Radar do Comércio

Mayú apresenta novo menu degustação de jantar inspirado no tema “Mundo”

Restaurante Mayú: um homem com avental e uniforme do Senac prepara um prato. Ele usa máscara de proteção e óculos.

O Restaurante Mayú promove experiências a partir de uma cozinha contemporânea e autoral (Foto: JR Panela)

Ao abrir suas portas, o Restaurante Mayú propôs um menu degustação para o jantar de valorização da gastronomia cearense. Sempre valorizando os insumos regionais e, consequentemente, a cadeia produtiva local, o restaurante também renova seus cardápios com foco na sazonalidade, garantindo produtos frescos e de qualidade à mesa. Depois do menu Ceará, veio em sequência o Brasilidades, com inspiração das cozinhas que são referência no país, como a Mineira, e Goiana e a Paraense. Por fim, esse ciclo se encerra com o menu Mundo, criado pelos chefs Ivan Prado e Diego Freire, lançado nesta terça-feira, 7.

O novo menu degustação do jantar no Mayú tem 12 etapas – mas há também a opção de apenas oito etapas. O cliente é recebido com um Welcome Drink, o Sex on the Praia, o clássico da coquetelaria internacional – que leva sucos de laranja e cranberry, licor de pêssego e vodka – ganha uma versão Mayú, criativa e autoral. Leve e refrescante, o drink é perfeito para começar a noite e a experiência gastronômica. 

O couvert é um caldo verde português com crocante de milho, seguido por três snacks: Fish and Chips, Pastel de Belém e Yakitori de Língua. Nos snacks, os conhecidos pratos da Inglaterra, de Portugal e Japão ganham sabores regionais – como piaba, macaxeira, milho, costelinha defumada e língua bovina – em apresentação contemporânea. O novo menu traz ainda duas entradas, uma opção fria e outra quente: o Crudo de Camarão e o Terrine de Sarapatel e Brioche. 

Os pratos principais são Arraia com Socarrat, Pato à Pequim com Vegetais e Shishbarak. No primeiro, a arraia é cozida no vapor e servida com o Socarrat, arroz caramelizado espanhol, creme defumado e bobó de camarão. O segundo se trata de um magret de pato com vegetais asiáticos e molho Hoisin, típico da culinária chinesa. Já a sopa de capelete libanesa Shishbarak inspira o último prato, em que a massa leva recheio de cordeiro e ganha molhos de hortelã e iogurte. 

Um refrescante Aluá com frutas amarelas e sorbet de maracujá é servido como pré-sobremesa, para limpar o paladar e saborear todos os sabores do Trio de Guloseimas, que fecha a experiência gastronômica. O cliente vai se deliciar com pipoca caramelizada com flor de sal, barra de chocolate com caramelo de caju e sorvete de chocolate Moa, marca que investe em produtos feitos com cacau da Amazônia.

“Estamos encerrando esse ciclo, trazendo o que nos inspira nas culinárias local, nacional e internacional, exercitando toda a criatividade que fez do Mayú uma cozinha contemporânea e autoral que enaltece a cultura alimentar do nosso povo”, diz o chef Ivan Prado, antecipando que os próximos menus vão ser livres quanto ao tema e bastante inovadores. 

Confira mais informações no Instagram @RestauranteMayu.

LEIA MAIS | Chega de arroz com passas! Aprenda receitas novas para o Natal

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.