Futebol do Povo

Ceará: não há tática e organização defensiva que consigam superar a incapacidade do sistema ofensivo

1430 13

A derrota para o Inter por 1 a 0, no fechamento da 14ª rodada da Série A, mostrou mais uma vez o grave problema do sistema ofensivo do Ceará.

Ainda que fazendo uma partida apenas razoável, o Inter não foi incomodado pelo Alvinegro. As nove finalizações do time (quatro certas e cinco erradas) ou não assustaram por incapacidade técnica ou foram tentativas aleatórias sem nenhum preparo, troca de passes ou jogadas ensaiadas.

Se o trabalho de Lisca apareceu na organização defensiva e compactação do meio-campo marcador com a linha de quatro defensores, não há sistema tático que consiga superar a falta de qualidade dos jogadores de criação, incluindo também os laterais. O time até mostra capacidade para se fechar e tomar a bola, mas não tem qualidade para sair nos contra-ataques e criar oportunidades em função dos erros dos adversários.

A situação, portanto, é bastante complicada, especialmente porque Lisca terá que testar alternativas diferentes para a equipe somar vitórias, mas vai seguir esbarrando no baixo poder ofensivo do elenco.

Com oito pontos em 42 disputados e 19% de aproveitamento, o Ceará vê o primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Vitória, com 35,7% de aproveitamento, dados que mostram o óbvio: para ter boas chances de não cair para a Série B, o Alvinegro terá que somar pelo menos metade dos 72 pontos que ainda tem em disputa, algo, por exemplo, como 12 vitórias nas 24 partidas ou 10 vitórias e 6 empates.

Recomendado para você

13 Comentários

  • Barbosa disse:

    E a veinha do canal se deu mal……….novamente!
    As vovozetes estão mais injuriadas ainda.
    Cadê toda a arrogância e gozação delas?
    Lanterna!
    Saudações Tricolores!

  • sofredordovozao disse:

    Torcedores do Vozao !!!! Ta na hora de virar a pagina !!!

    Ano que vem a gente volta pra nossa casa !!!

    O q importa e saber q nosso grande presidente ja tentou de tudo e nao deu certo !!!

    O q importa e q o maior clube do NO e NE esta de volta pra dominar novamente a Bzona !!!

    Da-lhe Vozao !!!
    Da-lhe Robinson !!!

  • Marcelo Oliveira disse:

    O mais interessante é que uma vitória ilude muita gente; ganharam do Sport numa bola vadia, e se acharam (“agora é a recuperação”). Mas como torcedor é esquizofrênico, é capaz de no outro jogo, se ganhar (que eu duvido muito), achar que esse elenco limitadíssimo do CSC (Coitado Só Chibata) é o melhor do mundo. É muita chibata papai, e é o ano todim! Saudações Tricolores!

  • Oliveira disse:

    O Ceará já devia ter se conformado com a queda (pelo menos no discurso intra-muros) na parada da copa. Reformular o plantel pensando em adequar financeira e futebolísticamente o time para 2019, dentro da realidad da série B, inclusive até economizando uns 5 ou 10 milhões de reais para o ano vindouro. Podia também, se quisesse, fazer um contrato com o Lisca ate o final de 2019 (sinceramente penso que ele é um muito bom técnico, que conhece bem a realidade que o time irá encarar seja em que série ou torneio for, além de ser capacitado teoricamente para preparar equipes de futebol – afinal, o cara vive futebol desde seus 19/20 anos). Um projeto parecido com o do “mequinha” de Minas em 2016, onde, admitindo cedo o erro de planejamento naquele ano, já fizeram um planejamento (segurando o técnico – Enderson Moreira, que na parada da copa foi pro Bahia) pra série B de 2017. Resultado: subiram pra série A no ano seguinte vencendo a série B sem grandes sobressaltos e hoje figuram acima da zona de degola na série A. Pode até ser que caiam, pois há aí uns 8 times muito parecidos na luta contra a queda, mas estão pelo menos aí pra brigar, coisa que o Ceará nem isso fará, com um aproveitamento muito abaixo do primeiro fora da zona.

  • ERIBERTO MACEDO disse:

    OLHA AMIGO FG VOLTO A BATER NESTA TECLA DE NOVO JA QUE VI SEU COMENTARIO HOJE DO SEARA OLHA O ARTUR DEPOIS QUE RENOVOU CONTRATO COM SEARA PERDEU O RUMO DO GOL ALIAS ELE E RUIM POBRE DO PALMEIRA QUE GASTOU UMA FURTUNA E NAO VAI A LUGAR ALGUM LA NA FRENTE VOÇE VAI ME DIZER QUANTO AO PROXIMO JOGO DO SEARA CONTRA O FLU SE NAO GANHAR DAQUELA BABA PODE CONTAR COM A BZONA THAU BABAU OBG

  • Pedro A. Neto disse:

    Como o Ceará tem q contar com o plantel q tem, não há como deixar de fora o Ricardinho. Reina é passador de bola de passes curtos e pelos lados. Não consegue dar ritmo de transição do meio ao ataque. Pedro Ken faz uma grande falta. É rápido e sabe fazer a transição. Não adianta ter Artur de centroavante e deixá-lo isolado pela falta de jogadas de linha de fundo. Samuel Xavier não faz esse tipo de jogada. É preciso escalar na direita do ataque Leandro Carvalho. O time precisa de velocidade. É suicida a tática meramente defensiva. Sem ataque, não há defesa que resista.

  • Valerlan Jr. disse:

    É só na chibata papai, e vem mais por aí…

  • Hendson Oliveira disse:

    Fico impressionado com elementos sofredores de outros times vir aqui falar do time que não torce! Deve ser muito infeliz com o time dele mesmo, para perder tempo vindo comentar sobre o time de coração dos outros!
    Independente daqueles que estão hoje a frente do CSC, nunca deixarei de ser torcedor do meu querido vozão!
    O CSC é muito grande para que algumas pessoas tentem mudar o amor dos verdadeiros torcedores do nosso grandioso vozão!
    E sobre o jogo, realmente não existe sistema defensivo que suporte tamanha pressão, sem ter uma válvula de escape com um meio de campo que cause algum desconforto aos adversários!
    Ainda temos tempo para realizar alguns acertos, principalmente com relação ao nosso meio de campo improdutivo!
    VOZÃO sempre, ADSUMUS!

  • Vovozão10 disse:

    Culpa exclusiva do goleiro ÉVERSON a derrota ontem para o TERCEIRO LUGAR no geral do brasileirão. Éverson entregou o ouro contra o Vitória e agora entregou mais 3 pontos. BOLA FÁCIL e que quase não chega no gol. Sem mais para o momento, fico por aqui. avancemos!!!

  • Marcelino disse:

    Há muito venho referindo que o Ceará não montou um elenco com nível de Série A. Fez uns remendos aqui ou acolá, mas na essência continua com um time de segunda divisão. E acredito que não apenas já é meio tarde demais para reagir, como, para piorar ainda mais as coisas, as contratações recentes não trouxeram ao clube nenhum atleta que possa, de fato, elevar a qualidade do time para além do que já tem hoje. Ou seja, tem contratado apenas mais do mesmo, recorrendo a jogadores tecnicamente limitados para uma disputa de Série A.

    A ideia que passa é apenas de “jogo de cena”, para dar alguma satisfação ao torcedor de que a diretoria estaria se mexendo, sem, obviamente, resolver coisa alguma.

    A conclusão honesta – goste-se ou não dela – é que o destino provável do Ceará não é outro senão o de retorno à segundona em 2019. Parece até que a Diretoria escolheu esse caminho de forma consciente e está apenas fazendo de conta que não é.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *