Política

Única reforma relevante de Lula foi a tomada de três pinos, ironiza Ciro Gomes

370 5
Ciro discursou durante evento da Universidade de Oxford sobre o País (Foto: Reprodução/Youtube)

Ciro Gomes discursou durante evento da Universidade de Oxford sobre o Brasil (Foto: Reprodução/Youtube)

Negando que o Congresso seja responsável único por vícios do sistema político brasileiro, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) criticou neste domingo, 14, ausência de iniciativa dos últimos presidentes por reformas significativas. “Não houve uma proposta sequer que a gente possa dizer: ‘Olha, eles propuseram, mas o Congresso não aprovou’”, disse.

Citando o caso do ex-presidente Lula (PT), o pré-candidato à presidência pelo PDT ironizou e disse que a “única reforma relevante” que o petista propôs foi o sistema de tomada de três pinos adotado durante o seu governo, sem quaisquer grandes inovações políticas, tributárias, trabalhistas ou previdenciárias.

“Reforma mesmo, que valeu para o País todo e que o Temer não vai poder desfazer tão fácil é a tomada de três pinos, e mais nada”, disse Ciro, durante o “Brazil Forum UK”, realizado neste domingo, 14, na sede da Universidade de Oxford em Londres.

O ex-ministro também criticou os ex-presidentes Fernando Collor de Mello e Fernando Henrique Cardoso, que não teriam usado “cheque em branco” do primeiro ano de mandato para apresentarem reformas ao País. “A única coisa que o FHC fez com esse momento mágico foi tirar da Constituição  a diferença entre empresa nacional e a estrangeira lotada no Brasil”.

Tradição autoritária

O pré-candidato à Presidência também destacou que o País está hoje “rachado em ódios, correntes de opinião fragmentada e moralismos de gola” e que precisa focar na instrução e qualificação da população para o desenvolvimento de saídas para a crise.

“Temos uma tradição autoritária (…) temos que nos libertar das ilusões de que alguma engenhoca institucional A ou B copiada vai superar um cidadão treinado, quando hoje ele por premissa não tem informação”, disse.

Recomendado para você

5 Comentários

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *