Futebol do Povo

FORTALEZA 1 X 2 CEARÁ – ANÁLISE DA FINAL DO CEARENSE 2018 | NA PRANCHETA #7

916 9

A 7ª edição do “Na Prancheta” analisa a grande final do Campeonato Cearense 2018, em que o Ceará voltou a vencer o Fortaleza por 2 a 1 e ficou com o título.

A conquista premia o time que fez melhor campanha durante todo o Estadual e apresentou melhor desempenho nas finais.

Você concorda que o título do Ceará foi justo? Ou o Fortaleza merecia ser campeão?

Deixa sua opinião nos comentários.

Recomendado para você

9 Comentários

  • Sérgio Filho disse:

    Não fiquei chateado, pois já esperava por isso. Esperar por fracassos em jogos decisivos faz com que não exista margem para os sentimentos de frustração e decepção, assim como permite uma leitura de jogo de forma muito mais clara.

    Ao contrário do que muitos pensam, não acho nosso elenco tão limitado assim. Não sei se tem nível para brigar na parte de cima da Série B, mas também não creio que brigará na parte inferior. É um elenco mediano. Também acho que poderíamos ter oferecido mais resistência e perigo ao adversário, desde que nosso treinador tivesse feito o básico.

    Estamos no mês de Abril, o campeonato estadual acabou, a Série B está batendo na porta e ele não definiu o time titular. E esse papo de que ele ajusta nossa equipe conforme o estilo de jogo dos adversários, francamente, não me desce. Vejo que ele se perdeu ao longo do campeonato, cometeu erros bisonhos e não os reconheceu em momento algum, estando sempre transferindo a responsabilidade para quem não tinha nada a ver. O título não ter sido conquistado foi apenas uma mera consequência do trabalho mal feito até aqui.

    A verdade é que nosso time só tinha uma jogada, e a mesma já estava mais do que manjada. O sistema de jogo era lançar bola na área para o Gustavo resolver de cabeça e, caso ele não resolvesse, seja o que Deus quiser. Estava mais do que claro que não iria funcionar o tempo inteiro. O time não tem tabela, triangulação e o meio de campo inexiste na parte criativa. O meio é o coração de toda e qualquer equipe, e se essa criação não acontece, o natural é que a equipe fique previsível e fácil de ser anulada.

    Espero que hajam contratações pontuais e, por gentileza, tragam dois laterais, pois esperar que o morto do Tinga e o amarelão do Bruno Melo resolvam é de lascar. Na minha opinião, ambos foram os piores dos dois últimos jogos. Tinga já começava o jogo cansado, quase implorando para acabar, enquanto Bruno Melo amarelou total. Não digo isso pelo pênalti perdido, mas pela péssima marcação e erros inaceitáveis na hora de fazer cruzamentos. Errou passes bobos e estava nitidamente nervoso. Sem comentários.

    Vamos agora enfrentar o campeão da Série A2 do Campeonato Paulista. Segundo teste de fogo, depois das finais.

    Saudações Vermelhas, Azuis e Brancas !!!

  • CARLOS LIMA disse:

    o time B do Ceará é melhor do que o time do Liaum (15 C). o ataque Roberto, Elton, Coutinho, o meio Campo, Raul, Reina, Canhoto, a lateral direita com Ernandes, a zaga com Rafael Pereira, etc.. agora colocando o time A do Ceará contra o Liaum (15 C) .vai acontecer o que ocorreu .. 3 vitórias e 1 empate.

    no primeiro jogo da Final ( CSC 2X1 Liaum ) se o Ceará aproveita as chances criadas nos 90 minutos, era jogo para 5×1 (goleada) e então o ultimo jogo da final seria apenas um amistoso. fazia tempo que não se via uma diferença tão grande de um time para o outro, uma superioridade tão grande. acredito que em 2013 quando o Ceará venceu o Liaum na semi final (3×0, 3×1) tenha ocorrido isso.

    um aviso para os torcedores do Liaum (15 C ) com esse time fraco ,a briga será para se manter na Série B, e nunca para disputar o acesso..

  • João Ximenes disse:

    Minha PRANCHETA nunca foi tão simplificada e dolorosa(pra nós TRICOLORES é claro).
    Por mais que EU “arregale” os olhos nessas pranchetas, só consigo enxergar um time preso conscientemente.
    VOU NEM ABRIR A TELA, porque vejo assim:

    FEC 0 X 2 Eles Lá(os daqui)
    FEC 1 X 1 Eles LÁ(…)
    Eles LÁ(…) 2 X 1 FEC
    FEC 1 X 2 (Eles LÁ(…)

    1 empate; 3 derrotas; 3 gols feitos; 7 sofridos; 4 times diferentes.

    E pensar que o “presidente diretor de futebol a vida toda” já garantiu Ceni no “comando” na Bzona.

    Sempre ME POSICIONEI contrário a esse negócio de troca troca de treinador, porque, quer queira quer não, vai ser sempre um atraso de trabalho. Mas a maneira que se sucedeu a coisa… SERIA NO MÍNIMO PRA ACONTECER A TROCA, pra dar novo ANIMO ao TORCEDOR, antes de começar Bzona.

    Já que é assim: CENI vai ter de TRABALHAR MUITO pra me fazer “voltar” as ARQUIBANCADAS.

    EU disse “VOLTAR”.
    Digamos que seja a minha maneira de PROTESTAR com essa merreca de trabalho que vi até aqui.

    Tomara que o “presidente diretor de futebol a vida toda” esteja certo, pois QUERO participar das arquibancadas.

    Antes: QUEREM MOLEZA ? POIS VÃO EMPURRAR BEBUM NA LADEIRA, porque meu DINHEIRO ainda não dá em arvore e nem o encontro em calçada alta.

  • Robson disse:

    Justo sim, mas o diferença de desempenho entre os 2 times na final foi em muito proporcionada pela atuação trágica de Rogério Ceni nos dois jogos finais.

    Primeiramente, esclareço que não me somo aos adeptos de terra arrasada que sempre aparecem nessas horas. Nem tudo está errado no atual trabalho tricolor, assim como nem tudo estaria certo em caso da conquista desse titulo.

    Dito isso, é preciso que essa derrota provoque reflexões sobre alguns aspectos do trabalho de Rogério Ceni. O primeiro desses é o fato do time entrar – de novo ! – com 3 volantes e 3 zagueiros em um jogo que precisava atacar para reverter a desvantagem do rival. O técnico tricolor parece que não assistiu o primeiro jogo da final, se assistiu, esqueceu que o time ficou travado demais com essa escalação excessivamente “cautelosa”.

    Segundo aspecto, o time parece que se limita a uma única jogada: bola aérea para Gustavo brigar com os zagueiros. Com as peças que tem e com 4 meses de trabalho praticamente, o time já deveria apresentar repertório melhor que o apresentado até aqui.

    Terceiro, o preparo físico é claramente deficiente. Se o time já “morria” no segundo tempo do campeonato cearense jogando uma vez por semana, como vai ser em uma série B com jogos muito mais intensos e intervalados com poucos dias ?

    Por último, Rogério Ceni precisa parar de criar polêmicas vazias para desviar o foco das carências de seu trabalho. Falar menos e trabalhar mais a variação de jogadas de ataque de seu time.

    Série B vem aí e esse sim é o principal objetivo da temporada tricolor.

    Saudações Tricolores !

  • Prof. Raimundo Soares disse:

    Sergio Filho, realmente uma andorinha só não faz verão, como dizem os poetas.
    Onde já se viu deixar o Gustavo sozinho lá na frente e apenas o Osvaldo tentando municiá-lo?
    Acho que o Rogério Ceni não tá muito bem da cabeça ou ele esqueceu os ensinamentos do Professor Muricy.
    Ele achava que enchendo a defesa de gente desqualificada ia impedir os ataques do obscuro time do canal.
    Ledo engano.
    Agora só no próximo ano.
    Num país com tantas inJustiças e arbitrariedades esperemos por dias melhores…..também para o Fortaleza Esporte Clube.
    Saudações Tricolores!

  • Rogério disse:

    Galera, vamos virar essa página de campeonato cearense. Já acabou,perdemos. Todo ano teremos o cearense para disputar. Ganha-se e perde-se. Qual o problema nisso? A chave está virada para a Bzona que já começa sexta-feira 13. Sair com os três ponto é fundamental. Outro campeonato,outra motivação,outro trabalho para o elenco e um teste decisivo para o Rogério Ceni. Vamos ver se agora ele consegue ler melhor os jogos e encaixar o time dentro de um sistema que ele possa repetir a mesma formação e a gente possa decorar a escalação. Temos que disputar essa Bzona para chegarmos. Avante leão !
    Saudações Tricolores !

  • SofredorLiaum disse:

    AI MEU PAI, ENCARAR O CAMPIAUM GUARANI É DE LASCAR. PQ O BOECK NÃO JOGOU?

  • Marcelino disse:

    Ninguém desconhece que o Ceará tem um time melhor e tecnicamente mais qualificado do que o do Fortaleza. Portanto, o Fortaleza perder para o Ceará não é nada absurdo ou fora do esperado.

    Mas concordo com comentários já postados aqui que o time do Fortaleza poderia ter rendido mais e que esse troca-troca e constante rearranjo do time não apenas já está cansando, como evidentemente não tem dado resultados.

  • Jose Valdivio disse:

    Concordo sim, pois tinha melhor elenco e fez melhor campanha, do contrário seria muita covardia.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 10 =