Meu Negócio

Quais os benefícios de ser MEI para profissionais da economia criativa?

1188 5
Homem ruivo e calvo utiliza computador para edição de vídeos

A profissionalização é uma forma de fazer com que a criatividade seja encarada como negócio (Foto: Gorodenkoff)

Importante para quem deseja se formalizar no mercado, a categoria de MEI é apropriada para quem trabalha com projetos ligados à economia criativa. Conheça os benefícios

No mercado artístico atual, além do talento de cada um, a compreensão da carreira enquanto negócio é fundamental para poder se diferenciar. Um dos ramos que mais cresce no Brasil, a economia criativa engloba gêneros de arte de todos os estilos: artesanato, quadrinhos, música, cinema. A lista é longa. Nessa perspectiva, unir o talento ao empreendedorismo pode ser uma forma de conseguir benefícios, ao formalizar o registro como Microempreendedor Individual (MEI).

Na visão de Joaquim Cartaxo, superintendente do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Sebrae/CE), a profissionalização é uma forma de fazer com que a criatividade, matéria prima dos artistas, seja encarada como negócio. “Como tal, necessita de planejamento, gestão, cuidado com as finanças, entendimento de como funciona o mercado, quem são os clientes do negócio dele.”

Cartaxo reforça que a formalização como MEI é a mais indicada para profissionais da economia criativa pois, muitas vezes, eles trabalham como autônomos, sem garantias legais. “Ao se registrarem como MEI, além de terem o CNPJ, também passam a ter mais facilidades para prestar serviços ou vender seus produtos para outras pessoas jurídicas ou para o poder público legalmente, pois podem emitir notas fiscais”. Outros benefícios são aposentadoria, auxílio-doença e salário-maternidade.

Durante o processo de preparo para empreender, cursos de capacitação são indicados para facilitar o processo. A partir do conhecimento adquirido, é possível identificar aspectos como concorrência, estabelecer o melhor local para funcionamento, reconhecer seus clientes, calcular os custos de venda, entre outros fatores.

Atribuições
Como todo MEI, os profissionais da economia criativa precisam atender aos requisitos para se manterem na categoria. São eles: limite de faturamento até R$ 81 mil por ano; não poder participar de outra empresa, como sócio ou titular; ter, no máximo, um funcionário.

Em 2017, a categoria de MEI representou 27% de participação no Produto Interno Bruto (PIB) nacional. De acordo com cadastro do Sebrae, cerca de 260 mil cearenses estão registrados como MEI em 2019.

Saiba mais sobre MEI e economia criativa

Veja como formalizar seu negócio como MEI

GUIA DE FINANÇAS PARA NEGÓCIOS

GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS

GUIA DE GESTÃO DE PREÇOS

Recomendado para você

5 Comentários

  • Unquestionably consider that which you said. Your favourite justification seemed to be on the net the simplest factor to be
    mindful of. I say to you, I certainly get annoyed
    while other folks think about concerns that they just do
    not recognise about. You managed to hit the nail upon the top and
    defined out the whole thing with no need side-effects , people
    could take a signal. Will probably be back to get more.

    Thank you!

  • Nous examinerons de nouveau cette question à la lumière de
    cas concrets qui confirment cette marginalisation des véhicules à roues, en prenant l’exemple de la brouette puis plus brièvement celui du diable et de leur introduction en Iran et en Égypte.
    La brouette à une roue devant le caisson est le modèle dominant (fig.
    2) en Europe et a entraîné la disparition de
    celle à deux roues, probablement du fait que, si cette dernière a l’avantage d’être plus stable
    dans le roulage, elle s’avère plus difficile à faire
    virer. Les véhicules à roues, dont le rôle fut essentiel, restent
    malheureusement peu étudiés comme du reste les techniques en général1, et
    en particulier dans le monde iranien et la civilisation islamique.

    », et il fut. Cheikh al-Islam Ibn Taymiyah fut
    interrogé selon Madjmou fatwa d’Ibn Taymiyah (4/255)
    à propos de la présentation des religions au moment de la mort.

    Dans un développement connexe, Cheikh Yazbek a condamné le silence des forces du quatorze Mars face aux
    manœuvres de l’ennemi israélien sur la frontière palestino-libanaise et les violations de cette frontière jour
    après jour, alors qu’ils appellent à un mandat
    contre la Syrie pour qu’elle soit considéré comme l’ennemi à la place de l’usurpateur israélien.

  • Markus disse:

    I’m not ѕure ѡherе you are getting yⲟur info, but ցood topic.
    I needs to spend s᧐me time learning much more or understanding mօre.

    Thanks for wonderful informatіon I was lookіng for tһiѕ
    info fⲟr my mission.

  • 1. Minimize flowers usually last seven days.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *