Política

Novas mensagens são “fofocas de procuradores” e “balão vazio”, diz Moro

203 1

Sergio Moro rebateu acusações publicadas pelo The Intercept (Foto: Divulgação)

Em reação às reportagens do The Intercept que revelam diálogos de membros do Ministério Público Federal (MPF), o ministro da Justiça Sergio Moro disse que se trata de “fofocas de procuradores”.

Pelo Twitter, o ex-juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba afirmou que os erros de edição do conteúdo, reconhecidos por seus editores e depois corrigidos, “só reforçam que  as mensagens não são autênticas e que são passíveis de adulteração”.

“O que se tem é um balão vazio, cheio de nada. Até quando a honra e a privacidade de agentes da lei vão ser violadas com o propósito de anular condenações e impedir investigações contra corrupção?”, perguntou Moro.

Alvo principal dos comentários publicados na oitava parte das reportagens, o ministro disse também que a publicação, “se fosse verdadeira, não passaria de supostas fofocas de procuradores, a maioria de fora da Lava Jato”.

Moro continuou: “Houve trocas de nomes e datas pelo próprio site que as publicou, como demonstrado por O Antagonista”.

A reportagem do Intercept Brasil foi publicada na madrugada deste sábado. Nela, procuradores, entre eles Monique Cheker e Laura Tessler, criticam a atuação do então juiz da Lava Jato, demonstram preocupação com a possibilidade de que Moro aceite convite de Bolsonaro para integrar governo e temem que críticas de parcialidade da força-tarefa se intensifiquem.

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *