Leituras da Bel

ESCONDE ESCONDE: um texto da escritora cearense Virginia Munhoz para o blog Leituras da Bel

ESCONDE ESCONDE

*Por Virgínia Munhoz

Sempre fui uma menina boazinha.
Falava baixo. Era tímida. Gostava de números pares. Enchia os olhos de lágrimas e fazia força para não chorar com as injustiças. Lia romances açucarados e enchia os pulmões sonhadoramente com os aromas dos quintais de goiabas e pitombas.
E sempre ia dormir pensando na vida perfeita. “Se eu apagasse isso que aconteceu hoje, eu ainda poderia uma criança feliz.”
Lá por volta da alfabetização era tanta coisa para apagar que eu me perdi nesse jogo.
Vez por outra ainda leio um romance barato, as injustiças me fizeram assumir posturas políticas e sociais, mas os números pares… ah os números pares! Esses ainda são o meu grande amor. Na rua saio buscando por eles nas placas de carros, nos números das casas, em todo lugar. E é imenso o contentamento que eu sinto sabendo que os números pares nunca estão sozinhos.

***

Virginia Munhoz

Libriana do ano do dragão, apaixonada por papel, cadernos, canetas e livros. Escreve à mão. Adora ficção científica de boa qualidade e romances baratos. Tem rinite alérgica e tatuagens. Segundo ela os personagens e o enredo das suas crônicas são baseados em fatos e pessoas reais. Será?

Recomendado para você