Blog do Vozão

Atlético-GO 0x2 Ceará – Xô tabu!

19 6

Lima marcou o gol que selou a vitória do Vozão (Foto: Júnior Guimarães/Cearasc.com)

O Vozão venceu sua primeira partida fora de casa na competição e de quebra engatou duas vitórias seguidas, somando seis pontos e dando um salto na tabela de classificação.

O adversário era o Atlético Goianiense, uma costumeira pedra em nosso caminho, só que dessa vez a história foi contada de outra maneira, com o Vozão quebrando um tabu de nunca ter vencido eles na Série A.

Em jogos contra concorrente direto e fora de casa é de extrema importância pontuar, vencer então, nem se fala. Com erros e acertos, ainda assim o Vozão fez uma partida equilibrada do ponto de vista tático e mereceu vencer. Além dos três pontos, outro fator positivo na vitória do Vozão foi o fato do time não ter levado gol pelo segundo jogo consecutivo na competição.

Tudo bem que Vina fez um bonito gol e jogou bem, que Lima mostrou que a lua tem brilhado pra ele, mas, para mim, o destaque da partida foi mais uma vez Fernando Sobral, que de questionável para muitos no inicio da temporada, passou a ser imprescindível nesse time do Vozão. 

Não será sempre que iremos vencer duas partidas consecutivas na competição, por isso o torcedor pode e deve comemorar bastante.

Vencer trás de volta a alegria e o animo para encarar os desafios que virão pela frente, mas elas não podem no fazer esquecer de que o elenco ainda carece de reforços.

Portanto, que a diretoria não esqueça disso e durma em cima dessas vitórias.

Próximo desafio será o Clássico-Rei, ou seja, mais um confronto direto e mais um campeonato dentro de um campeonato.

Confira os gols da partida.

6 Comentários

  • Oliveira disse:

    SObre o jogo: o time jogou de acordo com a reta final da copa do NE e concentrado. Sem querer cartear o jogo, ditar o ritmo, mas explorando o contra golpe. E é assim que tem que ser.

    Destaque para Sobral, o pulmão do time, e o Lacerda, parece que é titular há 10 anos e não há poucos jogos.

    Sobre o que o time precisa, claramente é um companheiro pro Charles. Nem Fabinho e nem W. Oliveira sabem se posicionar sem a bola e ajudar quando o time tem a bola. Por isso alguma vezes o jogo fica muito no perde e ganha de bola, por não termos um outro volante (além do Charles) que consiga parar a bola e tocar. O time pede, urra, por um outro volante para estabilizar o jogo no momento ofensivo e defensivo. Claro que pode melhorar em outros pontos, mas esse é o principal.

    Outro ponto positivo: Lima vem melhorando a passadas largas. Cada vez mais dentro do jogo. Daqui a pouco o Leandro Cachaça entra tb, Clebão sempre ameaçando, hoje quase fazia, infelizmente a bola não entrou. Vina é o Galhardo de 2020, meia que faz gol, mesmo sem participar muito do jogo com a bola rolando.

  • Manoel disse:

    Bom dia Nação Alvinegra. Ganhamos, mas foi um jogo ruim de ver. Precisamos urgente de 4 contratações pra chegar, vestir a camisa e jogar. Parabéns por nossa vitória. E quarta-feira, conquistaremos a terceira vitória seguida. Abraços.

  • NAZARENO LEMOS disse:

    Será que essa gigantesca subida de produção do SOBRAL tem a ver com o fato dele ter deixado de ser sempre (e bota sempre nisso) o reserva imediato do RUINCARDINHO??? Penso que sim, pois, aqui pra nós, o cara dar o sangue em todos os jogos que entrava na saída dele e ter que aturar a reserva daquele chupa-sangue era dose, né mermo? Agora, graças a DEUS, parece que o GORDIOLA entendeu que o homem do meio é ele, o glorioso SOBRAL.

    Outra coisa: O CEARÁ tem que fazer URGENTEMENTE uma “limpa” no elenco. Tem muito perna de pau, uns até famosos, inchando a folha e dando a falsa impressão que temos um timão. Quando começar a faltar peças por cartões, quebras e DM é que a gente vai ver o bicho. ACORDA, ROBÃO.

  • Oliveira disse:

    O problema do SObral é que ele era mto afobado e errava tudo que tentava com bola. Esse ano ele foi conquistando a vaga devagar, primeiro com o Enderson, de modo muito discreto, lá do lado esquerdo. Estabilizou o time. Depois veio o Guto e ele foi pro banco, mas aí voltou no clássico da copa do nordeste e fechou o corredor mais forte do rival… aos poucos ele vai se desinibindo e conseguindo tb participar do momento ofensivo.

  • Alberto t disse:

    Precisamos de mais volante prá fazer companhia a Charles, nem Fabinho e WO servem, erram demais, såo atabalhoados; como também um outro parceiro pro Negão q é o melhor dos atacante q temos, mais um meia, pelo menos 3 contratações, pq esses perebas tipo Sóbis, Rodrigão, Bergson etc e tal, pode mandar embora; acho q o Lima tá subindo de produção, tá entrando muito bem e definindo na hora H.

  • Oliveira disse:

    Hoje eu me contento com 1 volante do naipe do Charles. Mas se puder trazer um homem de frente (seja lá qual seja a posição) é ótimo.

    DO mesmo jeito que o LIma tá retomando seu jogo, penso que o Sobis e o Cachaça podem retomar.

    Não podemos nos dar ao luxo de sair rifando jogador que sabemos que possuem talento só porque jogaram 2 ou 3 jogos ruins.

    Lembre-se que antes da pandemia o Sóbis e o Cachaça vinham bem. É uma questão de tempo e de encaixe. E tem outro jogador que o tec acredita mto e eu acho que pode se recuperar, sem avoroço, o Wescley. Ele em forma é jogador a nível de g-4.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *