Política

“Se eu for ineficaz, eu mesmo peço pra sair”, diz secretário da Saúde de Camilo

2117 5

(Foto: O POVO)

Pressionado por prefeitos depois de ter adotado critérios técnicos e vetado indicações políticas para a presidência dos consórcios de saúde, o médico Cabeto, titular da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), disse que sua continuidade no cargo depende de resultados.

“Se eu for ineficaz, eu mesmo peço pra sair. É simples”, declarou em entrevista ao O POVO. “Não precisa o governador me pedir, eu mesmo sairei.”

Questionado se tinha pretensão de deixar a pasta, Cabeto, que é filiado ao PSDB mas se mantém afastado da vida partidária, respondeu: “Em tese, quando se é convidado, é convidado para quatro anos. Mas tudo depende dos resultados. Se eu não conseguir resultados, eu peço demissão imediatamente”.

Cabeto disse ainda que é um “secretário de transição” e que, “quando você entra numa função pública, você tem que ter claro o dia que você vai sair”.

O secretário acrescentou: “Eu sou professor da universidade e é pra lá que eu quero voltar, pra minha carreira acadêmica”.

À frente da Sesa desde o início do ano, Cabeto lamentou também a situação que encontrou na pasta quando a assumiu, em janeiro. Para contornar o quadro, ele promete melhorias.

“Não quero que o próximo gestor receba o que eu recebi”, disse. “Eu recebi uma secretaria que não tem planejamento nem de curto, nem de médio nem de longo prazos, uma secretaria que vive de apagar incêndio, que não usa indicador pra fazer gestão. Uma situação difícil.”

Desde 5 de abril, quando o Abolição, via decreto, impôs normas para o preenchimento de postos nas 21 autarquias de saúde que atuam no Estado, gestores dos consórcios, notadamente os prefeitos, têm se mobilizado para tentar flexibilizar a medida. Agora, o preenchimento de todos os postos de comando (secretaria-executiva e diretorias) é feito por meio de seleção pública.

Na prática, segundo o secretário e as denúncias de deputados estaduais na Assembleia Legislativa, os consórcios se converteram em instrumento de disputa política entre aliados de Camilo no Interior.

O mau uso dos equipamentos ensejou envio de auditorias levadas a cabo pela Sesa para o Ministério Público do Estado e Tribunal de Contas do Estado (TCE) nas últimas semanas.

5 Comentários

  • rangel brasil disse:

    Só se for num “CAIXÃO”, né?

  • ARTUR FAÇANHA disse:

    Parece outro governo, e não a continuação do Governador Camilo. O secretário da Saúde detona o secretário anterior. Ontem a secretária da Fazenda tinha dito que está na SEFAZ “para reconstruir a Secretaria”, dando a entender que o secretário Mauro Filho arrasou a SEFAZ. Não entendo mais nada.

  • Isabel Cavalcanti C. Diniz disse:

    O Secretário da Saúde , o Dr Cabeto creio que ele não tem conhecimento do que havia na Secretaria de Saúde , enfatizando que o seu articulador e Secretário Adjunto gestão anterior Dr Marcos Gadêlha , hoje Secretário Executivo e foi Secretário da Saúde tampão do início da segunda gestão do Governador Camilo… Será que não lhe foi repassado uma fim relatório de gestão ??? As áreas que na gestão anterior sei que avaliamos e deixamos bem verbalizado ..Sou servidora pública da saúde , entrei na SESA por concurso público , ocupei varios cargos em diversas gestão , independente de qual partido estava no puder sempre por critérios técnicos nos meus 37 anos de SESA .. Fui assessoras Ministério da Saúde fiz parte da Comissão que trabalhou a Politica dos Medicamentos Genéricos , Protocolos Clínicos de Diretrizes Terapeuticas para medicamentos de alta complexidade , consultora eventual da Organização Pan americana para América Latina … A convite participei por 17 meses da gestão estratégica da SESA na última gestão, do primeiro Governo do Dr Camilo Santana ..Dr Cabeto chegou a SESA , com sua equipe , em nenhum momento nos convidou para reunião de transição , nos ignorando , nem saber do que tínhamos de positivo nas nossas ações ,na gestão, solicitar alguma sugestão , nos criticar , nem a gentileza de nos apresentar , e até em nome do Governo agradecer a nossa participação … Muito me admira ele dizer que não tínhamos indicadores , ele desconhece o nosso Painel de Indicadores Epidemiológico , o quanto se fez para melhor os indicadores das arboviroses , redução da mortalidade infantil , principalmente a neonatal entre outros indicadores de morbi-mortalidade , as questões de saúde pública , cobertura vacinal ,ampliação da rede de atenção ,
    melhoria no processo de logística e do Ciclo da Assistência Farmaceutica entre Qualificação da Atenção Primária , Consultoria Internacional de 10 Projetos Inovadores Com financiamento do BID , e muito mais … Planejamento maior , Dr Cabeto , só quem realmente não conhece o SUS … Claro, tivemos , continuaremos a ter e teremos muitas e inúmeras fragilidades ,falta de recursos, gestão deficitária , diante do subfinanciamento de um sistema que se propõe a ser o maior sistema de saúde pública de cunho social do mundo … Conheço o Sus nas suas entranhas , nas suas veias tão bem quanto o senhor conhece a cardiologia, , militei a vida toda , conheço pessoas que deram e ainda dão seu sangue e suor por isso … Os Consórcios desde da criação nunca foi uma ação de gestão única da SESA , sim sempre compartilhada , o Controle Social que o diga ..Mas a minha indignação como profissional de saúde e cidadã e estrema … Desculpe Governador Camilo , não da para ser omissa e silenciar … Tranquila porque estou aposentada , mas torço Dr Cabeto que o senhor seja eficiente , faça uma grande gestão , olhando para frente , quebre o retrovisor , não procure culpar a gestão anterior , procure fazer diferente … A SESA tem grandes técnicos , nós fomos sempre vitrine pata o Brasil , o Ceará sempre deu uma grande contribuição para o SUS ao país , com projetos inovadores e de grande alcance , que o senhor é a sua equipe zele pelo nosso estatus no ranking dos Estados brasileiros … Parece que temos que concordar com o cidadão no seu comentário , temos a sensação que a gestão e outra , e não a continuidade de um Governo que tem um índice de maior aprovação popular .. .

  • Carlos Farias disse:

    Isso é um arrogante, facista , pode ser muito bom médico , mas de SUS ele não entende nada , e os asserires menos ainda… Soube por um amigo próximo que toda raiva dele da gestão anterior e que ele queria o repasse de R$ 100 milhões para obra do hospital dele e o Secretário anterior disse que não tinha base legal para o repasse .. E aí ele pediu a exoneração de todo equipe de Secretários . Tudo alimentado pelo Secretário de Planejamento Dr Maia, que detestava o Secretário da Saúde pq ele não lhe era subserviente ao mando e gritos do Dr Maia … Só quem não conhece o Maia ???? Não recebi ninguém da SESA e deixou os servidores da saúde sem promoções , a pão e água … coitado foram que pagou o pato da briga entre os Secretários … Vejam que politicamente o Dr Cabeto e o Dr Maia são da mesma ala político partidário , Governado Camilo , abra os olhos estes caras estão querendo lhe detonar … Bolsinarostas de carteirinha …

  • Souza disse:

    Trata-se de um homem honrado e indignado com o sofrimento dos doentes, cachaceiro. De bolsominion não tem nada. Já virou centenas de noites salvando vidas. Tente ler e se informar um pouco. Leia ao menos orelhas de livros.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *