ID

Idosa de 102 anos e bebê se recuperam do novo coronavírus na Itália e animam o Mundo

(Fotos: NewsFlash/MarcoBallariniSindaco)

Diante de tantas notícias negativas sobre a Itália, país onde mais de 12 mil pessoas morreram infectadas por causa do novo coronavírus, dois fatos alegraram e deram esperança aos italianos e ao Mundo.

Italica Grondona, de 102 anos,  e Leonardo, um bebê de seis meses, foram considerados curados da Covid-19 – doença causada pela infecção do vírus Sars-CoV-2 -, e já receberam alta hospitalar. A notícia gerou tanta animação que os pacientes foram apelidados de “Maravilhoso rosto de esperança” e “Highlander” (imortal, em inglês), alcunhas atribuídas a criança e a idosa, respectivamente.

Ao todo, mais de 175.737 mil pessoas já foram curadas do novo coronavírus, sendo 15 mil apenas na Itália, a segunda nação com maior número de casos confirmados, com 105 mil. “Hoje temos motivos para sorrir e estarmos felizes, por sentir que fazemos parte de uma comunidade. Hoje, olhamos para a maravilhosa face da esperança. Corbetta dá as boas-vindas ao pequeno Leonardo que acabou de sair do hospital após derrotar a Covid-19”, disse o prefeito de Corbetta, Marco Ballarini.

A centenária Grondona mora em Gênova, cidade também localizada no norte do país, região mais atingida pela Covid-19. Após passar 20 dias internada no hospital, ela se recuperou e recebeu alta. Os especialistas consideram a melhora um milagre, já que ela apresentou sintomas de insuficiência cardíaca leve e sua idade elevada a colocava como grupo de risco.

A melhora da idosa será estudada por especialistas italianos que estão analisando os pacientes que são considerados curados da doença. Apesar das boas notícias, a Itália renovou o confinamento para além do dia 3 de abril.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 2 =