Blog do Vozão

Palmeiras 1×0 Ceará – Nova(r)mente

870 26

Felipe Silva teve seu gol invalidado pelo VAR (Foto: Israel Simonton/Cerasc.com)

O “mistão” do Vozão deu trabalho, não fosse o goleiro adversário, que estava em um dia inspiradíssimo, o Bergson que desperdiçou uma penalidade, por sinal cobrando muito mal, e, principalmente, o VAR, a história da partida poderia estar sendo contada de outra forma.

Sem duvidas nenhum a maioria da torcida alvinegra ficou satisfeita com a atuação do time, que convenhamos, surpreendeu a muita gente, mas por outro lado ficou chateada com o resultado.

Novamente ficou aquela sensação de que poderíamos ter conquistado um resultado melhor se situações que fogem ao controle do time não tivessem acontecido na partida. Mas de nada adianta se lamentar, pois não há mais o que fazer para reverter o resultado da partida. Fica a indignação.

Resta esfriar a cabeça e começar a se preparar para a próxima batalha, pois se o tempo é curto para comemorações, ele é menor ainda para lamentações.

É importante também que nesse momento o torcedor possa apoiar treinador e jogadores. É hora de esquecermos nossas indiferenças com esse ou aquele, pois não adianta mais ficar lamentando disso ou daquilo, teremos que lutar até o final com o que temos. Mais do que nunca é hora de estarmos UNIDOS!

A luta precisa ser vencida. Após alcançar o objetivo, voltaremos a cobrar de quem precisa ser cobrado o que é devido.

A próxima batalha será em casa, e o TORCEDOR precisará jogar junto com o time na buscar pelos os três pontos que estarão em disputa.

É lotar na quinta-feira! Que venha o Inter!

Confira lances da partida.

Confira a ficha técnica da partida AQUI.

26 Comentários

  • Eduardo disse:

    Pois é, alvinegros de coração. Estava achando que iríamos levar uma doidinha. “Mas eis que de repente, não mais do que de repente” levamos outro VAR-eio da arbitragem.
    Esse VAR-eio não nos surpreende de maneira nenhuma, mas nos revolta muito. É repetitivo dizer que o Nordeste é prejudicado, sim, pelas arbitragens, CBF etc. Não entendo como erro, mas como intenção dolosa, maldosa. Não dá pra ver o jogador claramente na mesma linha do defensor e anular o gol!! É ROUBO!

  • Eduardo disse:

    Apesar de ter ficado satisfeito com o desempenho dos jogadores, muito além do que esperava, não dá pra deixar de criticar lamentando o segundo pênalti perdido em sequência. É falta de treino? É falta de controle emocional?
    Em todo caso, vamos ver se a boa atuação dá moral a esse grupo para superar os próximos adversários. Recomeça na quinta, contra o Internacional. É pedreira em cima de pedreira.
    Superação, empenho, sangue nos olhos, foco, destemor, responsabilidade, dedicação, personalidade, controle dos nervos. Esquecer cansaço. Sem isso nada feito!

  • Dragão Alvinegro disse:

    Fazia muito tempo que eu não via o Ceará jogar um bom futebol. O time já é fraco e ainda mais totalmente desfalcado, mas saiu de campo merecendo ganhar o jogo. Ocorre que temos um time de segunda divisão disputando uma série A. Pode quem quiser falar do Sr Adilson Batista, mas ele está fazendo de tudo pra nos livrar do rebaixamento. Jogadores que nem sequer ouviamos mais falar como Auremir, Chico ele os colocou em campo sem qualquer medo. Fazer o que se só lhe entregaram esses jogadores? O que é que ele pode fazer se o time tem um pênalti a seu favor e o Bergson desperdiça de forma bisonha? O que fazer se o Valdo sobe numa bola sozinho de frente para o goleiro e cabeceia para fora? É realmente muito difícil. Creio que se esse treinador estivesse aqui desde o início, mesmo com e fraco elenco que temos, nós estaríamos em outra situação. O Adilson não tem medo de arriscar. Ele utiliza o elenco fraco que tem com inteligência e arrojo. Pegar um Auremir, que nem mais se ouvia falar, e lançar contra o time do Palmeiras? É preciso ter coragem. Olhem, ontem, o Ceará não tinha um defensor no banco. Que espécie de planejamento foi feito por essa diretoria medíocre? Imaginem se alguém da zaga se machuca ontem? Quem entraria? Se vocês observaram o Palmeiras jogou praticamente pela direita com o Dudu explorando o Cristovão, pois sabiam que, além de não ser titular e não vir mostrando um bom serviço no alvinegro, estava jogando improvisado. Imaginem se o Juiz tivesse dado aquele cartão amarelo para ele? Quem entraria? Talvez o Marcelo Segurado? Ou Presidente Robinson de Castro? Isto que estão fazendo com o Vozão é pura maldade, pura crueldade. Já cheguei a conclusão, após algum tempo, que essa diretoria não tem nada de incompetente, burra, omissa, irresponsável. Parece ser uma coisa dirigida para desestabilizar o nosso time. Nem em time de subúrbio, temos administrações tão desqualificadas. E isso acontece ano após ano. Será que eles acham que o Ceará não merece estar na primeira divisão? Querem de todas as maneiras rebaixar o time? É muita maldade. Torço Ceará há mais de 50 anos e nunca havia visto uma administração tão patética e descompromissada como esta. É muito difícil sairmos desta situação, pois não temos time para isso. Entretanto, se conseguirmos, não é possivel que essa figura chamada Robinson de Castro ainda tenha a coragem, a ousadia de continuar dirigindo o Clube que ele despreza. Parabens ao Sr. Adilson Batista que vem demonstrando ser um grande profissional. É muito difícil fazer omeletes ovos. Se o alvinegro não for rebaixado, espero que não, todos os méritos irão para o treinador Adilson Batista.É assim que eu penso.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Outra coisa. Esperar que o VAR venha a nos beneficiar é muita inocência. Imaginem aquele gol de ontem do Ceará se fosse a favor do Palmeiras? Além dos nossos maiores adversários estarem dentro do Clube, ainda temos que contar com os de fora. É um tratamento muito desigual.

  • Neto disse:

    Parabéns ao Ceará. O time foi valente, corajoso. SA.

  • Paulo Garapa disse:

    A vitória não veio mais deu orgulho ver o jeito que o time jogou contra o palmeira. O placar mais certo era 3 a 1 pro vozao.

    Goleiro do plameira pegou tudo e ainda teve o juiz que ajudou como sempre os time de sp

    Estou cada veiz mais convencidos que nosso time não cai, tá jogando o fino da bola.

    Te cuida internacional.

    Eu acredito

  • Dylvardo disse:

    Tirando o pênalty do Bergson
    Que não era nem pra cobrar
    Tirando o nosso gol anulado
    Que não era nem pra anular
    O Vozão merecia uma vitória
    Hoje já seria outra a história
    Porque ontem foi puro azar.

  • S. Santos disse:

    GVARfaram o Vozão, se já é difícil, assim complica mais ainda, o alento é que o time jogou bem, agora teremos três jogos importantíssimos com possibilidades reais de fazermos de sete a nove pontos se Deus quiser. Avante Vozão.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Para corrigir texto anterior: É muito dificil fazer omeletes sem ovos. Penso que o Humberto, envergonhado, mudou de nome. Vamos jogar contra nossos adversários com respeito e procurarmos ganhar nem que seja de 1 X 0, mas vamos acabar com essas brincadeirinhas de desafiar qualquer um deles, pois não estamos com moral pra isso. Vamos tentar jogar como está fazendo o CSA. Cabeça erguida, praticando um bom futebol, mas com humildade e muita raça. Essas brincadeirinhas bestas, idiotas de nos fazermos de valentes, competentes e ficarmos querendo esnobar os nossos adversários quando, talvez, sejamos os mais fracos de todos eles, não levam a nada e só nos fazem de tolos e idiotas.. Vamos à luta com vibração, raça, garra, coração na ponta da chuteira e mostrar ao Sr. Robinson de Castro que, apesar dele, sairemos dessa situação constrangedora em que ele nos colocou. Vamos Vozão! O treinador Adilson Batista está aos poucos levantando o nosso astral. Jogadores que não vinham desempenhando nada em campo parece que estão começando a entender o papel do treinador. Já perceberam que qualquer um deles, componentes do elenco, têm papel importante dentro da competição. Penso que com 3 vitórias e um empate, estaremos fora da zona de rebaixamento para insatisfação dessa figura antipática, arrogante e omissa chamada Robinson de Castro. O jogo de ontem me deu nova esperança. Podemos sim dar a volta por cima. VOZÃO, TUA GlÓRIA É LUTAR!

  • MILTON disse:

    Caros Alvinegros, Em mais um Ano de Desespero por conta da Velha Pirultagem do Robão pirulito, é ver Baixola Jogando um Belo Futebol, e não precisou de Magicar , bastou o Adilson o Botar na sua Verdadeira posição , jogador de habilidade mais de Pouca Velocidade não da certo Jogar como Ponta, coisa que os Treinadores Anteriores Gostavam de Fazer, uma pena que seu belo Chute ao Gol do palmeiras não entrou por mérito do Goleiro do palmeira , que fez 02 Defesas Espetaculares o Chute do Baixola e do SX, e para Completar o penalty Mal Batido do Bergueson, nis causando uma injusta derrota, agora é continuar rezando para os Deuses do Futebol, pois quem Tem um Robão PIRULITO na presidência só com Muita Reza da Torcida para continuarmos na Serie A.

  • GEILSON disse:

    Se o gol fosse validado, o jogo teria prorrogação até o Palmeiras desempatar. Assim foi melhor que o time se preservou. Time que joga contra o Palmeiras ou perde ou tem que jogar terceiro tempo. Folha pagamento da Crefisa deve ter aumentado esse ano. Imagem congelada é pelo menos um frame depoia do momento do toque

  • Alberto t disse:

    HumbertoGarapa, dar um tempo aí cara; pois bem, alguém por aqui talvez n tenha visto eu criticar o Adilson, pq, como criticar, se o cara tem um plantel de Czona e mesmo assim tá obrando milagre, parabéns Adilson; alguém sabes me responder o pq dos pênaltis a nosso favor 99% são batidos por perebas? tipo Bergson, lembram aquele contra o ínter q outro pereba do naipe do Bergson também bateu apenas recuando pro goleiro como foi o de ontem, pq o melhor jogador do time ontem n bateu? O Baxola? Ou pq esses merdas n enfiam o pé na bola no meio do gol e deixa o goleiro se virar? Mas jogador ruim sempre quer aparecer sem saber fazer, ontem foi o ruim Bergson, fez 2 gols na cagada e perdeu uns 200, então prá mim Bergson é ruim sim; outro merda q n me acostumo com ele, outro pereba, esse Valdo, o gol dos caras foi ele q deu e ainda perdeu um gol q nem minha avó perdia; vamos elogiar também, esse zagueiro Brook é? Pq n é titular com LO? Muito bom esse zagueiro; baxola, deitou e rolou, craque; se o ruim Bergson caneleiro de boca cheia faz o o pênalti, independente do roubo do VAR, a estória do jogo era outro, com certeza tínhamos ganho o jogo; palmeiras o escolhido pela CBF, na quarta contra o avaí um pênalti escandaloso a favor dele e ontem novamente o VAR em ação a favor deles, se a gente ganhar do ínter na próxima, acho q dar, se não aí n sei.

  • F_Neto disse:

    Se existe derrota digna, talvez seja esta, num jogo que não esperavamos muito acabou sendo melhor que a encomenda! Não entendi pq colocaram o Bergson pra bater a penalidade, tinha samuel e baxola, mas enfim. Quanto ao gol, não dar pra reclamar muito da arbitragem, pois tambem fomos ajudados, pois se ele expulsa o cristovam nao sei como seria o jogo! Agora é focar neste dois jogos que se vencermos estaremos praticamente livres!

  • oliveira disse:

    Adílson achou a forma de jogar. Defesa bem postada e matando de contra golpe. Falra equilibrar mais os dois tempos e ter 3 ou 4 jogls seguodos com o mesmo time pro time voar. Até o Cristovam e o Auremir foram bem. Considero os 5 jogos q temos na capital totalmente acessíveis. O q prova o q eu sempre disse: Enderson caga o CSC colocando suas ideias acima das necessidades do time. Hj o CSC é mto mais equilibrado, falta para de oscilar de um tempo pro outro.

  • ANÔNIMO TORCEDOR ALVINEGRO COM NOME DE MANOEL disse:

    Ás vezes se perde uma partida por “detalhes” e nesse jogo tivemos três a saber:
    1º – O gol do adversário nasceu de uma infelicidade do Brock que não cortou o cruzamento para a área.
    2º – A cobrança de pênalty feita do tipo “fuleiragem” do Bergson que ao meu ver não deveria ter ido para a cobrança. No meu entender qualquer um, menos ele.
    3º – A irritante e quase sempre tomada de decisão do tal VAR.

    No entanto não é mais hora para lamentações como bem o diz o WC. É jogar com afinco contra o INTER e arrancar os três na marra (e no futebol,claro).

  • oliveira disse:

    E mais uma coisa. Quem escala CHICO PODE JOGAR BEM COMO SEJA: NAO MERECE VENCER. Nessa isento o tec de culpa… pois o presidente devia ter dado as contas dele e do Sobral na mesma tacada q demitiu o Enderson… pra nao correr o risco dessas 2 pustemas jogarem. Simples assim. Meljor jogar com 10 do q com Chico.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Já havia ouvido elogios ao treinador Adilson Batista, mas agora estou acompanhando de perto. Passou por alguns momento s difíceis na carreira por não ter medo de enfrentar desafios. Assumiu times em situação dificil como a do Ceará, mas não fugiu a luta. Com duas partidas que fez aqui a imprensa local já o estava detonando quando deveria detonar a diretoria e o presidente incompetente que nós temos.Treinador competente, sem medo de mostrar seu trabalho. Impõe-se sem ficar ouvindo a mídia e monta seus times com o que que tem, com o que lhe ofereceram.O jogo contra o Palmeiras não foi ganho por falhas individuais e por erros do VAR. Até um jogador como o Chico que ninguem nem ouvia mais falar foi quem sofreu o pênalti na tentiva de invadir a área adversária objetivando o gol. Foi obrigado a poupar titulares como Luis Otávio, Ricardinho , Galhardo, Lima, William Oliveira, João Lucas e mesmo assim conseguiu jogar de igual pra igual contra o todo poderoso Palmeiras. Querem o que do rapaz? Milagres? Isso, com certeza , ele não pode oferecer, mas pra mim, independente do resultado ele já mostrou competência e conhecimento de futebol. Parabéns, mais uma vez, ao Sr. Adilson Batista. Ganhar jogos com esse elenco e com esse time que temos só na cabeça dos dirigentes e, principalmente, na cabeça do arrogante, prepotente, ineficiente e incompetente presidente do Clube, Sr. Robinson de Castro.

  • CLAUDIO CEARÁ disse:

    Triste resultado!
    Não gostei da,contratação do Adilson, mais pelo retrospecto rebaixador, mas parece que ele veio para salvar o Vozão, apesar de tudo e de todos.
    Só queria que ele desse uma olhada para os garotos da base, não é possível que não tenha pelo menos um lá que possa subir. Ontem chegou-se ao cúmulo de escalar o Cristovam na esquerda se nem na direita ele é titular, não tem lateral esquerdo na base? Lembro do Felipe Jonathan, que numa situação dessa virou titular.
    A nossa permanência só está mais complicada porque tem time grande na disputa e certamente a cbf e os juízes nunca estarão do nosso lado.
    Aquele pênalti que deram para o Fla me lembrou o que o goleiro do São Paulo fez e o juiz nem sequer foi ao var, serão sempre tendenciosos.
    Mas a luta continua !

    Saudações alvinegras!

  • Bosco disse:

    O Mais Querido tem sete jogadores titulares pendurados. Se levarem amarelo contra o Inter ficarão fora do clássico rei.

    Se eu fosse o Adilson Batista pouparia os sete jogadores para jogarem o clássico já que o Inter vem com no minimo quatro desfalques por cartão além de um desgaste natural do Gre x nal.

  • MANOEL disse:

    TEXTO DE FERNANDO GRZIANE. (eu concordo, mas, irão aparecer um ou outro discordando).
    Ceará: precisamos falar sobre Ricardinho (segunda edição)
    Mais do que números – o jogador completou 300 jogos pelo clube – Ricardinho é um exemplo. 11:29 | 05 de novembro de 2019

    Ricardinho é líder do elenco do Ceará
    Quando o Ceará foi campeão invicto da Copa do Nordeste em 2015 – dia 29 de abril – escrevi um texto imediatamente após a histórica final contra o Bahia sobre a importância de Ricardinho para tal conquista. O título foi: “Ceará campeão da Copa do Nordeste: precisamos falar sobre Ricardinho”. Naquela competição o que o meio-campista jogou foi uma barbaridade. Na final, então, foi uma das maiores atuações individuais de um atleta no Castelão – duas assistências para tentos de Gilvan e Charles, salvou um gol em cima da linha, empurrou a intensidade do time e liderou esquema tático.
    Volto ao tema Ricardinho, que completou 300 partidas pelo Alvinegro. Discreto, o atleta chegou em 2013 ao clube e não demorou para garantir posição no meio-campo. De lá para cá foram 38 gols marcados, muitas assistências (na Série A atual é o líder da equipe no quesito) e títulos: quatro estaduais, Copa do Nordeste e acesso para a primeira divisão.
    Mais do que números, Ricardinho é um exemplo de dedicação, trabalho bem feito e responsabilidade como atleta, em que pese muitas vezes não reconhecido pelas arquibancadas. No seu longo tempo no clube, algo raro – em 2016 foi vendido para o Al-Ettifaq, da Arábia e retornou em 2017 – sempre foi um líder pelas atitudes, pelo exemplo, independente dos elencos e das comissões técnicas. Quando contestado pela torcida – algumas de forma justa, outras de maneira bem injusta – jamais bateu de frente. Não por acaso a relação de respeito é imensa.
    Aos 33 anos, ainda não é possível saber quanto tempo mais o gaúcho ficará no Ceará, mas uma certeza eu tenho: quando ele não estiver mais, os torcedores darão o real valor de ter um jogador como ele no elenco.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Ricardinho é um dos maiores jogadores que já passaram pelo Ceará e por isto merece todo o respeito da torcida alvinegra. Claro que o tempo passa e passa para todos.Todos vemos que o Ricadrdinho, fisicamente, não é mais o mesmo e não poderia ser, mas a qualidade do seu futebol permanece. Devemos preservar nosso ídolos. Ricardinho fez muito pelo Vozão e nós temos mais é que agradecer por isso.

  • Junior Mota disse:

    Parabéns Manoel! Também penso dessa forma. Tenho consciência que ele não tem o mesmo vigor físico de outrora, mas vejo nele um jogador diferenciado que nos ajuda em vários momentos da competição, quer seja dentro, ou fora de campo.

  • CLAUDIO CEARÁ disse:

    Acho muito bom esse reconhecimento ao jogador Ricardinho, que sempre defendi, precisamos sim valorizar profissionais como ele, reconhecer que não é mais garoto mas que pode, como tem feito, ajudar muito nosso time.
    São raros os jogadores com o seu estilo, que conseguem lançamentos como aquele do gol do Bergson, cada vez vemos menos isso nos campos, também é um excelente cobrador de faltas, deveria chamar pra si essa responsabilidade.

    Saudações alvinegras!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *