Política

Deputado diz que apertou botão errado na votação que tirou Coaf de Moro

Deputado Jaziel Pereira, do PL

Deputado federal pelo PL (antigo PR), o cearense Jaziel Pereira disse na manhã desta sexta-feira que, “no calor do momento das discussões (da sessão que deliberou sobre a retirada do Coaf de Sergio Moro, na quarta, 22), eu me equivoquei ao acionar o painel de votação e apertei o botão de ‘abstenção’”.

Dr. Jaziel, como é conhecido, foi o único parlamentar a se abster dos 19 cearenses que votaram.

Desse total, apenas quatro foram favoráveis a que o órgão, que opera no combate à lavagem de dinheiro, continuasse sob a alçada do ex-juiz da Lava Jato: Domingos Neto (PSD), Heitor Freire (PSL), Capitão Wagner (Pros) e Célio Studart (PV).

Câmara aprova MP 870, mas impõe derrota a Moro e retira Coaf da Justiça

Passados dois dias do pleito, e depois de cobranças públicas de eleitores, o deputado admite agora que, poucas horas antes da votação, esteve reunido com Moro.

Segundo Jaziel, nessa conversa com o ministro que antecedeu a sessão, “reafirmei meu voto para que o Coaf permanecesse sob o seu comando”.

Por 228 votos a 2010, entretanto, o plenário da Câmara decidiu naquela quarta que o Coaf deve estar entre as atribuições de Paulo Guedes (Economia).

O resultado foi capitaneado por legendas do centrão, entre as quais está o PL de Jaziel Pereira.

Dos deputados cearenses, apenas dois se ausentaram da votação: Vaidon Oliveira (Pros) e Roberto Pessoa (PSDB), que deve disputar a Prefeitura de Maracanaú ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *