Radar do Comércio

Competição nacional de educação profissional conta com representantes cearenses

Competições Senac: na imagem, mulher profissional de restaurante segurando taça com drink

Esse ano, as competições acontecem de 04 a 31 de outubro, no Hotel Escola do Senac na Ilha do Boi, em Vitória (ES). (Foto: JR Panela)

As Competições Senac de Educação Profissional são uma porta de entrada para o mercado de trabalho. As provas são realizadas em ambientes preparados para simular condições reais do dia a dia de cada ocupação. Os participantes são desafiados a resolver situações de trabalho específicas de suas áreas de atuação, estimulando visão ampla dos processos e comprometimento com a qualidade.

Além disso, as Competições identificam talentos aptos a participar do processo de preparação de representantes do Brasil na próxima WorldSkills, a mais importante competição internacional de educação profissional. Este ano, as competições acontecem de 04 a 31 de outubro, no Hotel Escola do Senac na Ilha do Boi, em Vitória (ES). Quatro cearenses representam o estado nesta edição: Marília Bayma (Cozinha), Letícia Vitória (Serviço de Restaurante), Natécia Silva (Estética) e Valeria Santos (Cabeleireiro).

Desde criança, Marília Bayma sonhava em ser confeiteira. Terminou os estudos, fez 18 anos e se matriculou no curso de qualificação do Senac Ceará. A dedicação e seu talento foram observados pelo instrutor Matheus Vieira e foi assim que ela foi chamada para as seletivas estaduais das Competições Senac de Educação Profissional.

Selecionada para a ocupação Cozinha, o desafio para ela foi complementar seus conhecimentos com aulas de Cozinha Quente. Para tanto, ela contou com treinamento diário com os instrutores Matheus e Pedro Emílio. “Hoje, eu me sinto preparada para encarar não só meus concorrentes, mas o mercado de trabalho”, diz Marília, 21. “No futuro, quero trabalhar em um restaurante de alta gastronomia e me tornar uma profissional modelo, para que outros jovens se sintam inspirados”, afirma.

Letícia Vitória Paulino de Sousa, 21 anos, também treina oito horas por dia no Senac Reference, com o instrutor Manuel Lima, para competir na ocupação do Serviço de Restaurante. Antes de se dedicar às competições, Letícia fazia aulas de balé e de administração, mas foi no curso de Garçom que descobriu sua verdadeira vocação.

“O que mais gosto no meu treinamento é que me desafio todos os dias e estou sempre aprendendo algo novo”, conta a competidora, que deixou os processos administrativos para trás e hoje é capaz de preparar coquetéis, flambar frutas para sobremesa, fazer dobras de guardanapos e montar mesas em diversos estilos, além de servir um banquete com todo requinte.

Já Natécia Silva, 22 anos, tem sido treinada por uma campeã. A instrutora Sara Ariane foi ouro na ocupação Estética na Etapa Nacional da Olimpíada do Conhecimento, realizada em Minas Gerais, em 2014. “Eu sempre fui uma pessoa que almeja crescer, então vim da praia de Redonda para Fortaleza em 2018 para trabalhar e conseguir pagar meus estudos”, lembra.

Natécia fez o curso Técnico em Estética no Senac e garantiu sua vaga para representar o Ceará na ocupação Estética e Bem-Estar na etapa final das competições. “Trazer bons resultados se tornou o meu sonho, para que eu possa me orgulhar e retribuir o que o Senac tem me proporcionado. Vou lutar com garra para que o meu sonho se torne realidade”, garante a jovem.

Valeria Santos, 20 anos, também conta com a orientação do instrutor do Senac Crato, Raysson Dias, que já conquistou a medalha de prata na ocupação Cabeleireiro na Etapa Nacional da Olimpíada do Conhecimento, realizada no Rio de Janeiro, em 2010. Ela lembra que entrou no Senac Crato em 2018 para fazer um curso de escovista. Foi quando viu um simulado das Competições Senac de Educação Profissional.

“Resolvi me inscrever no curso de Cabeleireiro e fui selecionada com mais duas alunas para as seletivas regionais. Eu ganhei a vaga e, em abril de 2019, dei prosseguimento aos treinos para a etapa final”, relembra. “Junto com o Raysson, que é um excelente profissional, busco aprimorar meus conhecimentos dia a dia, com foco nos oito módulos que compõem as provas para vencer e competir a World Skills, na China”, conta a competidora.

Competições Senac de Educação Profissional

São uma iniciativa do Departamento Nacional do Senac, em que os alunos selecionados vão simular situações reais de trabalho e exigir um desempenho de excelência em sete ocupações: Florista, Cozinha, Estética e Bem-estar, Cabeleireiro, Recepção de Hotel, Serviço de Restaurante, Cuidados de Saúde e Apoio Social.

Para a Instituição, o evento garante maior intercâmbio e compartilhamento de experiências entre os Departamentos Regionais. Também favorece o aprimoramento do Modelo Pedagógico Senac, permitindo a disseminação e incorporação de novas técnicas por parte de docentes e equalizando os processos educacionais de todos os Departamentos Regionais com relação ao desenvolvimento e à avaliação por competências.

LEIA MAIS | Marca cearense une a tradição da moda local com o consumo sustentável

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *