Radar do Comércio

Sabores do Brasil: conheça os novos pratos do restaurante Mayú

Restaurante Mayú

Menu degustação do jantar do Restaurante Mayú privilegia o que é produzido nos três biomas do Ceará: mar, serra e sertão (Foto: JR Panela)

Comida brasileira é um termo muito amplo. Num país de cultura rica e dimensões continentais, a gastronomia também é bastante diversificada. Com tantas possibilidades, os sabores do Brasil são a inspiração do novo cardápio de jantar do restaurante Mayú. O espaço gastronômico, que se tornou referência na cidade pela cozinha criativa e autoral, tem a proposta de valorização dos insumos regionais, e traz no novo menu degustação criações que dialogam com a culinária de estados como Pará, Rio Grande do Sul e Goiás. O novo cardápio tem a assinatura dos chefs Ivan Prado e Diego Freire.

O menu degustação do jantar do Mayú privilegia o que é produzido nos três biomas do Ceará: mar, serra e sertão, se renovando a cada três meses para oferecer aos clientes não só diversidade em sabores, mas os produtos mais frescos e saborosos de cada estação. Servido em cinco ou oito etapas, esse conta com a opção de uma carta de drinks especiais para harmonizar.

Foccacia de Jerimum e Lagosta à Thermidor

A noite começa com uma focaccia de fermentação natural de jerimum e carne seca, acompanhada de nata ácida à base de leite fermentado. Após o couvert, são servidos os snacks, que dão nova apresentação a sabores já conhecidos pelo paladar cearense, como a lagosta à Thermidor. A versão criativa e contemporânea surge como um rolinho crocante recheado de lagosta, maionese de salsa e pó de mostarda.

Esse snack representa o mar e é servido em trio, juntamente com os da serra e do sertão. Os sabores serranos se fazem presentes em um taco de banana recheado com purê de banana, presunto de pato da casa, redução de bananinha e flor de sal de café. Já o feijão verde é trabalhado como uma rocha e um creme, acompanhado de queijo coalho defumado e sriracha, um molho de pimenta, feito com pimenta-de-cheiro, ingrediente que não pode faltar na culinária cearense.

Cuscuz com carne de sol e Ostra e caipirinha

Dois clássicos são revisitados nas duas entradas do Mayú: cuscuz com carne de sol e ostra com caipirinha. “São sabores que estão sempre na nossa mesa, seja em nossas casas ou na barraca de praia, mas que prometem surpreender com o uso de técnicas mais elaboradas e um toque da cozinha contemporânea”, adianta o chef Diego Freire.

A primeira traz uma fregola de cuscuz de milho com crocante de carne de sol, saladinha de coentro, espuma de queijo manteiga e gema de ovo curada. Já a ostra no vapor acompanha um refrescante sorvete de caipirinha de cachaça local, molho verde de coentro, maçã-verde e salsão, além de pedaços de abacaxi com açafrão.

Carnes

São três opções de pratos principais, podendo o cliente degustar peixe, galinha e/ou carne bovina. A moqueca de peixe com tucupi faz a conexão entre Ceará e Pará, servindo um peixe em crosta de mandioca, bacon e ovas de tainha (Bottarga), com palmito pupunha grelhado ao molho de moqueca e espuma de tucupi, finalizado com ovas de limão e salmão.

A galinhada, por sua vez, tem sua origem em Goiás, mas traz elementos fortes do Cariri cearense. O arroz tostado de frango com sufrito cearense é a base para a coxa de frango glaçada com molho roti de galinha, espuma de pequi com cajá e telha de quiabo.

Os amantes da carne vermelha podem se deliciar com o cupim cozido por 48h em baixa temperatura para realçar o sabor e alcançar a textura perfeita, uma inspiração vinda dos tradicionais churrascos do Rio Grande do Sul. Depois esse é grelhado e vai ao prato com macaxeira cozida em caldo de cogumelo e cebola, creme de cupuaçu e alho negro.

Sobremesas

Para iniciar a degustação dos doces, a pré-sobremesa propõe limpar o paladar para melhor apreciação dos sabores. O sorbet de limão vem com pitaya, gel de framboesa, caramelo de cardamomo e suco de acerola clarificado. Para finalizar a noite, a sobremesa promove o casamento entre duas paixões nacionais: bolo mole e Romeu e Julieta.

No Mayú, essas se transformam em um brulé de bolo mole servido com pequenos porções de Romeu e Julieta feito de Blue Cheese com goiabada cascão, mais goiabada defumada, suspiro recheado de catupiry com pimenta rosa, crumble de leite tostado e sorvete de queijo de cabra e goiaba, alcançando perfeita harmonia entre sabores e texturas.

Restaurante Mayú oferece lazer seguro

Seguindo todas as orientações do decreto estadual e protocolos de segurança, o Mayú opera com 50% da sua capacidade, garantindo o distanciamento entre as mesas e as pessoas. Além disso, outras medidas já haviam sido adotadas, como restrição de número de pessoas por mesa, disponibilidade de álcool gel 70%, reforço nos procedimentos de higienização de todo o espaço, esterilização e proteção de talheres para não correr o risco de contaminação.

“Toda a equipe Mayú recebeu um treinamento específico de atendimento ao cliente para a retomada das atividades, atendendo as normas estabelecidas diante da pandemia de Covid-19”, afirma Juliana Soares, coordenadora do Restaurante Mayú e do Café Senac. As reservas para o Mayú podem ser feitas através do whatsapp (85) 99430.9755. Veja mais informações e acompanhe as novidades no perfil do restaurante no Instagram: @restaurantemayu.

LEIA MAIS | Gastronomia: Curso online aborda as mudanças na alimentação no Brasil

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *