Blog do Vozão

Ceará 2×0 Internacional – Obstáculo superado

718 20

Felipe Baxola fez mais uma blea partida e foi fundamental na vitória do Vozão (Foto: Stephan Eilert/Cearasc.com)

Não era preciso jogar um futebol que agradasse a critica, era preciso vencer. E foi isso que fez o Vozão. Não se preocupou em mostrar um bom futebol, focou no que era necessário e mais importante na partida, a vitória. E conquistou.

Futebol feio, futebol bonito, raiva, sofrimento, alegria, inteligência, raça, determinação, lucidez, frieza, tudo isso e algo mais aconteceu durante os noventa minutos de jogo, não necessariamente nessa mesma ordem, mas, depois de passar por tudo isso na partida, veio o melhor de tudo, a vitória.

Luiz Otavio comandou a defesa, Diogo Silva fez bem o seu trabalho quando precisou, Ricardinho e Felipe Baxola comandaram o meio de campo e Mateus Gonçalves foi o cara que puxou a corda, matando a partida.

Mas, indiscutivelmente, Felipe Baxola foi o melhor da partida. Como tem crescido o futebol desse cara. Que continue assim.

Pelo gol, vou fazer um agradecimento especial ao Thiago Galhardo, que, por sinal, foi a única coisa de positiva feito por ele na partida. Não sei o que se passa com Galhardo, mas é fato que ele está muito mal. Tomara que o gol possa ter feito bem pra ele, e com isso possa voltar a mostrar o futebol de outrora.

Mais um obstáculo foi superado, mais um passo em direção ao objetivo pretendido foi dado, mas a luta não acabou, é preciso manter o foco, não perder a fé e seguir na mesma pegada.

Agora é foco total na próxima batalha, que será nada mais do que o Classico-Rei, jogo de seis pontos, uma decisão entre as decisões que estamos travando na competição.

Confira os gols da partida.

Confira a ficha técnica da partida AQUI.

20 Comentários

  • Neto disse:

    O Vozão foi inteligente e raçudo. SA.

  • Eduardo disse:

    Parabéns aos jogadores do meu querido Ceará pela espetacular vitória!
    Parece claro a todo mundo que Luiz Otávio está jogando no sacrifício, porque ainda não se recuperou da contusão. Talvez fosse mais sensato não esticar a corda demais com ele e arriscar perdê-lo para o resto do campeonato. Não é poupá-lo e cuidar dele para que possa retribuir com sua presença nos jogos mais à frente. Nesse próximo, por mim, ele não iria.
    Quanto ao William Oliveira, parece ser uma situação mais complicada…sair daquele jeito no início do jogo, sei não…
    Galhardo também reclamou de dores e foi substituído. Está contundido e jogando no sacrifício ou passa por instabilidade emocional?
    Adílson Batista tem se revelado um bom estrategista. Torço para que faça as melhores opções.
    Parabéns ao Vozão do coração do meu povão!!!

  • Eduardo disse:

    Nossos jogadores precisam estar mais atentos na troca de passes, tanto nossa quanto do adversário. Ontem pelo menos em três oportunidades poderíamos ter levado gols por conta de erros bobos de Fabinho, Samuel Xavier e Ricardo, apenas para citar as mais graves.
    São erros típicos de jogador, porque se a situação é de risco, ele tem que ser pro-ativo e preventivo para evitar perder bola ou entregar o ouro pro bandido.
    Bora Vozão!

  • Eduardo disse:

    Acho que domingo não será um jogo técnico, mas de muita pegada, dedicação, personalidade, estabilidade emocional. Nada de tremedeiras, chiliques e mimimis. Foco total com muita seriedade.
    A condição física, segundo esse meu pensamento, será determinante para um bom resultado. Escalaria os que estivessem em melhores condições de responder a essa demanda da forma mais eficaz.
    Não dá pra escalar quem não vai ter condições de se entregar em 100% por limitação física (atlética).

  • Tiago disse:

    Quando Enderson era nosso treineiro dava pra percebe que o time era mais organizado taticamente, Adilson pra mim é um dos técnicos mais fracos que contratamos, o time joga mais na base da raça do que na tática, jogos truncado e de matar o torcedor do coração, mesmo jogando assim conseguimos vencer as últimas partidas, e no final das contas o que importa é os 3 pontos.

    Entre jogar bonito e perder, prefiro jogar feio e sair de campo vitorioso. Adilson resgatou a união e auto estima dos jogadores, mesmo jogando um futebol sofrido agora sobra determinação e raça dentro de campo, é nítido que todos estão unidos por um objetivo só.

    Agora é pensar no próximo confronto e ir em busca dos 6 pontos em cima do time curralino, se vencer ficamos praticamente a uma vitória da permanência e já podemos pensar em vôos maiores.

    Simbora Vozão.

  • Alberto t disse:

    Ganhamos e pronto, respiramos um pouco e Adilson tá tirando leite de pedra, pq LO, JL, WO, todos bichados e vão no sacrifício, mas mesmo assim tão mostrando raça, guarra etc e tal; Bergson, fez 2 gols durante o campeonato e nada mais, eita jogador ruim de gol, não; Baxola craque q virou craque de vdd, sempre fui adpto do futebol do Baxola, imagine se Lima e Wescley voltasse a jogar como antes como fez o Baxola; será q era mesmo impossível arranjar um goleador, q saudade nos faz M Alves, S Alves etc e tal; alô Fabinho, corre muito, mas entrega tudo, viram ontem, Fabinho, em vez de recuar todas as bolas, dar um chutão prá frente; vozão, com mais 3 ponto no domingo a permanência estaria batendo na porta.

  • ANÔNIMO TORCEDOR ALVINEGRO COM NOME DE MANOEL disse:

    Seguinte: doa a quem doer mas o que o Adilson Batista vem fazendo não é brincadeira. Tá conseguindo tirar leite de pedra. Todos nós sabemos que o elenco é limitado. Limitado não, limitadíssimo mas o cara tá conseguindo botar essa galera pra jogar. Oxalá domingo ele escolha os jogadores certos para enfrentar o Miau. O Mito (RC) vai querer explorar a velocidade dos já conhecidos Osvaldo e o Gnomo de Jardim, então meus caros, o jeito é colocar gente que possa arrefecer o ânimo dos dois e evitar aqueles golszinhos bestas que tomamos no manjadinho.

    E o Felipe Silva (nada de Baixola. Ô coisa horrível) hem??? Tá desmontando tudo quanto é marcador. O garoto tá arrebentando mesmo. Espero que domingo ele faça valer sua categoria. Pro ataque já que não vamos poder contar com o “talismã” ruim de doer então que volte o FELIPE CARDOSO. Vai que de repente ele e o Galhardo repitam a dose, né mermo???? Ah! e o Cachaça também.

  • Bfontenele disse:

    Caros, não poderemos contar com Bérgson e Ken, levaram o terceiro amarelo na partida passada, talvez não possamos contar com Luís Otávio e William Oliveira, espero que o treinador saiba quem colocar no time titular e no banco de reservas, pois as opções são poucas, parece-me que teremos a volta do Wescley, antigamente, faria grande festa, pelas últimas apresentações dele…, quem sabe possa ser resgatado pelo Adílson e voltar a ser o jogador fundamental que era.
    Não será moleza, clássico é clássico, mas, teremos que passar o rodo no rival.
    Saudações alvinegras para todos.

  • Bosco disse:

    Não se fala mais em Liska nem em Enderson Moreira.
    A desvantagem de treinadores medianos como o Liska e do Enderson para um treinador de primeira grandeza como o Adilson Batista é que o Adilson Batista sabe usar o elenco todo a seu dispor com rara felicidade porque ele entende de futebol.

    Recupera e dar chances a jogadores que estavam encostados injustamente por Enderson Moreira. Dar confiança e motivação a eles conseguindo assim retirar do jogador o que eles podem oferecer de melhor quando tem a chance de entrar.

    Liska e Enderson pareciam não gostar dos outros jogadores que não fossem da onzena preferida deles. Eles tinham seus ‘onze’ escolhidos e preferidos.

    Os dois escalavam errado o Felipe Silva jogando a torcida contra o jogador. Adilson Batista transformou o Felipe no melhor jogador de meio campo do time e do futebol cearense. Um jogador indispensável e insubstituível.

    Não foi atoa que Adilson Batista treinou o Cruzeiro por vários anos seguidos e treinou outros grandes clubes do sul do país com sucesso.

    A imprensa que ficou contra a saída do Enderson depois de nove jogos sem vencer queria o mau do Ceará. Mesmo depois torciam sempre contra o Adilson e só falavam que o Liska já estava certo para ser anunciado depois do jogo. Balela. Uma imprensa anti Ceará.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Bérgson, Pedro Ken, William Oliveira e Luis Otávio não poderão jogar. O treinador vai ter Felipe Cardoso e William Popp. Sai Pedro Ken e William Oliveira e o treinador terá que se virar com Auremir e Fernando Sobral. Não joga Luís Otávio. Não há outra saída: Eduardo Brock e Valdo pois parece que o Tiago Alves ainda está machucado. Querem que o treinador faça milagres com um elenco desse? Só temos que torcer e mais nada. A história já está contada. A diretoria e o seu presidente já a escreveram desde o começo do ano. Parabenizo, mais uma vez, o Adilson Batista e os jogadores que com raça, dedicação e profissionalismo estão fazendo o que podem. Soube até que o Luís Otávio vem jogando no sacrifício. É muito difícil, não se enganem, a nossa situação. Não podemos perder mais pontos dentro de casa. Temos que fazer ainda 9 pontos entre os 21 restantes. Temos 4 jogos em casa e 3 jogos fora. Esses 9 pontos têm que ser conseguidos nos 12 que vamos disputar em casa.Vamos lá Vozão. Vamos dar mais uma lição nessa diretoria incompetente.

  • Paulo Garapa disse:

    E agora sera que eu posso elogiar meu time e enautecer a diretoria ou os sabichoes que só usam o espaço para atacar e caluniar o Ceará sporting clube e seus diretores não permitem ?

    Os verdadeiros alvinegros já podem comemorar ?

  • Vander disse:

    Tentam sempre colocar no Galhardo um protagonismo que não é dele. Querem que o rapaz faça gol todo jogo, dê assistências, converta pênaltis e, se possível, também marque os atacantes e laterais adversários.

    Do jogo, valeram muito os três pontos. Importantes para manter a chama da esperança de permanência. Parece que os contestadores e multiladores de técnicos de futebol resolveram dar um tempo.

    O clássico poderá definir muitas coisas. Melhor ir com uma vitória e à frente do rival na classificação, mesmo que por saldo de gols. Afinal, poderá definir quem fica e quem retorna.

    Alguém tem notícias do atacante goleador do presidente? O WP que trouxeram para resolver a seca de gols do ataque? Mais um Alex Amado. Vergonha!!!

  • Dragão Alvinegro disse:

    Já disse várias vezes: Ganhar é sempre bom. Agora há torcedor falando em comemorar? Comemorar o que? Sempre que meu time joga eu vibro com suas vitórias. Agora, comemorar? Pergunto novamente: Comemorar o que? Ganhamos algum título? Não. Sabem qual é o título que poderemos ganhar? O Time Que Mais Escapa do Rebaixamento. Ora, o Ceará é muito grande para viver como um timinho qualquer lutando para não cair. Se o time escapar do rebaixamento, ficarei aliviado, satisfeito, feliz, por não ter acontecido o pior, mas comemorar? O que foi que comemoramos este ano? Nada. E querer comemorar porque escapou da degola? Torcedor que se acostuma com isso, pensa tão pequeno quanto essa diretoria medíocre. Sim, estou torcendo muito para que saiamos, mais uma vez, dessa situação em que essa diretoria e o seu presidente nos colocaram. Estou torcendo para evitar os prejuízos financeiros e o desgaste moral da Instituição Ceará Spoting Club. Já imaginaram a crise no Clube com um rebaixamento? Comemorar? Estão com brincadeira? Espero sim que o bom treinador Adilson Batista e os jogadores com muita raça, profissionalismo e dedicação façam o que a incompetente diretoria com seu omisso presidente não sabem fazer. Comemorar? Estou fora. Sou torcedor do Vozão do Coração do Meu Povão e não de um time perdedor qualquer. Sou torcedor do Alvinegro Mais Famoso Do Nordeste e não de um fujão da degola. Esse tipo de time eu deixo para essa diretoria medíocre e o seu omisso e arrogante presidente. Vamos Ceará, Tua Glória é Lutar!

  • VOZAO disse:

    Reclamam quando perde quando ganha vão pra lá temos o mister Adilson e um dos melhores elencos dessa série AAAAAAAAA

  • oliveira disse:

    Adílson arrumou o time. Para o que uma série A pede e para a qualidade do que temos em termos de individualidades o CSC joga como precisa. Falta ser um pouco mais sério em alguns momentos de saídas de bola, leia-se: dar chutao quando for preciso.

    No mais ele acertou o time e está a cada dia mais claro o que eu sempre disse: O ELENCO DO CSC É TOTALMENTE CONDIZENTE COM O OBJETIVO DE NAO CAIR. A torcida por momentos ficou com medo pq o time jogava errado, defesa mto exposta e nao criava. Sim, nao criava. Exceçao feita a 2 ou 3 jogos criava mto pouco.

    Sobre o Galhardo, ele nao é um meia de criaçao e sim um meia atacante, ou segundo atacante. O antigo “8 e meio” que mtos comentaristas falavam. Quem cria jogo pro CSC é Baxola e Ricardinho (que cresceu mto jogando mais recuado).

    Quando Wescley e L. Carvalho entrarem no time vamos voar. Eles têm sim qualidade.mas a torcida CORNETEIRA quer que o cara chegue e jogue em altíssimo nível no outro dia.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Estava ouvindo, hoje, a entrevista dada pelo Adilson pós jogo contra o Internacional. Fiquei cada vez mais convencido de que ele é um grande profissional. Não conversa besteira, é muito objetivo e diferentemente de outros treinadores não fica enchendo linguiça. Já escrevi alguma vezes aqui que havia jogadores que eu pensava já terem ido embora. De repente, vi o Chico, o Auremir em campo, jogadores que praticamente não eram aproveitados. E o Felipe Silva que não vinha jogando nada e hoje é melhor jogador do time. O Mateus Gonçalves que voltou a jogar bem. Falou que ainda não teve uma semana cheia pra dar qualquer treinamento ao time. Foi muito claro quanto a união do grupo. Falou que contra o Internacional havia jogadores sentindo dores, jogando no sacrifício, pedindo pra sair e ele chegou para esses jogadores pediu para que aguentassem e eles ficaram até o final mesmo no sacrifício. Sabem a razão disso? A inoperância, a omissão, o descaso dessa diretoria e principalmente do seu presidente que não tiveram a competência para montar um elenco para a disputa da série A. Fiquei mais esperançoso ainda ouvindo o Adilson. Sei que ele não pode fazer milagres, mas pelo menos sente-se que temos um profissional competente na retaguarda do time. Treinador de bom papo e bom convívio com a imprensa. Esse é o tipo de treinador que se deve trazer para iniciar um trabalho, baseado num bom planejamento e com uma boa pré-temporada. Pra mim o Adilson Batista foi uma grande e grata surpresa. É muito fácil se criticar o trabalho de alguém que tem a coragem de pegar um Clube despencando no campeonato, com várias partidas sem ganhar e já na reta final deste campeonato. Parabéns, mais uma vez, para o Sr. Adilson Batista. Creio que poderemos escapar do rebaixamento com o seu trabalho e a dedicação dos nossos jogadores. Vamos torcer muito, pois é só o que podemos fazer.

  • Uchôa disse:

    O q é o torcedor. Kkkkkk eu e o W.C falamos q Adilson, foi uma escolha das mais fracas q o Ceará fez, no entanto não é por ter ganho as duras penas, q vou mudar meu conceito. Ele está longe de ser um grande treinador.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *