Política

Reviravolta no DEM Ceará: Chiquinho Feitosa volta cinco dias após ser destituído

1051 1

Cogitou-se que o comando do DEM poderia ser colocado nas mãos de Mayra, ex-candidata ao Senado pelo PSDB. (Foto: Alex Gomes/O Povo)

Cinco dias após destituição da executiva estadual do Democratas, o empresário e suplente de Tasso Jereissati (PSDB), Chiquinho Feitosa, foi reconduzido à presidência estadual do partido. Além dele, voltam a compor a direção da legenda o deputado federal Anibal Gomes, o estadual, João Jaime, além do ex-deputado estadual Idemar Citó.

O encontro da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, com o presidente nacional do DEM, ACM Neto, a proximidade dela com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta – do partido -, e o cancelamento da convenção estadual que daria sequência a Feitosa no comando da legenda,  acenderam expectativa de que a ainda tucana pudesse vir a estar à frente da agremiação.

LEIA TAMBÉM: Mayra Pinheiro no DEM altera cenários para 2020

“Fui convidada para participar das mudanças que o partido pretende fazer no Ceará. Estarei conversando com presidente ACM Neto”, informou Mayra no último dia 13, conforme noticiado por O POVO.

O Blog Política tenta repercutir a nova mudança no partido com Feitosa e Mayra.

Recomendado para você