Ancoradouro

“Fiquei emocionado e confortado”, diz padre Lazarista ao receber mensagem do Papa Francisco

Padre Gilvan Manuel, sacerdote da Congregação da Missão, recebeu nesta sexta-feira, dia 21, uma carta do Papa Francisco, enviada pela Secretaria de Estado do Vaticano, com votos de pesar e bênção ao religioso que recentemente teve os pais e dois irmãos mortos pelo Covid-19.

Santo Padre envia carta a sacerdote que teve pais e irmãos mortos pelo Covid-19.

“Ao participar-lhes dos sufrágios oferecidos por Sua Santidade pelo eterno descanso de seus familiares , cumpre-se acrescentar: o Papa Francisco, com o seu conhecido desejo de levar conforto e esperança para todas as pessoas, encarregou-me de informar que nas suas preces pede ao Senhor que o reconforte com a certeza cristã da ressurreição, exortando-o a perseverar na oração e a confiar sempre no amor de Deus providente e misericordioso. E, como penhor de contínua assistência e graças celestiais, envia-lhes, extensiva aos fiéis da Paróquia São Pedro e São Paulo , bem como a todos os demais que, unidos ao Padre Gilvan Manuel, lamentam esta inestimável perda, a Bênção Apostólica, pedindo também que não se esqueça de rezar por ele”, diz o texto assinado pelo Bispo Dom Edgar Peña Parra, Substituto  para Assuntos Gerais da Secretaria de Estado.

A informação da perda familiar de Padre Gilvan chegou ao Vaticano através de Padre Rafhael Maciel, sacerdote da Arquidiocese de Fortaleza, atualmente, em missão de estudos em Roma. Padre Rafhael foi nomeado pelo Papa Francisco, em 2016, Missionário da Misericórdia, ministério criado por Sua Santidade por ocasião do Jubileu extraordinário da Misericórdia.

Padre Rafhael Maciel, Missionário da Misericórdia.

“Acompanhei pelas redes sociais do Pe. Gilvan e da Paróquia S. Pedro e S. Paulo. Sinceramente, não conseguia sequer me colocar no lugar dele, pensando em tamanha dor, sempre confiante na fé na Ressurreição. Rezando pelo Padre, sua família e em sufrágio da alma dos seus familiares me veio ao coração partilhar, com o Santo Padre, Missionário da Misericórdia, essa situação. foi quando escrevi uma carta ao Papa Francisco, que entreguei na Casa Santa Marta”, detalha Padre Rafhael, com exclusividade, ao Blog Ancoradouro.

Ao editor do Ancoradouro, Padre Gilvan se disse “emocionado e confortado”. O sacerdote ainda explicou que a carta chegou justamente no dia em que o Evangelho narra um diálogo entre Jesus e Pedro, do qual ele extraiu o lema de sua ordenação sacerdotal:  ‘Senhor, Tu sabes tudo, Tu sabes que Te amo’ (Jo 21, 17)”. Na conversa, Jesus pergunta a Pedro por três vezes se ele o ama e ordena que o apóstolo apascente suas ovelhas. “Que seja testemunho e conforto essas palavras do papa para os que sofrem da pandemia”, pontua o padre.

Carta do Santo Padre foi enviada pela Secretaria de Estado do Vaticano.

O testemunho de fé de Padre Gilvan chegou a muitas pessoas. Muitos veículos de comunicação repercutiram a história que inspirou e consolou muitas pessoas que passam por momento desafiador neste período de pandemia.

Padre que perdeu pais e irmãos para a Covid-19 testemunha: “continuarei te amando, Senhor”.

 

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *