Blog do Vozão

Ceará x Fluminense – Decisão!

885 8

Ceará x Fluminense – Decisão! (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Não há duvidas que até então essa é a partida mais importante para a pretensão do Vozão na competição. Muito mais dos que três pontos em disputa, muito provavelmente estará em jogo o futuro do time na competição, por isso a partida precisa ser encarada como uma decisão, uma final de Copa do Mundo.

Os números do time sob o comando de Adilson Batista está longe do esperado, muitas decisões equivocadas e desconhecimento de como funciona o nosso futebol, tem deixado o torcedor ressabiado quanto ao trabalho do treinador, e isso não é bom nesse momento, afinal, a sintonia precisa estar afinada entre diretoria, treinador, time e torcida, qualquer ruído entre as partes não contribuirá para que o objetivo principal seja alcançado.

É preciso lutar pelos três pontos do inicio ao fim da partida, se é possível fazer isso após sair atrás no marcador, também é possível quando o placar estiver igualado. O tempo é nosso inimigo, por isso, também, teremos que lutar contra mais esse obstáculo.

Pelo menos o Adilson Batista já confirmou que escalará ao menos um atacante de inicio, isso já é um alento, pois se ruim com eles, pior sem eles. Lima estará fora de combate devido a uma conjuntivite, Tiago Alves e Juninho Quixadá seguem sem condições de jogo.

Com o que tem a disposição, não tem porque inventar, é mandar a campo cada um em suas posições, fazer o feijão com arroz, se não der na técnica, que seja raça, mas que vença a partida, pois dos três resultados possíveis em jogo, o único que nos interessa é a VITÓRIA.

Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; William Oliveira, Fabinho, Thiago Galhardo e Felipe Baxola; Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves) e Bergson. Essa seria minha formação para esta partida, mas, muito provavelmente não será a de Adilson Batista.

Chega de invenção, não somos a seleção de 70 e nem o Barcelona de Guardiola, somos o Vozão!

8 Comentários

  • Eduardo disse:

    Pois é, temos que pedir todas as forças positivas do universo para nos ajudar, porque nosso elenco é fraco na bola e também emocionalmente. Não vou nem falar dessa diretoria de araque.
    Além dessas dificuldades, ter que aguentar Garapa, Humberto, Vozão e uns poucos outros nos tripudiando é humilhante. Mas, bola pra frente. Torcer muito!

  • Bosco disse:

    A minha seria:
    Diogo Silva.
    Samuel Xavier, Valdo, Luis Otávio, João Lucas.
    Fabinho, William Oliveira e Felipe Silva.
    Leandro Carvalho Bergson e Matheus Gonçalves

  • Eduardo disse:

    Minha avó quando via alguém nervosinho de mais, passava-lhe logo um “carão”:
    – Ora, deixe de faniquito, se porte como gente!
    É o nosso time: inseguro, nervosinho, afobado, ansioso (palavra da moda!), agoniado, descontrolado… cheio de faniquitos…
    Esses jogadores são profissionais, deveriam saber se comportar em situações de stress e não justificar a incompetência com fricotes. Égua!
    Se a torcida não vai ou não dá o apoio do jeito que eles querem, reclamam de falta de apoio; se a torcida vai e empurra, ficam ansiosos… E aí?
    Tá na hora de ter sangue nos olhos, foco, concentração e deixar de lero-lero!

  • MANOEL disse:

    Força Vozão. Vamos ganhar, e se o treinador inventar, vamos no grito, fazer as substituições que o time precisar. Muiitttaaaaa sorte pra nós. Te amo Ceará.

  • Alberto t disse:

    Meu time seria esse aí, menos Valdo e o cachaça, com certeza ficaria menos ruim.

  • Paulo Garapa disse:

    Hoje é dia de lambada: 3 x 0 vozão. O fluminense é um time fraquissimo igual caudo de bila.

    jogar bem e vencer pra iniciar a arrancada da sulamericana.

    para o desespero de quem vivem de difamar diretoria e presidente.

    Eu acredito !

  • carlos disse:

    Paulo garapa, meu velho tu ta igual ao Enéias de Goiânia, toda vez que diz o placar o Vozão ou perde ou empata. Mudando de assunto me fornece aí os números da mega? Eu ganho e ajudo o Vozão.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Não escalaria Tiago Galhardo. Além de não estar jogando nada, não está demonstrando alma, raça, sangue alvinegro nas veias. Ah se o espírito do Geraldo baixasse nele hoje. Quando não se tem técnica a raça, a vontade de ganhar tem de prevalecer. Foi assim que escapamos do rebaixamento no nao passado.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *