Blog do Vozão

Ceará 0x3 Vasco – O filme se repete

20 10

Vozão esbarra em suas limitações ofensivas e sofre sua 3ª derrota na competição (Foto: Felipe Santos/Cearas.com)

Lá se foram três pontinhos perdidos em casa (já são cinco até aqui) e mais uma rodada sem saber o que é vencer na competição. Aliás, faz tempos que o torcedor do Vozão não sabe o que é comemorar uma vitória na Série A.

O jogo seguia controlado, com o time comandando as ações, sem o adversário oferecer perigo algum. Foi assim durante todo o primeiro tempo, estava sendo assim no segundo tempo até algum jogador cometer uma falha individual (dessa vez o Luiz Otávio) que culmina em gol do adversário, depois daí a coisa desanda e termina da pior maneira possível. É como se fosse um castigo pela incompetência.

Mais uma vez o time esbarrou em suas limitações ofensivas e isso tem custado muito caro.

Não há muito o que falar. Ficar repetindo aqui a mesma lenga lenga de sempre já está ficando chato pra quem escreve e pra quem ler.

Infelizmente o filme vem se repetido dentro e fora de campo. Triste é ver que ainda tem quem culpe o azar por tudo isso.

Ao que tudo indica, só nos resta se preparar para encarar mais uma temporada de muito sofrimento na Série A, pois cobrar algo dessa diretoria é como pregar no deserto.

Confira os gols da partida.

10 Comentários

  • carlos disse:

    Eu acho que ainda na quarta rodada não é momento para desespero, ainda da pra se recuperar e acertar.

  • josé disse:

    weiber, depois de eu duvidar de mil coisas desse nosso presidente, eu cheguei a uma conclusao final…… ele é esquizofrenico…… explico: ele vive uma realidade paralela, só dele, na cabeça dele…… por isso ele diz que temos um timaço, um baita elenco, etc, etc, etc…… ele uma vez até já disse numa entrevista na fox sports que somos do tamanho do atletico paranaense (eu juro que fiquei envergonhado)…… e dá-lhe jacaré, rick, mateus goncalves, wescley, quixada, e tantos e tantos e tantos outros que só na realidade virtual dele esses caras servem para jogar uma série A…. e é por isso que ele NUNCA toma providencia alguma, e ano após ano a mediocridade e sofrimento se repetem….. é porque ele vive uma realidade só dele….. enfim, ele é esquizofrenico.

    só nos resta, mais uma vez, encontrar um técnico que faça um grupo de jogadores de serie C conseguirem permanecer numa serie A…… será que lá na frente vem esse treinador novamente? esse treinador, sabemos, é o lisca.

    enfim, aguardemos.

  • Clodoaldo disse:

    Tenho cinquenta anos e toda vez, digo toda vez, que o CSC começa uma competição seja A, B, torneio de porrinha tendo ganho ele fracassa! Quando vi ele ganhando a CN já fiquei cabreiro! Não sei o que acontece se a agremiação é medíocre mesmo, se é incompetência ou é demônio? É tido e sabido a incompetência dessa diretoria em contratar! O Klebão é um ERRO! Todo ano o ataque do CSC é uma M***A!, uma B***A: Rafael Sobis? Rick? Jacaré? Bergson? Rodrigão? Sinceramente nem pro ferroviário na D serve! Quase infarto de raiva assistindo essa carniça!

  • Dragão Alvinegro disse:

    Já sabíamos que iria ser assim, afinal de contas o presidente do Ceará é desses que apodrece, mas não amadurece. O cara não aprende nada. Já está há mais de dez anos no futebol, mas os erros são os mesmos. É a velha história: A cantiga da perua é uma só: pior, pior , pior, pior. Estava vendo hoje nos jornais que a correria já começou. Agora que enxergaram, desde o começo venho dizendo, que o time e o elenco são fracos. Espero que as contratações não sejam no mesmo nível das que vieram até agora. Ou contratam pra valer ou deixam esse time aí mesmo pra lutar pra não cair, esperando um milagre até o final. Um ataque com Mateus Gonçalves, Cleber e Leandro Carvalho é uma tristeza, claro poupando o Cleber por estar ainda em evolução. E o Rodrigão? Ainda bem que já despacharam o Chico, o Rogério e agora, parece-me, o Juninho Quixadá. Contrataram quem para repor esses atletas? Ninguém. Jogadores como Lima, Felipe Silva e Wescley estão fazendo o que no time? Emprestem, vendam ou dispensem. Eles já demonstraram não ter utilidade para o Clube.

  • oliveira disse:

    Primeiro, me permita discordar, caro amigo que escreve no blog. Não existe isso de “em casa” e “fora de casa” nessa série A.

    Segundo, o grande problema é que falta qualidade para jogar atacando. Senão vejamos, foram 4 jogos na série A. Os dois melhores, contra Grêmio e Galo, o time jogou mais fechadinho e buscando o contra golpe. Os dois piores, contra Sport e Vasco, o time deu um vareio de posse de bola. Perguntinha inócua: como o time jogou a melhor bola no que vai do ano? Fechadinho na reta final do nordestão. Outra perguntinha: por qual motivo não tomou aquele como sendo o modelo? A pergunta que é uma pá de cal: como o Vasco (100% de aproveitamento) vem jogando até aqui? Fechadinho. Mesmo em casa!

    O que falta no Ceará é um projeto de futebol, ou seja, que os cartolas que montam o elenco e contratam o técnico saibam como o time vai jogar, depois disso, vc busca os jogadores para cumprirem com este estilo e, por último, traz o técnico que se compromete em jogar neste estilo. Eu proporia que o Ceará jogasse tendo como modelo o Corinthians do Carile campeão brasileiro. E não é por ser o estilo do meu agrado, prefiro um futebol mais ofensivo, é porque é mais barato e eficiente jogar daquela maneira. O próprio Ceará, na única série A de ponto corrido que fez, em 2010, jogava assim, quem não lembra do trio de ferro? Não estou dizendo para jogar todo atirado atrás e por uma bola, pois nem o Corinthians do Carile e nem o Ceará de 2010 eram isso. Estou dizendo para ser um time que prioriza sua fase defensiva.

    O que acontece no Ceará é que cada técnico que chega, quer jogar de um jeito, pede reforços e faz dispensas, para jogar naquele modelo. Independentemente de se o modelo é certo ou errado, invariavelmente os técnicos duram no máximo 6 meses no Ceará e vão embora, iniciando um novo ciclo de contratações e dispensas para se adaptar a um novo modelo. Está claro que o CLUBE precisa ter o SEU modelo de jogo, contratar de acordo com este modelo e que os técnicos que cheguem se adaptem a ele. Mais do que isso, que haja preparadores técnicos no time principal que treinem os jogadores para se adaptar ao modelo do clube e que os técnicos cheguem não com a chave do cofre e do vestiário, mas com a missão de transformar o modelo em estratégia para vencer e/ou fazer boas campanhas nos torneios em disputa. O técnico não vai chegar aqui e fazer o time jogar ao contrário do modelo do clube, mas transformar os jogadores do clube e o estilo de jogo em um time que, em campo, busque os resultados positivos delineando a estratégia para tanto.

    Vou dar dois exemplos claros de falta de estratégia do Ceará como clube: 1) não deveria ter voltado de Salvador para Fortaleza depois da copa do nordeste. Deveria, isso sim, viajar direto para Recife e aproveitar o foco. 2) Não deveria ter enviado 1 titular sequer para Belo Horizonte enfrentar o Atlético. O time se desgastou muito com todos os elementos envoltos no jogo e no final nem ganhou ponto fora, nem em casa. Seria muito mais negócio deixar os 10 titulares de linha na capital, se preparando, para vencer o Vasco. Tudo isso é a prova da falta de planejamento… o Ceará gasta 90 milhoes de reais no clube quase todos de modo aleatório e sem planejamento. Este é o problema! Cada treinador que chega tem total liberdade para montar o time como bem entender… depois de 3 meses ele sai do clube, vem outro, muda tudo, e isso se repete sempre a cada 3 meses. Só de 2019 pra cá, o clube teve: Lisca, Enderson, Adílson, Argel, Enderson II (a missão) e agora Guto. 6 trocas em menos de 1 ano e meio. Repito: o problema não é trocar técnico, mas dar aos técnicos o poder de mudar tudo, fazer tábula rasa do elenco.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Por que as mensagens que enviamos não são publicadas? Há alguma razão pra isso? Elas foram censuradas? Preciso saber. É como se estivessem nos fazendo uma pegadinha. O blog ainda está no ar só para nos fazer de idiota? Não somos moleques para passar por isto? Se o blog fechou, o responsável deveria participar quem ainda não sabe. Está havendo algum problema com o site do jornal? Enfim. merecemos mais respeito.

  • Dragão Alvinegro disse:

    A diretoria está ameaçando fazer 4 contratações? Só acredito vendo. Esse é o costume do grande presidente quando entra na zona maldita. Anuncia contratações como se fosse um pirulito na boca do torcedor. Depois , nada acontece e a tendência é continuar assim até o desespero final, lutando para não cair. Aí muda de treinador, contrata um bando de pernas de pau e espera pelo milagre. O problema é que um dia a casa cai.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Oliveira, é muita fé em Deus esperar planejamento vindo do Sr. Robinson de Castro. Ele não ideia do que seja isso. Todo ano ele fecha olhos, contrata um bando de pernas de pau e espera no que vai dar. Isto é a reprise de um filme macabro. Isto ocorre todos os anos. Portanto, essa história de que ele vai contrata quatro jogadores é mais uma enganação. Pode ser que ele traga de volta o Romário, Magno Alves, Sergio Alves ou outros que estejam por aí e pretendam ganhar um salário. A administração alvinegra é um zero à esquerda. Só serve parra arrecadar e fazer superavit.

    • Oliveira disse:

      1) Eu to é criticando e nao espero planejamento de clube dele.

      2) Não sou crítico quanto à política de contratações. Existem erros pontuais, mas há em TODOS os clubes do país Só o Flamengo de 2019/2020 eu vi montar um plantel com peças pontuais e sem erros. Antes, mesmo com money havia pernas de pau em clubes. Acompanho todos os times do país na medida do possível, mas ouvindo radios locais, e, só pra dar um exemplo, os gremistas estão “p” da vida pq o contrato do THiago Neves tem uma cláusula de renovação automática se ele ficar “x” partidas NO BANCO — nao precisa entrar. Se fosse aqui iríamos falar que é bizarro isso.

      3) meu problema com o Robinson não é contratação mas falta de política do clube. Definir um jeito de jogar, obrigar o tec que chegasse a jogar daquela maneira e montar o elenco de acordo com tal ideia. EX> se o Ceará definisse jogar com o o Corínthians do Carile campeão brasileiro (eu não estou falando para planejar ser campeão e sim repetir a ideia de jogo desse time) que era mais fechadinho, dava uma bicada e se fechava de novo, jamais teria contratado, por exemplo, o Rogério, pois nesse modelo um chupa sangue como ele não cabe! O problema do Ceará não é contratar jogador ruim, mas contratar aleatoriamente… as peças do elenco devem montar um quebra cabeças, serem complementares e no CSC não acontece isso e, mais, o time não tem um norte, não sabe pra onde tá indo. Esse é o problema. Os jogadores do CSC deveriam saber que o time vai jogar naquela mesma batida não importa se é o Enderson, o Argel ou o Guto o tec. Se o Guto for embora amanha e chegar outro tec, este outro tec vai começar novamente a implantar a ideia dele. Isso é BIZARRO!!

      4) eu em nenhum momento disse q tenho esperanças que isso aconteça, mas te garanto uma coisa: é mto mais facil acontecer o que eu digo do que os super craques que vcs pedem aparecerem. O CSC pode nomear vc diretor de futebol e colocar 20 milhoes na tua mao pra vc comprar qm quiser, eu aposto como vc nao traz nenhum jogador mto melhor do q os que estao ai e ainda vai pagar mto por pouco futebol.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *