Política

PF está investigando “invasão criminosa”, diz Moro para Bolsonaro

Bolsonaro e Moro tiveram reunião na manhã de hoje (Foto: Agência Brasil)

Em reunião com o presidente Jair Bolsonaro na manhã desta terça-feira, o ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro disse que a Polícia Federal abriu investigação para apurar vazamento de dados.

No último domingo, o site The Intercept Brasil divulgou trechos de diálogos entre o ex-juiz e o procurador Deltan Dallagnol, que coordenada a Lava Jato no MPF no Paraná.

Em nota enviada ao Blog Política, o Ministério da Justiça informou que, durante encontro com o presidente, Moro “rechaçou a divulgação de possíveis conversas privadas obtidas por meio ilegal”.

Leia a íntegra da nota enviada ao Blog Política

“O ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro esteve reunido na manhã de hoje com o presidente Jair Bolsonaro quando falaram sobre a invasão criminosa de celulares de juízes, procuradores e jornalistas. O ministro rechaçou a divulgação de possíveis conversas privadas obtidas por meio ilegal e explicou que a Polícia Federal está investigando a invasão criminosa. A conversa foi bastante tranquila. O ministro fez todas as ponderações ao presidente, que entendeu as questões que envolvem o caso.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *