Meu Negócio

Veja 8 dicas para criar um pitch de sucesso

Foto mostra, ao centro, um homem branco, de blusa branca, realizando uma apresentação. Ilustra um pitch

Foto: Rudy and Peter Skitterians/Pixabay

Um bom pitch não possui uma fórmula pronta, mas existem dicas que auxiliam o empreendedor na criação de um modelo que se adeque ao seu negócio e aos interesses do investidor

Definido como uma apresentação verbal simples e objetiva, com até cinco minutos de duração, o pitch tem como missão a venda de ideias, produtos ou negócios a investidores, clientes, sócios ou parceiros, devendo ser apresentado em poucos slides. O principal foco de um pitch é a atração de investidores, novos talentos e validação de um projeto.

A administradora Marília Diniz* afirma que um pitch pode variar de acordo com o público-alvo a qual se destina, além de seguir uma trajetória. “Dependendo do evento ou situação, ele pode ter 30 segundos, o chamado Elevator Pitch ou discurso de elevador, uma referência ao tempo de uma rápida conversa.”

Não existe fórmula pronta para criar um pitch. Como cada ouvinte possui interesses diferentes, sendo importante criar adaptações para eventuais modificações para os variados perfis de investidores.

8 dicas para desenvolver um pitch de impacto:

Tenha propósito definido

Por que criar um pitch? Qual o valor necessário? Isso será o ponto de orientação para se definir de antemão o que será falado.

Estude seu público-alvo

Explique quem são seus concorrentes, como você ganhará dinheiro, dados de mercado, diferenciais, seu time e objetivo do negócio.

Seja objetivo

Como o tempo é curto, o pitch precisa ser claro e direto, sem gerar subjetividades, de maneira que quem esteja assistindo entenda a proposta apresentada.

Não seja tradicional

Busque utilizar mais imagens e menos texto nos seus slides. Isso auxilia no direcionamento da apresentação.

Pratique várias vezes

Se filme e assista seu pitch para corrigir qualquer etapa que perceba precisar de melhora. Também apresente para colegas para ter um feedback sobre o que será mostrado.

Apresente o problema e como as pessoas o corrigem atualmente

Nesse passo, deve-se mostrar a solução que seu negócio aplicará e como ela mudará a forma de lidar com esse problema.

Se prepare

Planeje respostas para todo tipo de perguntas. Para passar confiança, é importante saber responder as questões dos investidores, para que não hajam dúvidas.

Evite clichês

Nunca termine o pitch com: “Então é isso, pessoal.” Os investidores buscam inovação, logo, é preciso apresentar um diferencial em todas as etapas.

*Marília Diniz é analista técnica do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Sebrae/CE)

SAIBA MAIS SOBRE PITCH

GUIA DE FINANÇAS PARA NEGÓCIOS

GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS

GUIA DE GESTÃO DE PREÇOS

Recomendado para você