Futebol do Povo

Ferrão faz história de novo e acumula R$ 4,3 milhões na Copa do Brasil

1548 6

Foto: Pedro Chaves / FCF

O Vila Nova não foi páreo para o desempenho do Ferroviário na Copa do Brasil. Depois de empatar por 1 a 1 no PV, o time comandado por Ademir Fonseca venceu o adversário em Goiânia por 1 a 0, gol de Janeudo, cobrando falta, nesta quinta-feira.

No acumulado de cotas pela participação na competição – para 2018 um novo contrato com as emissoras que têm os direitos de transmissão foi assinado e ganhou valores gerais recordes – o Ferroviário soma R$ 4,3 milhões.

Por ter entrado na Copa do Brasil foram R$ 500 mil; por passar pelo Confiança, mais R$ 600 mil; pela estupenda classificação diante do Sport, mais R$ 1,4 milhão e agora garantiu mais R$ 1,8 milhão.

A história do Ferroviário já era a mais bacana do torneio nesta temporada após a noite épica na Ilha do Retiro e ficou ainda mais robusta.

O orçamento do Ferrão é mínimo e o time passou por clubes com muito mais dinheiro e estrutura. Alguém pode dizer que é uma trajetória inexplicável, mas não é difícil explicar. Basta olhar – para quem é capaz – a alma desse time em campo na Copa do Brasil, que calou um estádio com mais de 30 mil torcedores adversários nesta quinta.

Recomendado para você

6 Comentários

  • Helmut Heineken disse:

    É Grande Graziani.Como o futebol e a vida sao dinamicos.Enquanto o Magno Alved está encostado no Novohorizontino,os atacantes do Ceará quebram a bola e o técnico Teimoso teve a primeira desclassificacao.Voce já pensou o Magno Alves entrando com quinze minutos de jogo do segundo tempo?.Os “atacantes” do Ceará e o seu técnico que voce considera como brilhante afundaram o Vozao na primeira eliminaçao.Tomara que fique apenas com essa.Saudaçoes de quem gosta e entende um pouco de futebol.

    Numa hora dessa você lembrar do Magno Alves me parece apenas desespero. Sobre a sua ironia em relação ao que penso do Chamusca, o Ceará jogou de igual para igual com um time de orçamento muito maior e perdeu por erros individuais. O mais incrível é que você, torcedor do Ceará, parece que estava esperando essa oportunidade e ficou feliz só pra poder esculhambar o técnico. E finaliza ainda com a soberba necessária, como se a eliminação nos pênaltis provasse a sua tese. Realmente a paixão cega. A dor também.
    FG

    • Luis Carlos disse:

      Boa, Ceará jogou com raça e Chamusca é um excelente técnico, tem “torcedor” que não dá o braço a torcer e estava só esperando uma oportunidade dessas para cornetar. Ceará caiu mas caiu em pé.

  • VALEU FERRÃO FERRIM FERROADA LAVANDO A ÉGUA E ENCHENDO O COFRE.

  • Adalberto Rangel disse:

    Meu caro Graziani, se a dor e a paixão cegam, folha salarial não entra em campo, não ganha jogo e nem conquista classificação.

    Se fizesse isso, não veríamos Floresta vencendo o ex-morador da Série C, Ferroviário eliminando Sport e Vila Nova, Avaí eliminando Fluminense e Iguatu jogando de igual para igual com o Ceará.

    O que ganha jogo é qualidade, vontade, disposição e competência na hora de finalizar e criar chances. O que eu vejo é uma grande parte da imprensa colocar o Chamusca em um pedestal que ele não está e nunca esteve. Pode até chegar lá um dia, mas não há como prever o futuro e nem como saber se ele vai aprender com os próprios erros. Não que ele seja um péssimo treinador, e tudo que parta dele seja ruim e inútil. Não estou dizendo isso. Estou dizendo que ele tem muita coisa para corrigir, principalmente nos quesitos postura em campo e substituição no decorrer dos jogos, e muitos da imprensa parece que são cegos para isso. Também não estou dizendo que você o idolatra, e que acha que ele seja perfeito. Mas, com todo respeito e sinceridade, me parece que você se incomoda ao extremo quando alguém faz alguma crítica a ele.

    Então, talvez você ache que o elenco do Ceará é muito espetacular e tenha obrigação de ser campeão da Champions. Agora, é impressionante que, mesmo com os erros do Chamusca, e ele os têm, foi ele o principal responsável pelo acesso do time. Não enxergar isso é, no mínimo, ingratidão e falta de noção. Abraço.
    FG

  • Antonio Hélio Pinto disse:

    Aproveitando essa oportunidade que o O Povo está nos dando, gostaria de parabenizar o Ferroviário pelo sucesso na Copa do Brasil. Vamos em frente, com de terminação e confiança apara avançar mais ainda nesse torneio. (Obs. Tentei enviar uma mensagem de congratulações ao “Ferrim/Ferrão” quando da vitória diante do Sport, mas não encontrei no site do clube um endereço eletrônico, ou telefone, para contato.)

  • carlos disse:

    Eu acho que o chamusca é um treinador emergente no mais concordo com o cara que faltou que folha não entra em campo, diretamente mas indiretamente entra ninguém vai assinar contrato prá não receber, no final do mês.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × quatro =