ID

Jovem adota casal de puma selvagem pensando que eram gatinhos

(Foto: Reprodução/Facebook/ FARA)

 

Uma mulher da cidade de Tucumán, localizada na Argentina, acabou cometendo um engano e adotando um casal de pumas selvagens pensando que eram gatinhos.

Durante uma pescaria com seus irmãos, Florencia Lobo ouviu uns miados e, ao encontrar os animaizinhos, os levou para casa. Eram dois, um casal de, até então, gatinhos. Ela nomeou a fêmea de Dani, e o macho de Tito. Dani morreu uma semana após ser resgatada.

A descoberta veio após Flor notar que o filhote, com quem dormia todas as noites, não estava andando normalmente. Foi quando ela decidiu levá-lo ao veterinário. A jovem relatou ao jornal local El Tucumano que o veterinário não sabia dizer o que era, mas que Tito não era um “gato comum”. Ela também procurou outros profissionais mas todos queriam cobrar entre 6 mil e 18 mil pesos, o equivalente a R$ 423 e R$ 1.268, para operar a patinha do animal.

No entanto, só foi confirmado a origem de Tito após a tutora entrar em contato com um profissional na reserva de Horco Molle, que através de fotos, percebeu que o filhote na verdade era um puma yagouaroundi, um animal selvagem e não domesticado.

Na última sexta-feira, 15, a Fundação Argentina de Resgate de Animais (FARA), relatou em uma publicação que o animal tem três meses de vida, e que sua lesão na pata será cuidada antes de ele ser  reinserido na reserva de Horco Molle.

(Foto: Reprodução/Facebook/ FARA)

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *