Futebol do Povo

Ferroviário: pressão de torcedores e conselheiros fez clube desistir de venda de mando de jogo contra o Atlético-MG

2777 12

A proposta chegou faz alguns dias e a diretoria do Ferroviário gostou da ideia: com todas as despesas pagas, além de R$ 60 mil livres (com possibilidade de mais R$ 50 mil caso o público superasse 10 mil pagantes) o Ferrão mandaria a partida de volta da quarta fase da Copa do Brasil contra o Atlético-MG, no próximo dia 18, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O Blog apurou que essa verba seria destinada para melhorias no patrimônio e em apertada votação do Conselho Deliberativo (25 a 20, com 4 abstenções) realizada nesta segunda, 9, ocorreu a aprovação para que a partida fosse tirada do Castelão.

Ocorre que as negociações e a possibilidade real do negócio ser feito indignaram muitos torcedores, além dos conselheiros que foram derrotados na votação. Para completar, conselheiros que tinham votado pela transferência da partida voltaram atrás. A pressão foi tão intensa que o clube precisou recuar. Não teria qualquer clima para a partida em Brasília, até porque a carga negativa de ter feito uma campanha péssima na Copa do Nordeste e ter sido eliminado antes das semifinais do estadual ainda está muito presente.

Do ponto de vista financeiro parece claro que a proposta era boa, até porque, com a derrota por 4 a 0 no primeiro jogo, o Ferrão não teria essa receita com a partida em Fortaleza. Ocorre que não é apenas isso que deve ser colocado na balança. Esportivamente é algo condenável, fora que a equipe teria que viajar e se desgastar quatro dias antes da estreia na Série D, que será no interior do Maranhão, diante do Cordino, no domingo, 22, às 15 horas. No mais, a venda do mando aconteceria em um ano em que o clube já faturou bastante na Copa do Brasil.

12 Comentários

  • Wilson disse:

    Torço Vozão mas acho que foi a decisão acertada. O tubarão da barra precisa se impor como time grande e que tem história. Investir muito bem pra subir pra série C, isso será a sua redenção. Vamos subir ferrão.

  • Augusto Farias disse:

    Vender mando de campo é abominável!

  • Tiago Rocha Sousa disse:

    Parabéns Graziani.

    A torcida Coral agradece a notícia veiculada. Não aguentamos mais a tamanha falta de consideração para com o torcedor. São muitos anos de sofrimento e quando chega o jogo de maior expressão a maioria do conselho do clube queria vender o jogo e por uma valor pífio.

    O verdadeiro torcedor lhe parabeniza.

    Certo de que o Ferroviário precisa e merece o devido respeito, em nome de todos agradecemos de coração.

    Gostaria muito de ver notícias do que irão fazer com todo o dinheiro das Cotas e premiações da copa do brasil, copa do Nordeste e Cearense, bem como da Série D, tendo em vista que não está sendo gasto para montar um bom elenco e não estão reformando o seu estádio. O elenco que estão montando é fraco e de baixo valor. A Vila Olímpica Elzir Cabral ainda continua sem poder mandar jogos e está totalmente deteriorada. Alambrados caindo, banheiros sem condições de uso e iluminação inexistente ou com problemas.

    Grande abraço e saudações corais à todos.

  • FRANCISCO WANDERLEY ALVES disse:

    – O FERROVIÁRIO, TEM RESPONSABILIDADE COM A SUA (PEQUENA, MAS, FIEL) TORCIDA. NÃO EXISTE A MENOR NECESSIDADE DA VENDA DO MANDO DE CAMPO. SE CASO ACONTECER NOVA DERROTA PARA O ATLÉTICO, NÃO SERÁ NADA ANORMAL. SEI ENTRETANTO , QUE NÃO SERÁ COM AQUELA MOLEZA DO PRIMEIRO JOGO, ONDE O FERRÃO NÃO DEU UM ÚNICO CHUTE NO GOL. ISSO NÃO EXISTE E NÃO PODERÁ SE REPETIR. O OBJETIVO DO FUTEBOL , É O GOL. E GOL , SÓ ACONTECERÁ SE HOUVER CHUTES PARA ESSE FIM.
    VAMOS CHUTAR, FERRÃO !!
    WANDERLEY – TORCEDOR DO VOZÃO !!

  • Marcos César disse:

    Parabéns pela reportagem Grazianni. A torcida coral jamais aceitaria vender o mando de campo.
    Faz uma reportagem aí sobre o dinheiro arrecadado nessas premiações da copa do brasil Grazianni, a torcida coral está curiosa para saber onde esse dinheiro está sendo investido.

  • Jobs disse:

    Obrigado pelo esclarecimento!
    Torcedor coral está muito insatisfeito com a atual política de contratações e gestão da diretoria!
    Montaram um time muito fraco para o cearense e copa do nordeste! E na prestação dr contas dizem ter gasto mais de 3 milhões, porém a torcida história de mais detalhes, ja que o time time tem folha salarial baixa e o estádio não foi reformado… Seria uma boa matéria: Onde foi investido o dinheiro do Ferrão?

  • Sebastião Correia disse:

    Parabéns pra quem votou contra essa imoralidade, o clube está precisando de 60 mil reais? e os milhões que entraram nos cofres do clube, foram parar aonde, não tem dinheiro pra pintar o estádio? é melhor a policia investigar esse fato!

  • Mauro de Castro Andrade disse:

    Prezado Graziani, talvez o Ferrão devesse tentar o empréstimo de dois ou três jogadores atleticanos para a série D, além do dinheiro, é claro. Também o jogo poderia passar direto na TV (Esporte Interativo). Mas compreendo a vontade da torcida em ver o time contra o Atlético Mineiro.

  • João Geraldo disse:

    Vai perder dinheiro já q tá praticamente fora depois da goleada para o Galo mineiro !!!!!

  • Wilson Ribeiro Fiterman disse:

    O Cruzeiro fez a festa em cima deles. E por que não o Ferrão? Vamos jogar em casa e lutar pra conseguir uma grande vitória.
    Vamos a luta Ferrão!

  • Wladimir disse:

    Sou Fortaleza, mas o Ferrão tem o meu respeito. A torcida merece ver o clube de perto na CB. Vai pra cima deles tubarão!

  • Antonio Carlos Silva de Lima disse:

    Acertada a resolução de manter o jogo na nossa capital e mais acertada ainda a escolha do PV para esta partida. Parabéns aos que defenderam a proposta.
    Antonio Carlos.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =