Meu Negócio

Tipos de divulgação: qual o mais indicado para minha empresa?

(Foto: Urupong/ GettyImages)

Expor sua marca não é tarefa fácil. É preciso planejamento para saber onde está seu público e ser assertivo na hora da divulgação

Para um empreendedor, é sempre bom manter seu negócio em evidência. Saber expor seu produto e marca, além de resultar em boas vendas, pode fortalecer e estreitar o relacionamento com o cliente. Antes de tudo, o gestor precisa entender que existem maneiras diferentes de divulgação para cada tipo de empreendimento.

De acordo com o especialista em consultoria de empresas e gestão em marketing, Wagner César*, a principal função da divulgação é estar na mente do cliente. “O que não existe não é lembrado. A confiança de alguns empresários de que ele já é conhecido pode ser um risco, pois há uma variação de potenciais consumidores”, afirma.

Por onde começar?
Segundo Wagner, o primeiro passo para propagandear seu produto é estar sempre atento e buscando informações para entender seu mercado e saber quais os tipos de cliente se deseja atingir. “Há o consumidor final, que é o normal, e existe o comprador, que exige uma venda mais técnica, onde se deve falar das características da mercadoria para negociar a questão de volume e preço”, diz.

Em seguida, é hora de segmentar o público-alvo. “Entender alguns aspectos como classificação por gênero, faixa etária, religiosa, musical e geográfica é primordial para saber qual linguagem usar e em qual veículo fazer essa divulgação”, afirma. Ele cita como exemplo a categoria geográfica: “deve-se ter cuidado com a linguagem usada, cores e aspectos do local que sirvam de identificação para quem recebe a mensagem”, aponta.

O especialista pontua que após entender qual o tipo de cliente que irá se trabalhar, o gestor já tem como saber qual o tipo de meio de divulgação usar, pois ele entende quem é seu cliente, onde ele está e qual linguagem ele usa. “Todo esse processo faz com que o empreendedor seja assertivo para atingir o público desejado. A partir daí, ele já sabe se usará redes sociais, carro de som, jornal do bairro, panfletagem, outdoor, rádio, televisão e etc”, observa.

Não deixe de inovar
Wagner adverte sobre a importância dessa área para um negócio. “Nunca pense que já tem público fiel e sempre busque melhorar. Estar à frente do consumidor é essencial. Todo o dia ele é bombardeado por inúmeras mensagens dos concorrentes por todos os lados”.

O especialista alerta sobre os riscos da divulgação errada. “Não ser assertivo só resultará na perda de tempo e dinheiro, pois o gestor destina tudo ao veículo errado. Eu posso ter uma marca bem conceituada em uma região, mas fazer o investimento em outra”, explica. Ele também cita a probabilidade de “queimar” a própria marca. “Ao tentar uma comunicação mais ousada usando uma temática diferente, o empreendedor não consegue se comunicar com o público. Isso gera um resultado negativo”. Wagner finaliza reforçando que todo processo de comunicação deve focar na linguagem adequada para que não haja ruído.

*Wagner Cesar é consultor do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Sebrae/CE)

(+) Clique aqui para saber mais sobre formas de divulgação

GUIA DE FINANÇAS PARA NEGÓCIOS

GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS

GUIA DE GESTÃO DE PREÇOS

Recomendado para você