no máximo 200 mil, jogando série C, so não ganhou do Sport, que tem gasto mensal de 3,7 milhões, porque o roubaram no árbitro de video. O arbitro de video mostrou que o gol do salgueiro foi legal e mesmo vendo as imagens, o juiz anulou o gol (sim, na final do pernambucano teve árbitro de vídeo). Assim, espero que com receita menor, nosso tricolor gaste melhor. Confio no Rogério Cni. St

    • Milton disse:

      Curralense vai se preocupar é com o teu curral, não é a toa que passaram 08 Anos seguidos na C ZONA, ficam olhando para o vozão esquecem dos deles e tomem Fumo no C a n e c o da leoa veia do Curral. cuidado com Serie C não Curralense pois a inveja quando não mata alejá.

    • Chico caucaia disse:

      Raiva mata

    • Sérgio Malandro disse:

      Só quero ver quando o Rogério Ceni começar a fazer a lambança que fez no São Paulo e a torcida pedir a sua demissão. E tome 1 milhão de multa na conta do falido liaum, que será repartida igualmente entre o Ceni e alguns dirigentes espertos. O Bosco também leva uns trocados nesta jogada malandra. Kkkkkkkkkk

  • josé disse:

    eu tenho na cabeça a seguinte constituição para a serie a:
    de titular, apenas 4 do atual elenco, que seriam goleiro everson, volantes richardson e pedro ken e atacante elton.
    das sete contratacoes para o restante do time titular, em 4 posições eu entendo que o ceará deveria investir realmente mais alto (as identificarei em caixa alta)
    everson; CONTRATAR LATERAL DIREITO, contratar zagueiro, CONTRATAR ZAGUEIRO, contratar lateral esquerdo; richardson, pedro ken, contratar meio campo, CONTRATAR MEIA ATACANTE, CONTRATAR ATACANTE DE BEIRA DE CAMPO, elton.
    ficariam ainda para compor banco/elenco os seguintes jogadores: fernando henrique, pio, rafael pereira, luis otavio, thiago alves, raul, ricardinho, lima (caso conseguissemos com o gremio), artur e leandro carvalho.
    contratariamos ainda para completar o banco/elenco um goleiro, um lateral direito, um lateral esquerdo, um volante, um meia atacante caso o lima nao ficasse, um centroavante e dois atacantes de beira de campo.
    portanto, ficariamos com 14 jogadores do atual elenco, sendo 4 titulares.
    e contratariamos mais 15 jogadores, sendo 7 titulares, dos quais 4 teriam um investimento maior, naquelas posicoes que indiquei.
    ficariamos entao com um elenco de 29 jogadores, todos com condicoes de entrarem em campo quando solicitados, e com um time titular bom, especialmente com aquelas 4 contratacoes um pouco mais selecionadas (e mais caras, evidente).
    creio que com dois milhoes por mes dá para fazer um time assim.
    vou chutar: assim, dos 18 que nao seriam titulares, vamos colocar 50 mil por mes um pelo outro, o que daria 900 mil.
    doa 11 titulares, vamos colocar 7 na faixa de 80 mil um pelo outro, o que daria 560 mil.
    e daqueles 4 jogadores mais apurados, colocariamos na faixa de 120 mil um pelo outro, o que daria 480 mil.
    total: hum milhao e novecentos e quarenta mil reais.
    dá sim.

    • Roberto disse:

      Um detalhe Graziani: A Série A próximo ano começa em abril e não em maio.

      Ah sim, verdade. Atualizado já.
      Muito obrigado, Roberto
      FG

    • Abilio disse:

      Embora não concorde com tudo uma boa análise.

    • Oliveira disse:

      Discordo.

      1) acho 29 jogadores um numero mto elevado, entre 22 e 24 jogadores de linha sendo de 5 a 8 polifuncionais (como pio e richardson) q jogam em mais de 1 posiçao é o ideal. Primeiro pq vc investe mais em qualidade q em quantidade e depois pq nao fica com jogador insatisfeito no elenco, alem de poder trazer pontualmente mais jogadores.

      2) vejo q a base desse time ai(goleiro, lateral direito – eu apostaria sim no richardson cobrindo essa posiçao, com raul e ken no meio, trazendo um cara completo pra jogar com eles, tipo um ricardinho porem mais inteiro fisicamente – 2 zagueiros, 2 volantes e pelo menos 1 homem de meio frente) pode sim jogar uma serie a… com 1 bom lateral esquerdo, um bom meio campista (completo, que saiba marcar, recompor sem a bola e chegar na frente) alem de 2 homens de frente de qualidade dá pra jogar uma serie a.

  • Vovozão10 disse:

    Vozão fazendo como a Chapecoense (Folha de 1,5 milhão mês) e garimpando jogadores com histórico de comprometimento, vontade de vencer, jovens e com força física apurada FICA FÁCIL NA SÉRIE A. Dinheiro não é tudo, vide São Paulo que com folha superior a 9 milhões lutou para não cair e a Chape luta por Libertadores ainda. Portanto, o principal é sim planejamento e busca de jogadores com perfil de vencedor, que hoje é de fácil identificação. DE MEDALHÃO, CHEGA, BASTA.

    JOGADORES DESCONHECIDOS E COM FOCO PARA CRESCIMENTO JÁ. COMO ÉVERSON, RICHARDSON, DENTRE OUTROS. É fácil encontrar, é só procurar, eu vejo, por que os dirigentes não veem???

    Sem mais para o momento, fico por aqui. AVANCEMOS!!!

  • SuperVozão disse:

    Caro FG, em outro comentário você destacou que o orçamento do Ceará, no próximo ano, deve ser de, no mínimo, 60 milhões. Se a folha salarial com jogadores for de 2 milhões durante 8 meses e 1 milhão e meio durante 4 meses, serão gatos cerca de 22 milhões com jogadores, em 2018. E os 38 milhões restantes serão gastos com que? Sei que há muitos outros gastos(funcionários, água, luz, divisões de base, etc…), mas creio que para fazer bonito na série A e não correr riscos de queda, talvez seja importante aumentar esse valor mês para, pelo menos, para 2 milhões e meio…

    Entendo teu ponto, mas há impostos a se pagar, rescisão, contas de consumo, funcionários, manutenção e compra do CT, manutenção do estádio, premiação de jogadores; é coisa demais. Acho até que esse gasto pode chegar perto de R$ 2,5 milhões, mas não é o plano traçado agora não. Pra vc ter uma ideia, esse ano foi bem complicado para o Ceará financeiramente e o clube teve adiantamento da Globo (dentro desses R$ 32 milhões de cota) e já utilizou em 2017 uma parte. Valeu.
    FG

  • dado disse:

    A ordem é empreender sempre. O maior exemplo disso é a CHAPECOENSE decididamente. Mas os dirigentes do Ceará partem de uma premissa razoável ao analisarem um piso daquilo que será gasto com o elenco em 2018 pelo evento série A. E procurar maximizar os seus benefícios daquilo que for investido. Particularmente acho que estamos muito longe de sermos exemplo para alguma coisa em todos os segmentos. Mas nunca é tarde para começar a aprender. Temo apenas pelo abandono das premissas estabelecidas inicialmente logo que alguma tormenta comece a balançar o barco. Aí virão aqueles torcedores com a cabeça feita por aqueles segmentos de imprensa afirmando que o clube deverá gastar mais, porque o torcedor garantirá, dentre outros conhecido bordões. Se isso novamente acontecer, podem ter certeza, estaremos novamente a caminho do “fundo do poço”, e fazendo o percurso de volta. Então, como homens preparados que são, que os dirigentes do Ceará tenham sempre o pé no chão, seja qual for o caminho que o barco tiver tomando. Na certeza que fizeram o melhor e com juízo.

    É isso.
    Esse papo que “pode contratar que a torcida paga” é uma das maiores invenções populistas já criadas.
    E tem muita gente que cai nessa.
    FG

  • Daniel zim disse:

    A SÉRIE B ESTÁ AGUARDANDO O CANAL INFECTADO NO FINAL DE 2018.

  • Faoly Oliveira disse:

    Eu analiso assim: é trabalhar focando clubes concorrentes de disputa direta como: Sport, Bahia, Curitiba, Chapecoense, América Mineiro, Paraná, Vitória, Atlético paranaense etc. E aqui e ali tirando pontinhos de leve dos abastados!!! Assim se se mantem, sem dúvida, este é o plano. Lembro que o vozão é osso duro de roer quando joga com clubes considerados grandes. Meio termo com os da C e D……. Aquele daqui que adora a série C, de quando em de quando em quando o Vozão escorrega…. Parece que não se interessa muito !!!

  • CARLOS LIMA disse:

    tem que contratar jogador que tenha passado por grandes times (Pedro Ken, Elton )
    e ainda possuam a mesma vontade que tinham de vencer e de conquistar.

    como por exemplo o Welingtom Paulista (Chapecoense) que sempre faz gols em jogos importantes contra os grandes .

    o Ceará em 2009 tinha um time mediano, onde a Estrela principal era o Magno Alves, mas o elenco era unido e muitos eram do time que conseguiu o acesso (Geraldo, Heleno, Boiadeiro, Michel..etc.) o time tinha uma Base, e o entrosamento foi fundamental para o time ter se mantido na Série A.

    portanto é necessário que o Chamusca permaneça e a Base do time que conseguiu o acesso ( Everson, Rafael , Luis Otávio, Pio, Ricardinho, Richardson ,Raul, Pedro Ken, Elton , Magno Alves ) o Lima mas dificilmente ficará, e o Leandro do Paysandu, que também acho que não ficará.

  • LEÃO SÉRIE Á 2019 disse:

    primeiro rebaixado de 2018

  • CLERTON BENEVIDES MACHADO disse:

    OLÁ FG….Vendo uma reportagem sobre a queda do Atlético Goianiense, eles comentam um erro grave: deixaram para montar o elenco para a série A, pouco antes do início, quando os bons jogadores já estavam empregados, no sonho de pegar jogadores do campeonato Paulista. …Já estamos vendo que o Ceará irá cometer o mesmo erro…… a incompetência de nossa diretoria vai ser a causa da queda em 2018, igual ao Evandro Leitão, quando caímos em 2011.

  • Evandro disse:

    Gostei como plano inicial reservar mais recursos perto e inicio brasileiro ,pois regra que permitir mudança equipe com seis jogos,vai gerar otimas possibilidades para o vozão ,e gastar com campeonato cearense é burrice ,acho apenas que saber lidar com rodizio jogadores com diversas competiçoes sera grande desafio p chamusca,pois todo jogo camp. brasileiro sera prioridade e tem a copa do brasil que ceara tem usar bem seu reservas e titulares com times mistos ,torço p tudo dar certo pois ceara merece demais sucesso pois é um clube muito correto e é meu time desde bebezim.

  • Evandro disse:

    Acredito fg que vc nao inclui em listas folha do inter pois eles jogaram a b ,mais vale curiosidade sobre previsao cotas america mg ,parana.se voce pder dizer sobre cotas e folha destes seria bem legal,vale fg,outros da cronica cearense nao realizam esse trabalho como vc vc é o cara!!
    I

  • Leão Querido disse:

    Não tem como se planejar um aumento de 130% dos gados sem antes ter planejado a receita, diretoria do Ceará dormiu e não acreditava no acesso que veio por acaso, agora fica cheios de planos e projetos, mas o resultado será o mesmo de sempre, cairá em lanterna faltando 10 rodadas, quem viver verá. Os times cearenses são amadores desde o planejamento até a forma de explorar as mídias sociais e aberta, um grande exemplo está no jogo festivo, o Corinthians arrecadou 9 vezes mais vendendo publicidade no jogo festivo, a camisa do Ceará é uma das senão a mais barata dos times da A e B juntas até mesmo que a do fortaleza, excesso de amadorismo reverterá em queda. Prepara vozao que a humilhação tá chegando. São uma grande piada

    • CARLOS LIMA disse:

      que eu saiba em 2010 o Ceará na Série A, terminou na 12a posição e conseguiu sua participação na Sulamericana em 2011.

      que eu saiba em 2011 o Ceará na 38a rodada tinha chances de permanecer na Série A, não permaneceu na Série A por 3 pontos.

      o Ceará não é igual ao seu Liaum (15 anos na C ) não passamos VERGONHA nas competições que disputamos.

    • torcedor disse:

      é muito trauma….culpado=MIMI 48…..laskou o time do Kurral no ano do 100 T NADA

  • Petrônio Costa disse:

    Entra ano e sai ano, e esse besteirol sou série A, sou série B, ou então nunca fui de série C e outras besteiras do tipo, continuam! Caras vcs não se cansam disso não? Isso influi alguma coisa na preferência do torcedor? Claro que não! Curtam estes momentos, é, momentos porque não passam disso. Se o Ceará não formatar uma equipe mais forte que essa, volta pra BEZONA de novo, e isso se aplica ao Fortaleza também. Então é comemorar os acessos, mas sem esquecer que a palavra nunca para o futebol não existe.

  • Rai disse:

    Cadê mesmo o Rogério? Será um novo Lombardi?! Se fosse o Raimundinho já estava com o time todo formado…

    • torcedor disse:

      Vc já ouviu falar na área da educação da modalidade EAD – Ensino a Distancia? agora está conhecendo TAD – Treinador a Distancia….coisas do time do kurral….kkkkk

  • Marcelino disse:

    Como o nível da competição na Série A é, geralmente, bem mais elevado, com equipes tecnicamente muito mais qualificadas, óbvio que o Ceará – voltando agora à 1ª divisão – prepare-se para aumentar suas despesas em 2018. É o caminho natural e até necessário.

    O Fortaleza, por ter posto fim ao doloroso calvário de 8 anos na terceirona e retornado à segunda divisão, terá também que se preparar para aumentar seus gastos em 2018, embora que numa escala bem menor do que o Ceará.

    Mas é razoável admitir que o FEC sofrerá um impacto muito maior do que o Ceará nesse esforço, pois 8 anos numa terceira divisão afetam terrivelmente as finanças de qualquer clube de futebol. Arrasam, na verdade.

  • GIRCELYMENDES DE Reriutaba disse:

    O CARNICA DO CEARA SO VAIPASSAR ESTE ANO DE 2018 NA SERIE A A VAGA DELE JA ESTAR QUARDADA NA SERIE DE 2019 NA B

  • Glayson Rodrigues disse:

    Como pensam pequeno esses dirigentes do Ceará. Fazer time de 2 milhões. É brincadeira. Eles estão loucos pra descer de novo, pois só na B que conseguem ter lucro

    Pensar grande é gastar o que não se tem com elenco, fazer dívidas, não investir na estrutura do clube e atrasar salário?
    Bacana
    FG

    • Valdemir Felipe disse:

      Glayson, o Vozão em 2010 se classificou para Sulamericana, e não caiu. Porque manteve a base que subiu em 2009 e trouxe bons reforços. em 2011 o Vozão se arriscou trazendo medalhões e gente sem amor a camisa e caiu pra B. A CHAPE é exemplo.Só gasta 1,5 milhões por mês, mas dá um prêmio bom se o time não cair. Além de fazer bom trabalho de Garimpar Elenco! O Vozão tem que manter uns 15 Bons jogadores que subiu, e contratar outros 15 Bons Garimpados. E o Chamusca vai dar conta… Dos 60 milhões de Receita Alvinegra, o Vozão deve guardar Prêmios por Libertadores, e um Montante para reformar Carlos Alencar Pinto. #BoraVozão

  • Ruim não é cair pra série B é sim para C.

  • carlos disse:

    O Ceará tem que se planejar, porque primeiro precisa definir o que é promessa e o que é medalhão, porque não se pode é cair no conto do vigário achando que promessa é realidade porque não é bem assim

  • Anotarino Torres disse:

    Não concordo que temos que tirar um pontinho aqui ou outro ali dos grandes. Os grandes são os que definem os rebaixados basta ver que a Chape pontuou bastante contra os grandes e o Vitória pode não cair pelo mesmo motivo. Desses grandes tem sempre uns três mal todo ano, que fazem campanhas ruins. Pode perceber que nunca os doze grandes terminam nas 12 posições de cima. Isso significa que sempre tem uns dois times menores entre os maiores. Nos últimos seis anos é a primeira vez que não cai um gigante. Mesmo assim, SP, ATL MG, FLU e BOT não fizeram um campeonato bom.

  • Vão cuidar do timeco de vcs stelitas!!!! Estamos e SOMOS da sérieA CEARÁ SPORTING CLUB!!! E vcs??coitados subiram no Bambo!! O CEARÁ NESSE ABENÇOADO ANO DE 2017 HONROU O NOSSO MANTO SAGRADO E HONROU TAMBÉM A TORCIDA MAIS FIEL E CALOROSA DO NORDESTE!!! SEMPRE APOIOU O CEARÁ ,NUNCA ABANDONAMOS ,SEMPRE ESTIVEMOS E ESTAREMOS COM VCS!!!!SEJA NUMA CAMPANHA DE MANUNTENÇÃO OU EM UMA CAMPANHA DE ACESSO COMO FOI ESSE ANO!!! O QUE VIER DAQUI PARA FRENTE SEJA POSITIVO OU NEGATIVO SERÁ A COLHEITA DO FRUTO Q PLANTAMOS NESTE INESQUECÍVEL ANO DE 2017!!!!! AGRADECE O ALVINEGRO MAIS QUERIDO E IDOLATRADO DO NORTE NORDESTE BRASILEIRO!!!!! SEJAMOS BEM VINDOS À ELITE DO FUTEBOL BRASILEIRO!!!! CEARÁ SPORTING CLUB!!!!!

  • Vander disse:

    O mais difícil são as escolhas de jogadores, Graziani. O trabalho de montagem do elenco para a Copa do Nordeste de 2015 foi bem feito. A dificuldade começa a aparecer com o retardamento das contratações. Daí vem a falta de entrosamento e quando se quer reagir, o campeonato já acabou. Essa conversa de montar elenco para competição x, y, x, acaba mal.

  • OMAN disse:

    O Ceará subiu no jogo contra o Criciúma e já pegou um adiantamento da Globo (dentro desses R$ 32 milhões de cota) tendo nos últimos jogos cinco rendas excelentes? Melhor desistir desse negócio de série A…

  • SALINHO disse:

    Ceará tem que fazer um time “pé no chão”, mantendo a espinha dorsal desse atual time. A diretoria não pode cair na tentação de gastar mais do que pode.
    Até porque cair para série B não é nenhum absurdo, porém se cair com muitas dívidas e desestruturado, vai direto pra série C, como aconteceu com Fortaleza, Náutico, Santa Cruz.

  • Mário disse:

    Indicações para o vozão em 2018:

    Samuel Xavier, Valdívia (ex-inter), Nikão, Rafael Mouta, Oswaldo

  • Lucas Leão disse:

    Tricolor consciente, o nosso Leão que foi mais vezes da Série A que o Canal, inclusive vice-campeão por duas vezes, quando estava na Série A de 2005 a Folha do Tricolor do Pici era de quase 2 milhões de Reais, por isso permaneceu mais dois anos na Série A. Últimas vezes: 2003, 2005 e 2006, e o canal apenas 2010. Vejam sites.
    E quanto à receita do Leão na Série B de 2018, será quatro vezes maior que na Série C. Por isso dá prá formar um bom time, pois ainda tem as rendas e os produtos das lojas do Tricolor de Aço do Pici.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Valdemir Felipe disse:

    Vozão tem que Montar elenco 2018 logo, embora não todo. Tem que manter a Base de 2019, e contratar alguns Garimpados e que queiram crescer na Vida. Não adianta Medalhões que não correm, nem entram em divididas… O Vozão tem que gastar até 1,5 por mês como a CHAPE, e dar é prêmio por Libertadores e Sulamericana… motivar e manter Elenco unido e motivado! Dos 60 Milhões de Receita o Vozão deve guardar 20 para gastar no Carlos de Alencar Pinto… e começar nossa Arena!

  • Bruno disse:

    Graziani,

    que história é essa que o Ceará pegou um adiantamento da rede Globo? De quanto?
    Provavelmente deve ter sido menor do que 5,2 milhões, pois a subida para a série não era certa.

    É real, pode acreditar. O valor ficou por volta de R$ 4 milhões. O adiantamento não era certo, mas foi fundamental para garantir a promessa do prêmio para a subida da diretoria para os jogadores. Se não subisse, depois a Globo compensava de algum jeito para receber de volta, evidente.
    FG

    • Bruno disse:

      Uau! Interessante. Ainda bem que deu certo. O efeito da crise econômica no futebol também é claro. Já não bastasse a violência, a pouca acessibilidade e a falta de bebidas alcoólicas, o preço do ingresso estava muito caro. Não falo só do ingresso em si, mas de todos outros valores atrelados a ele, como comida e transporte. Com jogos 2 vezes por semana, era muito difícil manter público bom todos os jogos. Com um país afundado em uma crise política sem fim, não vejo 2018 como um ano melhor. Ainda bem que estaremos na 1. divisão.

  • Gustavo disse:

    Os times menores nunca terão chance de almejar algo maior na série A. Nota-se pela folha de pagamento publicada na matéria, onde com esse orçamento do Ceará, ele brigará para não cair, podendo escapar se montar um time competitivo e como caem quatro, times com o mesmo orçamento podem cair na frente dele. Enquanto não houver uma divisão financeira mais igualitária, fica difícil e é pq o Ceará ganhará R$ 32 milhões só de direitos de transmissão, fora patrocínios, rendas e etc. Diante de tudo isso, só tenho duas certezas, a primeira é que a torcida não quer saber, se o time for mal, protestos e cobranças serão enormes e a segunda, como é difícil fazer futebol.

  • felipe disse:

    absurdo a desigualdade no futebol, nada mais do que o retrato da propria sociedade, agora está explicado o porque que os clubes sobem e volta rapidamente, quase que impossivel competir dessa forma…. mas o vozão vai na coragem de um bom nordestino!

  • Robson disse:

    É por isso que a euforia de certos alvinegros com essa projeção de arrecadação é ingênua, pra não dizer outra coisa.

    Parece que na contabilidade de certos torcedores não existe uma coisa chamada “restos a pagas” e “despesas”, é só “receita”.

    Saudações Tricolores !

  • CSA- Ceará Série A disse:

    O importante é o Planejamento inicial já em Dezembro. Começar a pré temporada (18 Dez) -20 dias com jogadores da base e novos contratados. Os titulares começar em 26 dez- 30 dias. Trabalho físico e muscular.
    O ano de 2018 para o Ceará será longo:Manjadinho, Copa Nordeste, Copa do Brasil, talvez 1a liga e serie A antes da parada da Rússia. Fazer o máximo de pontos nas 10 primeiras rodadas antes da parada da Copa da Rússia. Depois da Copa 2018 os times da série A se reforçam aí fica difícil.

    Foi assim em 2010. O Ceará do PC Gusmão em 7 rodadas fez 17 pontos- 80% aproveitamento, 100% em casa.
    Para mim: Colocaria os titulares na Copa no Nordeste e Time B(Misto) nas fases inicial do Manjadinho(10 classifica 6) e Copa do brasil.
    Preservar o time titular para dar o máximo na parte física nos meses de Março,Abril e maio(finais do Manjadinho, Copa do Nordeste e a 10 rodadas da Série A)

    Quanto ao planejamento Financeiro 1,5 milhões é um valor justo para o Ceará na série A. O Dobro do atual elenco. Sem medalhões e com jogadores disposto a correr o Ceará igualando a parte física com os times da série A, já dá um grande passo para permanecer na série A em 2019

  • TONHÃO DA TEJUÇUOCA disse:

    Perfeita a sua análise caro Graziani
    Acho que uma folha salarial para a serie A de 2 ou no máximo 2,5 milhões dá sim para fazermos uma ótima campanha e disputar vaga na Sulamericana ou Libertadores. Vejam o caso da Chapecoense. O principal case de sucesso nas contratações é exatamente ter o pé no chão e saber contratar. Amigos não é fácil encarar uma tragédia daquele tamanho onde o elenco foi praticamente todo dizimado, remontá-lo e fazer bonito na serie A em tão pouco tempo. Isso é saber trabalhar. Saber contratar as peças certas para os lugares certos. E foi isso que eles fizeram.
    Não existe no futebol brasileiro um modelo de gestão onde nossa diretoria pudesse se espelhar melhor do que no modelo da Chape. Em contra ponto vejam o Sport. A diretoria pegou corda da torcida e conselheiros que se acham o maior clube do Nordeste e trouxeram Luxemburgo. Velho, ultrapassado, tanto que estava desempregado. O que aconteceu em seguida não preciso citar.
    Ao contrário de um timeco acolá que vai aproveitar apenas o goleiro, nós temos bons jogadores com totais condições de encarar as disputas em 2018. E fazer bonito. Temos uma boa base. A partir daí é fazer as contratações pontuais para ajustar o elenco. Jogadores comprometidos com a nossa causa.
    E torcida alvinegra. Esqueçam essa conversa fiada de medalhão. Pra estar aqui bebendo, curtindo a noite de nossa cidade e outras coisas mais basta nós torcedores.
    SAUDAÇÕES DE PRIMEIRA!

  • MIMI-48 disse:

    PSG: franceses confirmaram que farão sua intertemporada de fim de ano em Doha, no Qatar. A diretoria do PSG AINDA PENSOU EM CANCELAR a ida ao Qatar para jogar com o Liaum da Floresta-Ex série C

    Stella liaum da Floresta vai se CATAR

    kkkkkkkkkkkk
    kkk
    kkk
    kkk
    kkkkkkkkkkk

  • Luis Fernando Oliveira de Araujo disse:

    Alguem ja comentou e vou corroborar!! Tem que montar a equipe da serie A agora no começo do ano, senão fizerem isso não vão encontrar peças qualificadas e ficara mesma campanha do Atletico Goiniense!! Antes serie A tem copa nordeste e copa brasil, ja precisa de uma equipe qualificada. Acorda diretoria, monta time logo!! Quando chegar em abril a equipe ja estara entrosada!

  • JOÃO FILHO disse:

    Cair para a série B não é um desastre, desastre é cair pra série B cheio de dívidas e sem controle financeiro. Assim, acabam caindo para a série C (vide Fortaleza, Paysandu, Santa Cruz, Náutico…)
    Não adianta querer fazer um elenco caro demais, pois tem-se que pensar no clube a longo prazo.

  • JOÃO FILHO disse:

    E o que as pessoas tem que entender é que o Vozão agora ficou mais pobre e não mais rico.
    O Ceará era o terceiro elenco mais caro da Série B, agora estará entre os quatro elencos mais baratos entre os 20 times que participam da Série A.
    Então a diretoria tem que ser muito certeira, pois a margem de erro é quase zero.

  • Como foi importante o papel da diretoria e a parte que cabe a ela no mérito no acesso.A blindagem dos jogadores e do elenco de um modo geral fez que evitassem perdas ao longo de toda a légua tirana da sérue B.O que infelizmente aconteceu em 2015 após ganharmos de forma invicta a Copa do Nordeste,onde praticamente meio time foi desfeito.Vem a máxima do dirigente Ruy do Ceara,”técnico ganha jogo,diretoria ganha campeonato”.

  • O campeonato brasileiro da elite do futebol do país tem aspectos que o diferencia de sobremaneira dos demais campeonatos de outros paises.Aqui praticamente,caso um dos grandes esteja na segunda divisao,sessenta por cento dos times brigam pelo título da temporada.Quize por cento dos menores tendem a cair e um quarto dos clubes de futebol brigam para manter-se na elite.É nesse cenário que o Ceará tem que ter seus objetivos e metas bem definidos.Ou seja,tentar ficar entre os que se incluem para permanecerem no limbo.Com um bom planejsmento e controle de gastos pidemos superar os que lutam para cair e permanecer para 2019.As chances com essa diretorua sao muitas.

  • Seca Pacotinho disse:

    Se você der uma olhada nos dados, com folha menor de 3 milhões só a Chape escapou, mas tem um detalhe nisso ai, a chape teve ajuda de todo mundo para montar esse elenco, boa parte dos jogadores recebem apenas metade (ou menos) dos salários pelo time de Santa Catarina. Se a eles tivessem que pagar todo o seu elenco, o valor seria bem mais alto que esses 1,5 milhão. Resumindo, vai ser um ano dificílimo para o Ceará, até pq como o próprio jornalista afirmou, o clube já adiantou parte da cota de 2018. É uma realidade cruel a divisão de cota da serie A, os clubes mais pobres necessitam se unir pra tentar modificar isso, mas é complicado fazer isso na prática, a força política dos grandes é opressora. Fosse uma divisão de cotas como da liga inglesa, Ceará teria um pouco mais de chance, mas no caso do brasileiro, acho muito difícil a permanência por mais de um ano.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 17 =